terça-feira, 22 de outubro de 2019

Xand Avião diz que fãs de Campos Belos (GO) são amorosos e receptivos





O cantor Xand Avião, ex-Aviões do Forró, fez um grande show no último domingo (20), em Campos Belos, nordeste de Goiás. 

O evento ocorreu na sede do Sindicato Rural do município, numa tentativa de apagar a imagem ruim que ficou, após o cancelamento de um show do mesmo cantor, que seria realizado durante a Exposição Agropecuária, ocorrida no mês de julho passado.

Desta vez ele compareceu, foi pago, cantou e fez a festa da moçada, que lotou a arena.

Antes do show, o cantor concedeu uma entrevista ao radialista Ivan Almeida, do "Craques do Rádio".

Ele disse que os fãs de Campos Belos esbanjaram amor, simpatia e receptividade. 

Assista ao vídeo acima.













Vídeo do Dia: polícia opera um milagre na rodoviária do Gama (DF); Assista


Em Novo Alegre (TO), goleiro azarado defende pênalti, vira para comemorar e a bola entra; veja vídeo


Um lance bizarro marcou as cobranças de pênaltis entre Novo Jardim x Novo Alegre, em jogo válido pelas quartas de finais, da Copa Verde de Futebol Ambiental de Seleções Municipais. 


No lance, o goleiro Alessandro (Novo Jardim) faz a defesa, vira para comemorar e a bola entra. A cobrança foi feita por Marcos (Novo Alegre). (Veja vídeo acima)

A partida foi realizada no último sábado (19), em Novo Jardim, interior do Tocantins.

No jogo de ida as duas equipes empataram por 1 a 1, mesmo placar da volta. Nos pênaltis 4 a 4 - a decisão foi para as cobranças alternadas: 5 a 4 para o Novo Jardim, que nas semifinais enfrenta a equipe de Lavandeira.


Texto: Globo esporte

Assista ao vídeo 

Polícia prende, em Taguatinga (TO), suspeito de aplicar golpes em mototaxistas durante corridas


Um homem foi preso na sexta-feira (18) em Taguatinga, no sudeste do estado, suspeito de praticar estelionato contra trabalhadores. 

Investigações da Polícia Civil apontaram que o homem dava golpes ao contratar serviços de mototáxi ou frete e ao ser cobrado ameaçava as vítimas.

Segundo a polícia, durante o percurso o homem fazia com que os condutores dos veículos emprestassem dinheiro a ele com a promessa de pagamento no final da viagem. 

Mas quando as vítimas chegavam ao destino final, geralmente em lugares desertos, o suspeito fugia. Ele não pagava a corrida nem o empréstimo.

Ainda conforme os policiais, três vítimas foram enganadas nos dias 5, 6 e 7 de setembro deste ano. Quando os condutores procuravam o homem para cobrá-lo, eram ameaçados.

As vítimas procuraram a polícia e denunciaram os crimes. O suspeito foi preso durante cumprimento de mandado de prisão preventiva. Ele foi encaminhado à Cadeia Pública de Taguatinga e vai responder pelo crime de estelionato.

Fonte: G1

6ª edição do Encontro dos Conterrâneos de Novo Alegre (TO) vai ocorrer em 21 de dezembro



Vai ocorrer mais uma Edição do Encontro dos Conterrâneos - 6ª edição, em Novo Alegre (TO).

E neste ano o evento ganhou o apoio de um outro projeto voltado para Crianças: Um olhar de amor.

A festa será no dia 21 de dezembro. "Estaremos realizando uma grande mobilização em Novo Alegre – TO", disse um dos organizadores. 

Um grupo de filhos de Novo Alegre que moram fora da cidade - Brasilia, Goiania, Palmas, Belém, Maceió, São Paulo, Minas Gerais- se reúnem uma vez por ano na cidade.

Na oportunidade,  realizam um trabalho social doando cestas básicas para famílias da cidade e promovem um dia de brincadeiras, gincanas, sorteios, algodão doce, pipoca para as Crianças.

À noite acontece evento dançante de confraternização para fechar com chave de ouro.

Nascente do Rio Macaco fica comprometida após desmatamento, em São Domingos (GO)






A nascente do Rio do Macaco, localizada no município de São Domingos, no nordeste goiano, região do Parque Estadual de Terra Ronca, está totalmente desmatada.

A situação se agravou com as queimadas que castigou a região nos últimos dias.

Há muitas chácaras próximas à margem do rio, além de criação de animais e desmatamento pela região do rio.

Situação - não precisa ser um especialista no assunto para emitir opinião - que muito compromete a sobrevivência do rio. 

Se providências não forem tomadas, é possível que no futuro todos sejam testemunhas da morte do Rio Macaco, um dos principais  do município de São Domingos.

É preciso urgentemente tomar providências, discutindo possibilidades de atuação articulada entre autoridades e moradores daquela região.

