quarta-feira, 30 de setembro de 2009

Estou lendo um livro muito interessante.

O título é “Sobre o Islã, a afinidade entre muçulmanos, judeus e cristãos e as origens do terrorismo”.

O autor da obra é o jornalista Ali Kamel. O mesmo que você vê escrito nos créditos dos telejornais da TV Globo.

A própria história do autor já define o que se vai encontrar no conteúdo. Ele é filho de pai sírio muçulmano com mãe baiana católica e se casou com uma judia brasileira.

O livro não é religioso, mas traça, em detalhe, o nascimento e desenvolvimento das três grandes religiões do planeta.

Retoma narrativas da Bíblia, da Torá e do Alcorão, expondo as origens dessas religiões monoteístas e revela as muitas semelhanças entre elas.

Outra parte bem curiosa é quando fala da formação dos povos Árabes e do Oriente-Médio e a divisão em Estados Nacionais daqueles povos, capitaneada por Inglaterra e França.

Traz ainda as diferenças existentes entre sunitas, xiitas e curdos e mais que isso, desmistifica a noção ocidental de que o Islã é uma religião violenta. A bem da verdade, não mais violenta do que o cristianismo e o judaísmo.

Fala também sobre a guerra por petróleo, a expansão islâmica, que chegou à Europa, nas linhas de divisa da França; dos extremistas e terroristas e do futuro que se espera.

Enfim, nas suas 318 páginas, numa linguagem fácil e jornalística, o livro é um verdadeiro oásis para quem busca conhecimento, principalmente sobre os povos berço da civilização.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os cometários aqui publicados são de inteira responsabilidade dos autores. Este Blog não se responsabiliza pelos comentários postados pelos leitores, que poderão ser responsabilizados e penalizados judicialmente por abuso do direito da livre manifestação.