Banner 1

Banner 1

Banner 2

Banner 2

quarta-feira, 1 de outubro de 2014

Dia Histórico na Comunidade Quilombola: ministro entrega título 31 mil hectares aos Kalungas




Por VALMIR ‘CRISPIM”

A Comunidade Quilombola Kalunga de Goiás recebeu nessa tarde de  terça feira 30/09, a visita dos Ministros de Estado Laudemir Muller, do Ministério do Desenvolvimento Agrário, e de Luiza Bairros, da Secretaria Especial de Promoção da Igualdade Racial. 

Os Ministros vieram a comunidade fazer a entrega do título de propriedade de 31 mil hectares de terras, localizadas nos municípios de Cavalcante, Monte Alegre de Goiás e Teresina de Goiás. 

Os povos Kalunga dos três municípios reuniram na localidade do Bom Jardim em Monte Alegre de Goiás para receber das mãos dos Ministros os documentos de propriedade da terra.

Foi um momento único na história dos Povos Kalunga, pois significa o resultado de mais de três séculos de luta pela consolidação do território, conforme deixou claro vários oradores do evento. 

Uma das oradoras foi Dona Procópia, que aos 81 anos idade emocionou a todos com seu exemplo de cidadania e civismo. 

Em um discurso forte e contundente ela lembrou das viagens lideradas por ela na busca de reconhecimento do Território Kalunga. Para ela o diferencial dessa conquista foi a luta coletiva dos Povos Kalunga: “de nada adianta segundo ela estar bem se o vizinho do outro lado do Paranã não tiver em condições semelhantes”.

Depois de quase quatro décadas de luta pelo território e sua gente aquele era o momento de passar definitivamente o bastão para os mais jovens, afirmou Dona Procópia mencionando o atual presidente da Associação Quilombo Kalunga Vilma Costa, jovem que hoje está a frente da associação. 

A líder desejou forças ao novo presidente na representação do seu povo e pediu o apoio da comunidade nas lutas que serão lideradas por ele.

Em discurso emocionado Vilmar Costa, Presidente da Associação Quilombo Kalunga reconheceu a trajetória de luta dos que o antecederam no cargo, enfatizando que todos foram importantes nessa caminhada. 

Para Vilmar essa conquista significa novo ânimo e força para continuar lutando para reduzir as muitas necessidades existentes no Quilombo Kalunga, citando como exemplo as estradas de acesso ao território e a falta de escolas de ensino médio. 

O Presidente cobrou das autoridades presentes o compromisso do governo em consolidar as políticas públicas de inclusão produtiva e geração de renda ao Povo Kalunga.

A emoção tomou conta do público no discurso da Vereadora Ester Fernandes de Teresina de Goiás. Ela lembrou da luta que teve início na década de 1980, dos companheiros presentes como Tico Kalunga, e da descrença de muitos que esse dia chegaria. Segundo ela o que estava ocorrendo no dia de hoje (ontem) era o resultado de muitos anos de trabalho, de portas fechadas, de lágrimas esperança. 



Emocionada a líder Kalunga teve seu discurso interrompido várias vezes pelos aplausos e reconhecimento do público, principalmente quando cobrou do Ministro Laudemir Muller a desapropriação das áreas prioritárias à comunidade. “São áreas essenciais à prática da agricultura e a preservação ambiental, que ainda estão de posse de fazendeiros da região,” disse ela.

Os dois ministros presentes ao evento encaminharam seus discursos na mesma direção, mostrando o compromisso e a disposição do Governo Federal em consolidar os territórios quilombolas em todo o país, com políticas de geração de renda e inclusão produtiva. 

Não menos emocionada que os demais oradores que a antecederam a Ministra Chefe da Secretaria de Promoção da Igualdade Racial Luiza Bairros lembrou da luta do movimento negro para o reconhecimento e a posse dos territórios tradicionalmente ocupados. 

Segundo a Ministra aquele era um momento de alegria, mas acima de tudo de compromisso do governo em não arredar de suas concepções sobre a necessidade de consolidação desses territórios. A ministra finalizou sua fala comprometendo a caminhar junto com os Kalunga em suas prioridade, em especial na luta por melhores condições de infraestrutura no acesso à comunidade.

Após receber a folia que girava na comunidade, o Ministro do Desenvolvimento Agrário Laudemir Muller falou aos presentes. Descontraído e muito feliz o ministro fez a entrega dos documentos de posse ao presidente da Associação Quilombo Kalunga Vilmar Costa, se colocando como parceiro da associação nas lutas futuras. 

Em seu discurso Leudemir Muller fez questão de enfatizar o avanço das políticas públicas (incluindo desapropriação e inclusão produtiva), das comunidades tradicionais brasileiras. Para o Ministro a entrega do título aos Kalunga é parte de um grupo de ações do Governo Federal em benefício das minorias, em especial às comunidades Quilombolas.