Com informações de Antônio Carlos 

Deputado pede investigação em obra que teria beneficiado ex-governador


A obra de pavimentação da GO-453, entre Posse e Guarani no Nordeste do Estado foi assunto na Assembleia Legislativa do Estado de Goiás (Alego), nesta segunda-feira (21). 

O tema foi posto em pauta pelo deputado Paulo Trabalho (PSL), que apresentou requerimento na CPI das Obras Paradas com pedido de investigação.

A execução da pavimentação da GO-453 no referido trecho começou na gestão do ex-governador José Eliton (PSDB). 

Paulo Trabalho afirmou que a obra custou R$ 60 milhões aos cofres públicos e pediu a investigação dos gastos e a finalidade do serviço executado.

Em 30 de dezembro do ano passado, o jornal O Popular mostrou que a obra no trecho foi prioridade no último mês da gestão de José Eliton. 

Segundo matéria da jornalista Fabiana Pulcineli, foram dois pagamentos nos dias 14 e 20 de dezembro. O primeiro de R$ 8,3 milhões e o segundo de R$ 3,39 milhões, totalizando o repasse de R$ 11,69 milhões em menos de dez dias.

O trecho da GO-453 entre os municípios de Guarani e Posse beneficia a fazenda de José Eliton, no Nordeste goiano. 

Em 2017, o promotor de justiça Fernando Krebs, do Ministério Público Estadual (MP-GO), instaurou inquérito para investigar o benefício ao então vice-governador. Desde abril do ano passado, quando José Eliton assumiu o governo, o processo passou para a Procuradoria Geral de Justiça.

Os deputados membros da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) das Obras Paradas aprovaram a prorrogação dos trabalhos por mais 60 dias no último dia 2 de outubro. 

Na ocasião, Amauri Ribeiro (Patriota) afirmou que a CPI não andou por falta de informações de alguns órgãos do governo e dos 247 municípios goianos. 

De acordo com Amauri Ribeiro apenas 107 prefeitos enviaram relatório das obras paradas em suas cidades. “Até agora, temos números oficiais de obras paradas em 98 municípios, sem contar as 273 informadas pela Agehab, Seduce e Goiás na Frente”, relatou.

Na reunião da CPI do início do mês o deputado Paulo Trabalho já havia mostrado preocupação com a obra de pavimentação da GO-453. 

“O asfalto só chegou até a porta da fazenda dele (José Eliton), a outra metade da obra está parada há mais de ano. Isso precisa ser investigado”, disse.

Fonte: Sagres

Turistas desaparecidos durante trilha na Chapada dos Veadeiros são encontrados, após aviso de fumaça




O grupo de turistas que tinha desaparecido nas trilhas do município de Alto Paraíso de Goiás, na região Nordeste de Goiás, foi encontrado na manhã desta terça-feira (22). 

Eles faziam uma caminhada quando se perderam e ficaram isolados. 

Os turistas fizeram uma fogueira e a fumaça foi avistada pelos bombeiros que estavam no helicóptero corporação. Informações preliminares é que todos passam bem.

O grupo composto por três mulheres e dois homens, um deles fuzileiro naval, foi visto pela última vez por um guia da região, na manhã do último sábado (19), no Ponto do Macacão. “Eles iam sentido o Ponto do Dragão. 

O guia explicou que lá era um local difícil, mas o fuzileiro afirmou que estava liderando o grupo. Depois desse encontro eles não foram mais vistos”, afirmou tenente-coronel da Corporação, Fernando Augusto Caramaschi de Mello.

Ainda de acordo com o tenente-coronel, o grupo pretendia ir até o Sertão do Zen, que fica dentro do Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros, mas teria errado uma trilha e se perdido. 

O passeio deveria terminar na tarde de domingo ou na segunda pela manhã, mas isso não aconteceu.

A corporação foi acionada na tarde desta segunda-feira (21) pela filha de Maria Cássia Sanches, uma das desaparecidas e iniciou as buscas. Além de dela integravam o grupo Aline Ferreira, Gustavo Bacelar, Juliana Silva e Mauro César.

Na manhã desta terça-feira (22), um drone, um helicóptero, uma equipe especializada em resgate e cães foram enviados para o local e junto com cerca de 21 militares e guias do local continuaram as buscas.

A Corporação chegou a divulgar um cartaz com as fotos e nomes dos desaparecidos.
Fonte: O Popular

Primeira Câmara de Arbitragem e Mediação do Oeste da Bahia é inaugurada em Barreiras



A Câmara de Arbitragem e Mediação do Oeste da Bahia (Camob), realizou a inauguração de sua sede na cidade nos dias 16 e 17 de outubro, com a presença de autoridades, empresários e imprensa da região. 

A instituição tem como objetivo oferecer uma alternativa mais simples e rápida para a resolução de conflitos extrajudiciais.

Durante os dois dias, os idealizadores, Jeane Macedo e Reinaldo Pettengill, receberam os convidados e apresentaram os métodos utilizados pela Camob na resolução de controvérsias. 

