domingo, 19 de abril de 2009

Kalunga consegue ingressar na Universidade

Rosamilso Deltrude Moreira, um jovem calunga de 20 anos, morador da Fazenda Areia, no município de Monte Alegre de Goiás, no Nordeste do Estado, é o primeiro morador da comunidade calunga a chegar ao ensino superior.

Ele foi aprovado para o curso de Tecnologia em Agropecuária, na UEG de Campos Belos.

Há uma década esse era um sonho quase impossível de ser realizado para os jovens que moram no Kalunga, comunidade remanescente de quilombo situada entre serras nos municípios de Monte Alegre de Goiás, Teresina e Cavalcante, no Nordeste do Estado.

A educação na comunidade é limitada ao Ensino Fundamental, mas a criação da Universidade Estadual de Goiás na cidade de Campos Belos, com uma proposta inclusiva, estimulou os jovens a avançar mais na formação profissional.

Rosamilso é exemplo de determinação e de superação. Determinado a fazer um curso superior, o jovem deixou seus pais e foi morar em Monte Alegre, onde fez o Ensino Médio e, logo depois, foi aprovado no Processo Seletivo da UEG de Campos Belos para o curso de Tecnologia em Agropecuária.

Para sustentar os estudos, Rosamilso tem uma rotina diária de muito trabalho como servente de pedreiro. As dificuldades são muitas, mas ele não desiste. “Enfrento dificuldades financeiras para me manter no curso. Tem o transporte que é uma das dificuldades. Sempre tenho que tirar cópias. Tenho muitas despesas”, detalha.

O estudante diz que gosta muito de animais e de plantas, por isso escolheu o curso de Tecnologia em Agropecuária e que pretende voltar um dia e colocar em prática o que aprendeu.

Rosamilso credita aos pais a vitória. “Estou bastante alegre por ter conseguido vencer esta batalha. É também uma vitória de meus pais, que sempre lutaram pelos meus estudos. Estou muito feliz mesmo”, resume.

Dinomar Miranda, com informações do Portal de Goiás.

Um comentário:

  1. Essa matéria me sensibilizou... que bom divulgar este tipo de notícia... garra! Determinação!

    ResponderExcluir

Os cometários aqui publicados são de inteira responsabilidade dos autores. Este Blog não se responsabiliza pelos comentários postados pelos leitores, que poderão ser responsabilizados e penalizados judicialmente por abuso do direito da livre manifestação.