O diferencial segundo o ministro foi a escolha feita há doze anos atrás pela população brasileira, com a eleição do Presidente Lula, que esteve na Comunidade em 2004, quando lançou o Programa Brasil Quilombola. Esse compromisso segundo ele é uma prioridade do Governo da Presidenta Dilma Roussef, momento em que foi interrompido pelos aplausos dos Kalunga.

Após o discurso o Ministro Laudemir Muller atendeu gentilmente ao pedido de entrevista desse Blog, respondendo a várias questões, dentre elas a necessidades de disponibilizar a Política de Assistência Técnica e Extensão Rural na comunidade. Conforme o ministro a comunidade está inserida no Programa Brasil Sem Miséria e já há uma empresa contratada para prestar assistência, inclusive disponibilizando R$ 2.400,00 para início da atividade produtiva. 
 
O evento foi um momento histórico não apenas para a Comunidade Quilombola Kalunga, mas ao país como um todo. Estávamos ali (RE)construindo a história do Brasil. Todos que estiveram nessa luta e participaram do evento deram sua contribuição. 

Para esse escriba, bisneto de escravos foi um momento especial, pois presenciei o resultado de uma luta de mais de três séculos, e que se concretiza pela persistência de pessoas como Cirilo Rosa, Dona Procópia, Tico Kalunga, Vilmar Costa, Maria Helena, Ester Fernandes, enfim, de toda uma comunidade que não desistiu de lutar pela reparação dos danos causados aos seus antepassados, mas acima de tudo que olham para o futuro de cabeça erguida e com muita esperança.




VALMIR ‘CRISPIM” SANTOS
Geógrafo e Agente de Fiscalização Agropecuária

Mestrando em Geografia pela Universidade Federal de Goiás

Pedofilia em Campos Belos


Senhor Dinomar,

Enquanto este blog publica sumiço de cachorro (é legal), a comunidade sabe que existe um mandato de prisão para um ex-vereador da cidade por crime de pedofilia. 


Pergunto por que não publica a foto deste meliante para podermos encontra-lo. existe um programa na cidade que diz que o que passa na cidade passa por lá e eles não denunciam. Será medo, complacência ou proteção politica.

Corajem, não se acovarde.
Faço esta denuncia como anonimo pois a lei nos faculta. Espero sua resposta no blog.


------------------------------------------------------------------

Prezado anônimo, tenho conhecimento desse caso, que é muito sério e terrível. 

Mas não posso publicar detalhes sem conhecimento e documentos comprobatórios, que estão em poder do Ministério Público e em possível segredo de justiça. 

Por isso estou aguardando a publicação no site oficial do Ministério Público para que possamos repercutir o caso. Apenas isso....


Dinomar Miranda

-----------------------------------------------------------------

Senhor blogueiro, não se esqueça que "A mídia justiceira, sob o manto da liberdade de informação, acaba submetendo os investigados a verdadeiro julgamento popular, cujas conseqüências danosas, são geralmente irreparáveis. 

Após tamanha exposição diante da opinião pública, tais suspeitos são tidos como criminosos, pouco importando o princípio constitucional da presunção de inocência, vez que irremediavelmente estarão presos àquela imagem. 

Assim, quer sejam absolvidos ou condenados pela justiça, já foram sumariamente condenados pelo público." Aguardo a compreensão do Sr. acerca desse fato, que por sinal, é considerado pela justiça como sigiloso.

Anônimo

------------------------------------------------------------------

Já Publicamos:  Neste tipo de acusação, todo cuidado é pouco


Menores que acusaram vereador de São Domingos por abuso sexual voltam atrás e dizem que tudo não passou de uma farsa



Agronegócio da UEG: alunos fazem abaixo-assinado contra fechamento de curso


Por Adson Freitas, 

"Boa noite toda a sociedade de Campos Belos e região de Goiás e Tocantins 

Gostaria de pedir um minuto de atenção de vocês.

Então, como todos ou boa parte de vocês devem saber, conforme a resolução 53 de 5 de setembro de 2014 da UEG, foram suspensas as ofertas de vagas para o vestibular de 2015 para o Curso de Tecnologia em Agronegócio da Unidade de Campos Belos (GO).

Por esse motivo, nós acadêmicos, e com a força de toda a sociedade, estamos pedindo a sua ajuda em um abaixo-assinado que estamos fazendo, para o retorno das vagas e explicações mais claras a respeito do fechamento das mesmas.

As motivações não foram transparentes e nas quais também encontramos muitas contradições.

Motivo maior é que o curso que foi suspenso e é de grande importância para nossa cidade e Região.