“Este é um momento de grande alegria para nós, pois agora nasce um filho. Ao longo de dois anos trabalhamos incansavelmente neste projeto, fruto de muita pesquisa, trabalho e dedicação”, disse Jeane Macedo, advogada e diretora executiva da Camob.

Empresários de diversos segmentos da indústria, do agro e do comércio da cidade, além de advogados e autoridades, puderam conhecer a estrutura da instituição, que está preparada para receber o público.

“Estamos concretizando um projeto importante para a sociedade, que representa um marco para a construção de relações sociais mais equilibradas e uma sociedade mais justa”, comemorou Reinaldo Pettengill, advogado e também idealizador do projeto. 

O diretor técnico responsável pela Camob, Adrúbal Júnior, também esteve presente nos dois dias de evento.

Camob 

A Camob possui em seu hall de mediadores e árbitros, profissionais espalhados por todo o Brasil, com vasta experiência em sua área de atuação. São especialistas nas mais diversas áreas, prontos para auxiliar na busca da melhor solução para conflitos.

Através dos métodos adequados de resolução de conflitos, a saber, a conciliação, mediação e arbitragem, busca-se aplacar a cultura da litigiosidade e a tratar o conflito sobre outra perspectiva, com maior autonomia, dedicação e responsabilidade.

Com sua inauguração no Oeste baiano, a Camob visa influenciar o cenário jurídico local, oferecendo uma prestação de serviço da mais alta qualidade, algo notado tanto na modernidade da sua estrutura como na seriedade e competência no seu corpo técnico.

CONTATO
Endereço: Avenida Ahylon Macêdo, n˚ 1639 – Morada Nobre – Barreiras/BA – CEP 47.810-692

Telefone: 77 3611.2372

Site: www.camob.com.br
E-mail: atendimento@camob.com.br
Redes Sociais: Facebook / Instagram / Youtube: @camoboficial

Fonte: Nova Fronteira

Sem noção: morador flagra empregados de prefeitura de Combinado (TO) jogando cal dentro do rio Palmas


Um morador de Combinado, na região sudeste do Tocantins, fez um vídeo mostrando o momento em que alguns empregados do município estavam jogando um pó branco semelhante a cal dentro de um rio da cidade. 


O descarte, conforme mostram as imagens, estava sendo feito em plena luz do dia, sem nenhum constrangimento.

O produto despejado no rio Palmas estava em cima de um veículo puxado por um trator. Nas imagens os homens aparecem varrendo a carroceria e jogando o pó nas águas. 

Algumas pessoas estavam tomando banho próximo ao local, mas nem isso impediu o descarte irregular.

A Prefeitura de Combinado informou, em nota, que funcionários diaristas que foram pintar com cal alguns caules de plantas na cidade, mas por "ingenuidade e falta de conhecimento resolveram jogar água na carretinha antes de retornarem para o pátio da garagem”.

A prefeitura disse que não tinha conhecimento do acontecido e que lamenta o ocorrido e vai tomar providências para que isso não se repita.

O Instituto Natureza do Tocantins (Naturatins) informou que não houve registro do caso no canal Linha Verde 0800 63 1155 ou via internet. 

O órgão pediu que denúncias da população sejam feitas o mais rápido possível a um órgão ambiental para que as medidas cabíveis sejam tomadas.

Fonte: G1

Artigo: Alguém está espalhando notícias falsas sobre mim. O que devo fazer?


Por Thiago Costa Lima,

Ninguém gosta que inventem mentiras a seu respeito! Situação chata, não é?

Notícias falsas conseguem acabar com a reputação de qualquer pessoa. Por isso, a Lei Brasileira pune com pena de detenção, de 3 (três) meses a 1 (ano), e multa quem difama alguém, destruindo sua reputação.


Um exemplo de difamação é dizer que alguém traiu outra pessoa, dizer que é mau pagador ou dizer que recebe para fazer sexo.

A primeira coisa que você deve fazer ao receber a notícia da difamação não é ir à Delegacia de Polícia, mas juntar o máximo de provas possíveis: 

Textos: cópias das conversas do whatsapp, facebook e/ou Instagran; Áudios; Vídeos; Nome, endereço e telefone de quem testemunhou o crime.

Com essas provas em mãos, vá à Delegacia mais próxima e relate ao(a) Delegado(a) todo o caso e, se houver, entregue as provas.

O(a) Delegado(a) abrirá um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO), que será enviado ao Juizado Especial Criminal (JECrim), para que a vítima e o acusado sejam ouvidas na audiência do JECrim diante do Juiz de Direito.

Normalmente, nesse crime o Ministério Público (MP) irá propor uma Transação Penal ao acusado. A Transação é uma forma de não ser processado. 

Se ele aceitar, o processo acabará logo após ele cumprir as medidas propostas pelo MP, tais como prestação de serviços à comunidade, pagamento de determinado valor para instituição de caridade, etc.

