sexta-feira, 28 de janeiro de 2011

É hora do prefeito Sardinha "escancarar" a casa à comitiva do governo central do estado


No lixão, a usina de reciclagem foi completamente abandonada

Por Dinomar Miranda - Brasília/DF

O prefeito de Campos Belos, Sardinha, que nos últimos anos tem demonstrado disposição para resolver alguns gargalos no município, a exemplo da vergonhosa falta de magistrados na Comarca, tem mais um grande desafio pela frente.


No próximo dia 03 de fevereiro, quinta-feira, o vice-governador de Goiás e presidente da Celg (Centrais Elétricas de Goiás), José Eliton, lidera uma caravana que visitará três cidades da região Nordeste, a mais carente de Goiás, dentre elas Campos Belos.

O vice-governador vai acompanhado dos secretários mais importantes do novo governo de Goiás: saúde, Antonio Faleiros, da segurança pública, João Furtado, educação, Thiago Peixoto, da infraestrutura, Wilder Pedro Morais e do presidente da Agetop, Jayme Rincon.

É uma oportunidade ímpar para que Campos Belos reivindique maior atenção do poder central do estado e mostre os principais problemas, muitos deles há mais de 20 anos na fila de espera.

Os secretários que vão a Campos Belos representam as áreas das mais carentes da cidade.

O secretário de saúde, Antonio Faleiros, vai encontrar o hospital municipal com poucos leitos e, principalmente, necessitando de especialistas ( genicologistas, oftalmologistas, obstetras, psiquiatras, neurologistas).

É necessário mostrar à comitiva do governo o quão é pequeno o hospital para receber pacientes da cidade e de todas as regiões circunvizinhas .

Aumentar a estrutura do hospital municipal é urgentíssimo.

Outra área onde Sardinha pode barganhar projetos e verbas públicas com a visita é a infraestrutura.

Campos Belos ainda não é urbanizada.

O asfaltamento e a iluminação pública são precários.

Esgotamento sanitário ainda é privilégio de poucos.

Ruim mesmo é o estado da rodovia GO-118. Bem que a comitiva poderia deixar o conforto da aeronave e percorrer o nordeste goiano por suas rodovias.

Sentiriam na pele as auguras cotidianas de quem transitam por elas.

Outra questão mal resolvida e pouco comentada é o destino dos resíduos sólidos, o famoso lixão.

Recentemente publicamos aqui no blog a precariedade do aterro sanitário municipal e sobre a irresponsabilidade que alguns gestores municipais antecessores dispensaram ao problema.

Social e ambientalmente, o lixão de Campos Belos é uma irresponsabilidade política das mais perversas com a sua população.

Espero que dê tempo de Sardinha levar o nobre Secretário Wilder Pedro Morais ao lixão do município.

Outros links:

Catador vive agonia do desemprego em pleno aterro sanitário

Usina de reciclagem “apodrece” em Campos Belos

Casa de Saúde afirma que lixo jogado no aterro sanitário não é da Instituição

Lixo hospitalar é jogado sem nenhum tratamento no “aterro sanitário” de Campos Belos

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os cometários aqui publicados são de inteira responsabilidade dos autores. Este Blog não se responsabiliza pelos comentários postados pelos leitores, que poderão ser responsabilizados e penalizados judicialmente por abuso do direito da livre manifestação.

Promotoria de Campos Belos e Programa Ser Natureza apoiaram Fica Itinerante

A Promotoria de Justiça de Campos Belos, por meio do Programa Ser natureza, em parceria com as Secretarias Estadual e Municipal de Ed...