quarta-feira, 7 de julho de 2010

Abrem-se hoje as inscrições para o MPU. Atenção para as dicas

O Ministério Público da União (MPU) abriu, hoje, as inscrições do concurso público para 593 vagas e mais cadastro de reserva para diversos cargos de analista (nível superior) e técnico (nível médio), em todo o Brasil.

O número de convocados deve ficar muito acima das vagas iniciais, pois uma lei que determina a criação de 6.804 cargos na instituição já está tramitando e pode ser aprovada a qualquer momento. As provas estão marcadas para 11 e 12 de setembro.

A maior demanda deverá ser pelos cargos administrativos, por isso os cursinhos abrirão turmas específicas nessa área, além daquelas voltadas para os conteúdos básicos, comuns a todos os cargos.

Esse tipo de curso de base é para quem vai concorrer tanto em nível médio quanto superior e terá português, informática, direito constitucional, direito administrativo, legislação do MPU e redação, que todos os que forem participar terão de estudar.


Esperava-se que o concurso fosse lançado já com a criação dessas vagas previstas na lei, mas, de qualquer forma, os candidatos devem ficar de olho porque se trata de um cadastro de reserva com possibilidade de nomeação imediata devido à lei, que está em trâmite final de aprovação. 

Outra vantagem do concurso do MPU é o fato de abrir espaço para as mais diversas áreas, desde biomédicas, passando por tecnológicas e humanas.

É bem abrangente e vai ter vaga do fisiatra ao engenheiro.

A maior demanda deverá ser pelos cargos administrativos, por isso muitos cursinhos abrirão turmas específicas nessa área, além daquelas voltadas para os conteúdos básicos, comuns a todos os cargos.

O curso de base é para quem vai concorrer tanto em nível médio quanto superior e terá português, informática, direito constitucional, direito administrativo, legislação do MPU e redação, que todos os que forem participar terão de estudar.

O modelo de questões será “certo ou errado”. Esta fórmula é utilizada para beneficiar quem responde com convicção, evitando que candidatos possam “se dar bem” apenas chutando.

Não haverá pesos nas provas. O total de questões será de 150, cada uma valendo um ponto.

O "bizu" é  rever as matérias já estudadas e fazer muitas questões. 

Se houver ainda alguma matéria que você ainda não estudou, leia-a, pelo menos três vezes, fazendo apontamentos e exercícios.

Isso vai garantir melhor fixação do conteúdo. 

Mas atenção, as três leituras só valem se você tiver tempo disponível.

Do contrário, é bom fazer apenas  uma leitura, com rigorosa atenção.

Boa sorte.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os cometários aqui publicados são de inteira responsabilidade dos autores. Este Blog não se responsabiliza pelos comentários postados pelos leitores, que poderão ser responsabilizados e penalizados judicialmente por abuso do direito da livre manifestação.