A vítima terá o prazo de 6 (seis) meses para denunciar na Delegacia, após ter conhecimento do crime de difamação.

Por fim, o art. 953, do Código Civil Brasileiro também prevê que haverá indenização nos casos de difamação que será proporcional ao prejuízo causado à vítima.

Logo, tanto na área criminal e na civil você poderá ter a sua honra defendida. Pois, não há nada pior do que ser julgado por pessoas que não tem nada a ver com a sua vida, não é mesmo?

Thiago Costa Lima, advogado criminal; OAB/GO 39.125

E-mail: thiagocostalima_7@hotmail.com

segunda-feira, 21 de outubro de 2019

Suspeito de render ex-pároco da Paróquia de Divinópolis de Goiás e São Domingos e assaltar Paróquia Santo Antônio, em Planaltina/GO é preso pela polícia


Weubem Raylon Lima, de 29 anos, foi preso na manhã da última quinta-feira (17/10), em Planaltina de Goiás.

Segundo informações do serviço de inteligência da Polícia Militar ele é suspeito de envolvimento no roubo a casa paroquial, ocorrido na última segunda-feira (14/10) na cidade.

Na ocasião, o Padre Iron Rodrigues de Oliveira, que é natural de Posse e foi pároco da paróquia de Divinópolis de Goiás e São Domingos, foi rendido e a casa paroquial de Planaltina foi assaltada.

Os policiais intensificaram patrulhamento, após informações repassadas de que um dos carros envolvidos no crime  estaria circulando pelo Centro de Planaltina de Goiás.

Pouco tempo depois, uma equipe da PM visualizou o veículo suspeito, um GM-Astra, de cor preta, conduzido por Weubem Raylon.

No momento da abordagem, o suspeito estava portando um revólver calibre .32, com três munições intactas.

Mediante ao flagrante, o rapaz foi preso por porte ilegal de arma de fogo, sendo encaminhado ao Ciops e à investigação do crime ocorrido na casa paroquial, que está sendo realizada pela Polícia Civil de Planaltina de Goiás.

Fonte: Antônio Carlos 

Rádio Cultura FM de Posse (GO) promove o 6º Festival de Música para Cantores Amadores



Com apresentações de vários cantores, o 6º Festival de Música para Cantores Amadores da Rádio Cultura 98,9 FM, de Posse, no nordeste goiano, reuniu dezenas de pessoas, em uma agradável noite, no último final de semana.

O Festival teve como objetivo abrir espaços para músicos e artista, promovendo a integração músico-cultural e fortalecendo a cultura musical e suas diversas formas de manifestação.

O evento foi realizado no Bar Almeida, com apresentação de Betinho Campos e Márcio Roberto, participaram também o diretor da Rádio Cultura Ivon Valente e os locutores Gilbertinho, Charles Valente, Baby Ferreira e Eduardo Atalaia.

Dezenove cantores participaram do Festival, os vencedores receberam premiações em dinheiro, houve ainda distribuição de vários brindes para o público presente.

Os vencedores foram: 1º Tawanne, 2º Camila Mateus, 3º Deddy e em 4º Julia Morais.

Para finalizar a noite, teve muito forró com a dupla Nilton & Ney.

Fonte: Antônio Carlos 

Estudantes universitários de Monte Alegre estão por reprovar faltas. Ônibus da prefeitura sumiu

Aluno conta com 14 faltas
Todos sabemos que as prefeituras estão quebradas, em especial as do nordeste de Goiás, região mais carente do estado. 

Porém, isso não pode servir de desculpas para certas decisões governamentais, que beiram o absurdo. 

Grande parte dos estudantes universitários de Monte Alegre de Goiás, incluindo os residentes das regiões quilombolas e dos distritos, como da Prata, precisam muito do apoio governamental para fazer o deslocamento entre as suas casas e o local de estudo. 

Há estudantes da Universidade Federal do Tocantins, em Arraias; outros da Universidade de Goiás, em Campos Belos e também do IF Goiano, campus Campos Belos. 

Foi pela demanda intensa e cobrança social, justa, que a prefeitura de Monte Alegre de Goiás decidiu disponibilizar um ônibus escolar para a comunidade fazer os trajetos diariamente. 

Anote-se que a alimentação do motorista, assim como o combustível, é custeada pelos alunos, que se cotizam para honrar o compromisso. 

Mas nem assim a prefeitura da cidade consegue honrar essa nobre missão de levar os estudantes para seus destinos. 

Há meses que o ônibus da prefeitura anda sumido. 

As consequências são absurdas. 

Muitos dos alunos já estão "pendurados" e podem reprovar o semestre por excesso de faltas. 

É mais que na hora de o prefeito Juvenal Fernandes de Almeida tomar um atitude, urgente.

Educação é prioridade absoluta. 

Homem morre afogado em lagoa de Formosa (GO)


O Corpo de Bombeiros, resgatou na tarde de sábado (19/10), o corpo de Fabrício Júnior Morais Pires, 35 anos, após várias horas de buscas, que iniciaram na noite anterior na Lagoa Feia, em Formosa (GO).

