Banner 1

Banner 1

sexta-feira, 31 de dezembro de 2010

Ministério Público denuncia assassino do prefeito de Alto Paraíso de Goiás

Prefeito Divaldo Rinco foi assassinado por adversário político

Danuzia Rinco, esposa de Divaldo, diz que lutará pela manutenção
dos ideais do marido assassinado



Assassinado no dia 02 de setembro, ao término de uma reunião política, o prefeito de Alto Paraíso, Divaldo William Rinco, era conhecido pelo sorriso constante e o forte poder de argumentação.

Nunca andou armado.

Estudioso da doutrina espírita, tinha consciência que sua missão, como homem público, era trabalhar pelo bem do povo goiano, em especial pelas comunidades da Chapada dos Veadeiros.

Sua missão foi covardemente interrompida.

O assassino, segundo denuncia do Ministério Público, Ary da Abadia Garcez, continua foragido.

O promotor de Justiça Wagner de Magalhães Carvalho ofereceu denúncia contra Ary da Abadia Garcêz, pelo assassinato, em setembro, do prefeito de Alto Paraíso, Divaldo Willian Rinco.

O Ministério Público baseou-se nas conclusões do inquérito conduzido pela Polícia Civil.

A denúncia aponta que a vítima foi atingida por três tiros nas costas, não dando chances para que se defendesse.

Ainda conforme a apuração, o então prefeito e o acusado eram antigos adversários políticos e, nas eleições de outubro, apoiavam diferentes candidatos, o que teria motivado o crime.

Ary Garcêz foi denunciado por homicídio duplamente qualificado; por motivo torpe e com emprego de recurso que impossibilitou a defesa da vítima.


O promotor pediu ao juízo que o acusado seja citado, inicialmente, na sua residência, ressaltando, porém, que, diante das informações de sua fuga, seja, se necessário, feita a citação por hora certa. (Na citação com hora certa o prazo para a contestação começa a fluir da juntada do mandado e não do comprovante de recepção da correspondência do escrivão).


PREFEITO SERÁ HOMENAGEADO


Divaldo Rinco vivia momentos de sucesso como homem público.

Nomeado coordenador da campanha de Marconi Perillo para a região nordeste do estado, tinha livre trânsito entre os prefeitos e seria presença certa no secretariado do agora governador eleito.

Sua última aparição pública foi exatamente em uma reunião política, promovida por ele, entre vários prefeitos, ex-prefeitos, vereadores e lideranças do nordeste goiano e o então candidato Marconi Perillo, com presenças de Demóstenes Torres, Lucia Vânia, Vilmar Rocha e Iso Moreira.


Na reunião, realizada no Hotel Papillon, em Goiânia, os prefeitos Neudivaldo Sardinha (PP), Odete Magalhães (PR) e Celso Zanon (PT), declaram apoio à candidatura de Marconi, que afirmou, durante discurso, que seu governo começaria pelo nordeste goiano.


Marconi compareceu ao velório de Divaldo e se emocionou muito.


Posteriormente, em reunião política na cidade, disse a esposa, Danuzia Rinco, aos pais, Andalécio e Romilda, ao prefeito Alan Barbosa, ao deputado estadual Iso Moreira, familiares e centenas de correligionários de Divaldo, que, se eleito, concluiria a Estrada Parque que liga Alto Paraíso a Colinas do Sul, passando por São Jorge, dando-lhe o nome de Rodovia Divaldo William Rinco, em homenagem ao grande trabalhador pelo bem coletivo e grande defensor da natureza.


Ainda abalada com a tragédia, a comunidade de Alto Paraíso tem certeza de que esses compromissos serão resgatados pelo agora governador eleito Marconi Perillo, respaldados pelo amigo/irmão de Divaldo Rinco, o deputado estadual reeleito, Iso Moreira.

Quanto ao crime, uma parcela da população tem sentido temor em relação a uma possível impunidade.


A Policia Civil divulgou cartaz com foto do assassino, mas não passa informações, alegando que o processo corre sob segredo de justiça.

A denúncia feita pelo promotor de Justiça Wagner de Magalhães Carvalho, trás novo ânimo, mas a comunidade só se sentirá segura com o assassino atrás das grades, por isso cobra mais empenho das autoridades competentes.


Texto de Roberto Naborfazan (O Vetor) e Paula Resende (Estagiária da Assessoria de Comunicação Social do Ministério Público de Goiás)

3 comentários:

  1. Graças a DEUS e a justiça dos homens o assassino do Divaldo foi preso na data de ontem. (19.01.11) Com certeza será um marco pra todos nós que sofremos até hoje com a falta que ele nos faz.

    É um alívio saber que ele deve pagar pelo que fez mas NADA irá trazer a alegria de compartilhar momentos com a ilustre pessoa que era o grande DIVALDO WILLIAM RINCO.


    Samanta Bravim
    Brasília-DF.

    ResponderExcluir
  2. Graças a DEUS e a justiça dos homens o assassino do Divaldo foi preso na data de ontem. (19.01.11) Com certeza será um marco pra todos nós que sofremos até hoje com a falta que ele nos faz.

    É um alívio saber que ele deve pagar pelo que fez mas NADA irá trazer a alegria de compartilhar momentos com a ilustre pessoa que era o grande DIVALDO WILLIAM RINCO.


    Samanta Bravim
    Brasília-DF.

    ResponderExcluir
  3. Navegando a esmo na internet, entrei nesse blog... Nossa, que saudade bateu desse sorrisão de Divaldo... Ao mesmo tempo, uma grande tristeza não só de sua falta como homem público e amigo de todos nesta cidade, como também pela impunidade que permanece, como um mistério, pois não existe mais ninguém preso, as notícias de que uma justiça seja feita são vagas, o povo continua sem uma resposta... A única certeza é que Divaldo não se encontra mais entre nós, infelizmente...

    ResponderExcluir