De acordo com testemunhas, a vítima estaria pilotando um Jet Ski, com uma passageira, quando perderam o controle e caíram na água. 

A passageira, de 24 anos, conseguiu voltar para o Jet ski, e não sofreu nenhum ferimento, mas o condutor acabou submergindo.

O Corpo de Bombeiros iniciou o resgate ainda na sexta-feira (18), mesmo com as condições do local não favoráveis ao trabalho dos militares.

As buscas foram realizadas até às 22h, sem sucesso.

Na manhã de sábado, os militares aumentaram o número de mergulhadores de 3 para 6, após várias horas de buscas, utilizando-se de técnicas de arrastão, espiral e leque, até que corpo do rapaz foi encontrado. 

Após o resgate, o corpo foi encaminhado para o IML de Formosa. 

Fonte: Portal Foca Lá

Festinha abusada: nova droga leva mais de dez vítimas após festa rave


Um novo tipo de droga causou mal-estar em algumas pessoas após participarem de uma festa rave no sábado (12), na Praia Doce, em Guarapari, no Espírito Santo. 

Segundo a polícia, duas pessoas ainda permanecem internadas em estado muito grave até a última sexta-feira (18), em hospitais da Grande Vitória.

Um estudante de engenharia está internado no Hospital Antônio Bezerra de Faria, em Vila Velha, em estado gravíssimo. Outro jovem está em um hospital particular.

Sobre as demais pessoas que passaram mal, a polícia disse que muitas procuraram a UPA de Guarapari no fim de semana da festa e que o indicativo é de que esse número passa de 10.

A polícia informou que ainda é cedo para apontar com certeza o que causou tudo, mas que pode ser uma nova droga. O caso é investigado.

Fonte: Jornal de Brasília 

Ações desenvolvidas na Regional de Arraias (TO) promovem valorização de servidores


Uma série de atividades desenvolvidas na Diretoria Regional de Educação (DRE) de Arraias promove a valorização dos professores e servidores. 

Na última sexta-feira, 18, foi realizada uma palestra com o tema ‘Inteligência Emocional e Financeira – Reflexão sobre a qualidade de vida do professor’, ministrada pelo professor Marcos Aurélio. 

O objetivo da palestra foi promover a saúde mental, a proteção e o desenvolvimento integral desses profissionais.

Diretora da Escola Estadual Agrícola de Arraias David Aires França, Veronice Pereira da Costa contou que a palestra trouxe conhecimentos para a vida pessoal e profissional dos servidores. 

“Essa ação nos levou a uma viagem ao nosso mundo interior, promovendo reflexões sobre a paz da alma e as dores físicas que serão suportadas com equilíbrio e sabedoria. 

Recebemos dicas de como encontrar essa paz interior perdida na correria do dia a dia, e também de como atingirmos o equilíbrio financeiro para uma vida mais estável e confortável”, explicou.

Ielisson Alves Gonçalves, diretor do Colégio Militar Unidade IV Jacy Alves de Barros, também compartilhou o aprendizado. “Um dos ensinamentos adquiridos após participar da palestra é a importância da reflexão acerca de nossas emoções, o sair da ‘nossa zona de conforto’. 

Falamos sobre o que eu estaria disposto a fazer para recuperar a minha ‘paz interior’, além de que o dinheiro é necessário, mas não traz paz interior”.

Já a coordenadora de Gestão Pedagógica e Educacional da DRE, Ana Lúcia Bispo de Assis Gonçalves, destacou que “a palestra foi de fundamental importância no campo profissional e pessoal, visto que nos leva a refletir na compreensão do outro, o bom gerenciamento de finanças e de aceitação das problemáticas cotidianas não são comodismos, mas busca de paz interior e melhor qualidade de vida”, pontuou.

A palestra motivacional foi desenvolvida pela DRE de Arraias, em parceria com a Prefeitura Municipal de Arraias.

Ações

As ações marcam a comemoração do Dia dos Professores e do Dia o Servidor Público. Além da palestra sobre a saúde emocional dos servidores, já foi realizado um Aulão de Zumba e será desenvolvido, ainda, um campeonato esportivo, os Jogos dos Servidores, além de uma confraternização de encerramento da programação.

O Diretor Regional, Leonardo Victor dos Santos, frisou a importância de ações que valorizam o trabalho dos servidores da DRE. 

“A palestra faz parte de um conjunto de ações voltadas para o reconhecimento e homenagens aos servidores e professores que contribuem para a formação dos estudantes e desenvolvimento da Educação no sudeste tocantinense”, finalizou.

Visto de cima: abertura do show de Xand Avião, em Campos Belos (GO)


sexta-feira, 18 de outubro de 2019

Trapalhada sem fim: Governo de Goiás tira o ensino médio do Colégio Felismina, em Campos Belos (GO)


Desabafo de uma professora “FELIS”

"Segundo o reordenamento da rede, o Colégio Felismina, em 2020, irá ofertar apenas o Ensino Fundamental.

Estarrecimento é o que melhor descreve a minha reação com essa notícia, visto que é uma mudança drástica e abrupta, que afetará as vidas de muitos alunos, famílias, professores e o próprio Colégio Felismina, que deixará de ser colégio para retornar ao status de escola – a meu ver, um retrocesso.

Compreendo que em todas as instituições sociais, existem líderes que coordenam e tomam decisões por um determinado grupo. 

Todavia, não entendi como uma decisão tão séria e impactante é tomada de forma sigilosa, sem consultar a comunidade escolar envolvida e sem apresentar as devidas justificativas.

Quando cheguei ao Colégio Felismina no final de 2006, fui prontamente acolhida pela, então diretora, Junia Januária Garcia. Sinceramente, como sou de Novo Alegre – TO, nem tinha ouvido falar no Colégio Felismina. 

Entretanto, na época, ao comentar que iria trabalhar no Felismina, várias pessoas me falaram que era um excelente colégio. 

Senti um enorme entusiasmo com esses comentários e curiosa para entender o porquê dessa excelência.

Com o passar do tempo, percebi que os alunos, professores, demais funcionários e o próprio colégio tinham uma energia especial, que construiu uma atmosfera diferenciada no processo educacional.

Fiquei honrada em fazer parte de uma unidade de ensino que visa a formação intelectual sem desvincular da humana. 

Uma unidade que acompanha seus alunos, ao longo dos anos, numa trajetória rumo ao conhecimento. 

O Colégio Felismina possui algumas peculiaridades fascinantes: a maioria de seus alunos, devido ao fato de estar há muito tempo nessa unidade, possui uma história de identificação com o colégio, desenvolveu o “ser Felismina”, um sentimento de pertencimento; além disso, muitos alunos “novatos” exprimem sua alegria e satisfação em fazer parte desse “ser Felismina”.

Assim foi construída essa bela e exitosa história do Colégio Estadual Felismina Cardoso Batista.

É com muito pesar que recebi a notícia que o Colégio Felismina não poderá ofertar mais o Ensino Médio. É triste ver uma conquista tão emblemática, a implantação e manutenção do Ensino Médio, que já demonstrou seu êxito, ser aniquilada.

Para mim, que nem sou de Campos Belos, é uma perda enorme, é a destruição de uma história de sucesso e ainda em curso, que teria tanto a ofertar para a comunidade. 

É a desconstrução de uma identidade feita com luta, esforço, dedicação, persistência e competência. É desconsiderar o envolvimento socioafetivo de cada aluno com o Colégio.

Fico me perguntando o porquê dessa decisão, dado que ainda não foi apresentado nenhum argumento e o Colégio Felismina, notoriamente, oferece uma escolarização e uma educação de qualidade, tanto no Ensino Fundamental quanto no Ensino Médio.

Até quando viveremos tempos sombrios na educação, nos quais uma unidade escolar é “desconstruída” apesar de seus bons resultados? Apesar de ofertar ensino de qualidade? "

Por Lívia Geralda Queiroz, professora do Colégio Estadual Felismina Cardoso Batista – com orgulho: Uma professora FELIS

Homem faz relato emocionante de como se salvou de acidente em Arraias: “nasci novamente”






“Meu terceiro filho nasceu ontem em Campos Belos – GO, e eu também nasci novamente em uma curva de Arraias – TO”. 

Assim começa o depoimento de Edivaldo Júnior no Facebook. Ele sofreu um acidente de carro nessa quarta-feira, 16, em uma curva de uma rodovia próxima a Arraias.

Segundo Edivaldo, ele estava voltando de Campos Belos (GO), onde seu filho Davi acabara de nascer, para Conceição do Tocantins, onde mora. 

Devido ao cansaço da viagem durante a madrugada, acabou dormindo ao volante e batendo o carro em uma contenção de ferro. “Acordei com o carro em chamas. 

A porta travada e vidros fechados, e o fogo já entrando pelo interior do carro. Como o vidro é elétrico, não funcionava”, relatou Edivaldo.

O motorista conta que Deus, de modos sobrenatural, fez o vidro descer. “O carro já estava tomado pelas chamas. 

Tive que pular pela janela e queimei o braço. Quando rolei no chão, as chamas me queimaram. Assim, que sai do carro. Ele explodiu”, afirmou.

Júnior pondera que Deus o livrou da morte. “Louvo a Deus pelo Seu cuidado e por minha família não estar comigo. Perdi o carro, notebook, carteira, celular, mas ganhei a oportunidade de permanecer vivo”, conta Edivaldo.

Ao final da publicação no Facebook, Edivaldo colocou um trecho da Bíblia, do livro de Daniel, capítulo 3, versículos 24 e 25:

Então o rei Nabucodonosor se espantou, e se levantou depressa; falou, dizendo aos seus conselheiros: Não lançamos nós, dentro do fogo, três homens atados? Responderam e disseram ao rei: É verdade, ó rei.

Respondeu, dizendo: Eu, porém, vejo quatro homens soltos, que andam passeando dentro do fogo, sem sofrer nenhum dano; e o aspecto do quarto é semelhante ao Filho de Deus.

Fonte: Gazeta do Cerrado

quinta-feira, 17 de outubro de 2019

Secretário de Saúde de Goiás promete Policlínica para Campos Belos, com hemodiálise





O Secretário de Saúde de Goiás fez uma promessa muito interessante para Campos Belos (GO). 


Ismael Alexandrino Júnior é médico, com um excepcional currículo. 

Formado pela Faculdade de Ciências Médicas da Universidade Estadual de Pernambuco com Fellow em Terapia Intensiva pela Universidade de Milão e Bolonha, foi até dezembro de 2018 diretor-presidente do Instituto Hospital Base e também conselheiro titular do Colegiado Gestor da Saúde do Distrito Federal.

Nesta semana, Ismael Alexandrino recebeu, em seu gabinete, o deputado estadual Paulo Trabalho e o advogado e produtor rural de Campos Belos (GO) José Júnior Souza.

Ele tem encabeçado a luta da cidade para a construção de um centro de hemodiálise, que deverá atender cerca de uma centena de doentes renais crônicos, residentes do nordeste de Goiás e no Sudeste do Tocantins. 

Ao secretário de saúde foi explicado sobre as condições precarissímas de todos os doentes; muitos deles obrigados a viajarem mais de 800 km por dia, três vezes por semana, e também da campanha social que já arrecadou mais de 200 mil reais para a compra de máquinas para a filtragem de sangue. 

A ideia foi pedir apoio do governo estadual para implantar o centro de Hemodiálise em Campos Belos. 

Após ouvir a todos, Ismael Alexandrino explicou que o governo de Ronaldo Caiado quer instalar onze policlínicas em todo o estado, sendo uma ou duas delas no nordeste de Goiás. 

Disse também que essas policlínicas terão médicos de diversas especialidades, como cardiologistas, obstetras, oftalmologistas e gastros, além de um centro de hemodiálise. 

Tudo que a comunidade regional de Campos Belos deseja e requer. 

Mas o secretário deu uma informação ruim. 

Disse que será feito um estudo de viabilidade técnica para ver se é possível mesmo Campos Belos receber a policlínica, porque a unidade de Posse (GO), também no nordeste de Goiás, já está garantida e pronta para a construção. 

Será mesmo que o estudo dos técnicos será favorável a Campos Belos? 

Tenho sérias dúvidas, porque eles negaram até mesmo a instalação de um simples centro de hemodiálise, teoricamente menos complexo e mais barato. 

Como irão então aprovar um empreendimento de tão grande complexidade?

Sinceramente, tenho que a reposta foi uma maneira inteligente de o secretário dizer “não" e impedir que a comunidade, por si mesma, erga com as próprias mãos o centro de hemodiálise. 

A bem da verdade, só o governo do estado pode autorizar e sustentar a implementação de uma unidade de saúde como esta.

Agora, à comunidade não resta outra opção, a não ser pressionar. 

Pressionar de todas as formas, principalmente pela via política. 

Outra é "usar" até mesmo a comunidade Kalunga de Monte Alegre, Cavalcante e Teresina de Goiás. 

São mais de cinco mil pessoas integrantes de comunidade afrodescendentes, que estão lá jogadas à própria sorte, sem qualquer apoio governamental. 

Os doentes renais crônicos dessas comunidades, como são atendidos? 

Há comunidades que estão a mais de 6 horas de estrada de chão da GO-118, a principal via asfaltada e de ligamento da região. 

Dessa rodovia até a cidade de Posse (GO) são mais de 300 km, parte em estrada de chão.

Se o destino é Brasília, são mais de 350 km; ou se for Goiânia, cerca de 500 km. 

Será essa mesma a decisão do governo de Goiás? 

Deixarão as comunidades kalungas e os demais cidadãos goianos do corredor da miséria com mais essa derrota?

A pressão política é a única saída. Mobilização de todos é a palavra de ordem.

Acima, dois vídeos de deputados estaduais que se colocaram à disposição da comunidade. 

Em tempo, participantes da reunião, da direita para a esquerda: auditor fiscal José de Souza Vaz Júnior; deputado estadual delegado Eduardo Prado; deputado estadual Paulo Trabalho; secretário de estado de Saúde, Ismael Alexandrino; deputado federal Elias Vaz; assessor Leandro Fox e a advogada Daillinne Souza Real.

É um belo e forte grupo. Mas queremos mais. Senão não vai sair. 







Incêndio castiga São Domingos (GO). Bombeiros precisam de voluntários



O município de São Domingos, no nordeste goiano, tem enfrentado uma série de queimadas nos últimos dias.

Os focos estão concentrados em diversas partes tem castigado grande parte do município.

O fogo atingiu cabeceiras dos rios que cortam o Parque Estadual de Terra Ronca e também parte do parque.

O secretário de meio ambiente do município juntamente com o Corpo de Bombeiros estão precisando de voluntários pra ajudar no combate ao fogo.

Voluntários devem procurar Mazim da farmácia, em São Domingos.

Fonte: Antônio Carlos

Perigo rural: gado é roubado e casal é mantido em cárcere privado, durante assalto em Alvorada do Norte (GO)


Na última quarta-feira (16), um homem de 69 anos, acompanhado da mulher, compareceu ao posto da Polícia Rodoviária Federal, em Alvorada do Norte, no nordeste goiano, para fazer uma grave denúncia.

O idoso relatou que estava no seu sítio, localizado às margens da GO 236, acompanhado de sua mulher, quando foram vítimas de uma abordagem de bandidos, seguida de cárcere privado,  que perdurou das 17h40 às 19h30. 

Segundo à vítima, dois homens chegaram ao sítio, pediram água para tomar, mas maldosamente anunciaram o assalto e prenderem o casal no banheiro da casa.

Posteriormente, o casal informou que ouviu barulho de um caminhão chegando, o qual foi utilizado para levar cerca de 30 cabeças de gado da família.

Após a ação criminosa, os idosos vítimas conseguiram se libertar e procuraram ajuda da PM. 

Ciente da impunidade e da tranquilidade que bandidos têm no Brasil, ainda segundo os relatos, os bandidos chegaram a preparar comida durante o tempo em que permaneceram no local, numa nítida afronta aos donos da casa.

Fonte: PM e Foca Lá

Morre João Miguel, cujo pai foi preso por desviar dinheiro da sua campanha


O pequeno João Miguel que tinha Atrofia Muscular Espinhal (AME) e morava em Conselheiro Lafaiete, na região Central de Minas Gerais, não resistiu a doença e morreu nesta quinta-feira (17).

O caso do menino ganhou repercussão depois que o pai dele foi preso suspeito de desviar dinheiro arrecadado para uma campanha que era feita para ajudar o filho.

De acordo com um amigo da mãe da criança, João Miguel passou muito mal nesta madrugada e foi trazido de Conselheiro Lafaiete para o Hospital João Paulo II em Belo Horizonte, onde o pequeno, de dois anos, acabou morrendo.

"Ainda estamos sem saber sobre velório e enterro. A mãe dele está bem desesperada. Uma tristeza isso que aconteceu", lamentou o amigo.

A família precisava comprar um medicamento para que custava em torno de R$ 300 mil e por isso foi feita uma campanha para arrecadar dinheiro. 

Em julho o pai dele foi preso por desviar R$ 600 mil e ainda está no presídio.

Fonte: O Tempo 

Festival Gastronômico de Arraias movimenta quase R$ 20 mil em dois dias




No último fim de semana, ocorreu o III Festival Gastronômico de Arraias. Com realização de estudantes e professores do curso de Turismo, em parceria com a Prefeitura Municipal de Arraias. 

O objetivo foi estimular a produção de pratos criativos com ingredientes do cerrado e movimentar a economia do município.

De acordo com os dados da organização, foram quase R$ 20 mil movimentados no município que tem pouco mais de 11 mil habitantes. 

“Acreditamos que a Gastronomia é verdadeiramente capaz de impulsionar a economia do Nordeste goiano e Sudeste do Tocantins. 

A cada nova edição, aprendemos um pouco mais e felizmente temos apresentado números cada vez mais expressivos!”, explica a organizadora do festival e professora do curso de Turismo, Thamyris Andrade.

1° lugar
Açaí Mangabaru
(Açaí com mousse de mangaba, crocante de buriti e castanha de baru)
Por Neuseny de Queiroz

2° lugar
Chambari Love
(Escondidinho de Chambari)
Por Maria José

3° lugar
Farofa da terra com uma dose de alegria
(Farofa com pururuca e bolinho de mandioca com uma dose de cachaça Dama do Azuis)
Por Marizete Barbosa

Além da economia

A organizadora afirma que o Festival Gastronômico em Arraias também é um ato político para a cultura local. “Por meio dele a população tem tido um novo olhar para as inúmeras possibilidades que a gastronomia proporciona. 

Além de resgatar uma memória afetiva e gustativa a partir dos insumos regionais e principalmente do bioma cerrado. 

E assim trabalhar a conservação do bioma para além da sala de aula e evidenciar a força dos povos tradicionais do Cerrado, em especial das comunidades quilombolas do Nordeste goiano e sudeste do Tocantins”.

Thamyris acrescenta que o Festival Gastronômico de Arraias é um verdadeiro laboratório para os alunos do curso de Turismo. Mesmo com várias dificuldades, o festival foi realizado pelo terceiro ano consecutivo.

Fonte: UFT