Quem desejar assinar é só nos contactar pelo telefone (62) 9826 9438 

Grato de sua atenção 

Fogo em morro fez dezenas de bichos fugirem em Campos Belos

Veadinho que fugiu do fogo e foi salvo por uma família 

Imagem ilustrativa e não corresponde ao fato 

Imagem ilustrativa e não corresponde ao fato 

Por Aline Abreu, 

Olá boa noite. Quero falar sobre aquela reportagem do veadinho.

Você acredita que quando colocam fogo no morro, ali próximo a chácara de meu pai, aparecem vários animais silvestre na vizinhança. 

Apareceram caititu, tatu, cutia, cobras...

Dessa última vez o fogo foi terrível. Minha sogra tem uma chácara ali também e durante o incêndio no cerrado, apareceu uma cascavel de quase dois metros. Todos ficaram apavorados. 

E quando a gente sobe aquele moro logo deparamos com o conhecido gerais, onde muitos vão em busca do caju, mangaba e pequi. Ali tem um boqueirão, que acredito, deve ter muitos bichos,  que acabam vindo pra essa direção.

Você precisa vê como é. O morro é de fácil acesso e o povo está invadindo. Ai você já sabe como tudo acaba. 

Não estou defendendo quem ficou com o animal preso. Estou relatando algo que acontece quando colocam fogo no morro.


Imagem ilustrativa e não corresponde ao fato 

Imagem ilustrativa e não corresponde ao fato 

Imagem ilustrativa e não corresponde ao fato 

Sequestro: Se Jac Souza queria ficar famoso, conseguiu. Ontem ocupou 4 páginas do Correio Braziliense


Texto da Revista Exame,
Com menos de 5 mil habitantes, a cidade de Combinado (TO), a 543 quilômetros da capital, Palmas, parou para acompanhar o caso protagonizado por Jack Souza dos Santos, de 30 anos. 
"Ninguém imaginava ver alguém que a gente conhece fazendo isso", disse o vereador e presidente do PP na cidade, Lindon Jonson Miguel da Silva.
"A mãe dele, dona Lurdes, ficou chocada. Aqui, ele sempre se comportou bem com toda a comunidade." Silva contou que recebeu a informação do caso de um assessor do deputado federal Lázaro Botelho, presidente regional do PP.
Santos, filiado ao PP, concorreu ao cargo de vereador, em 2008, mas não conseguiu ser eleito. Foi, também, secretário municipal da Agricultura de 2009 a 2012, na gestão do ex-prefeito Manoel Rebouças de Oliveira.
Procurado na Casa de Saúde Nossa Senhora da Conceição, em Campos Belos (GO), onde trabalha como bioquímico, Oliveira não quis falar sobre o ex-secretário.
Para o presidente da Câmara Municipal de Combinado, Jefelson Belo, do PTB, o rapaz só estava querendo "se mostrar". "Nunca conseguiu ser nada aqui. Foi candidato a vereador e não se elegeu", contou o parlamentar, que conviveu com Jack Santos, quando este era secretário.
Segundo ele, o rapaz vive em Brasília e só aparece na cidade de vez em quando. Desta vez, teria chegado há cerca de dois meses, para trabalhar na campanha eleitoral.
O presidente do PP de Combinado refutou a informação. Falou que o rapaz vive, sim, em Combinado e que só soube, agora, sobre a possível existência de uma filha de Jack Santos, em Brasília.
Amigos disseram que Santos escreveu três cartas para familiares, pedindo desculpas por seus atos. Numa deles, teria informado a um tio que se entregaria às 17 horas.

Expulsão do PP

Segundo o jornalista Cláudio Humberto, no Jornal Metro, o PP deve reunir a Executivo Nacional só depois da eleição para votar a expulsão do "simulacro de terrorista" Jac Souza Santos. A decisão ainda terá de ser ratificada no conselho de ética do partido. 

Apesar do erro de português....
na boa, todos erramos



Muito lúcido e político: em áudio, sequestrador de Combinado (TO) pede desculpa e explica ação; OUÇA



Em um CD entregue à Polícia Civil antes de se render, o homem que manteve o mensageiro de um hotel de Brasília refém por quase oito horas pede desculpas aos brasileiros “que foram prejudicados diretamente ou indiretamente” pela ação e conta que a arma e os explosivos usados na ação são falsos. 

“Quero vos lembrar que juntos somos uma nação, que juntos somos um gigante adormecido e que precisamos acordar”, afirma. 

A mídia foi divulgada nesta terça-feira (30). 

A corporação disse que a prisão administrativa – feita pela polícia – dura 24 horas e que o homem pode ser solto no final do dia, caso a Justiça não reforce a medida.

Fonte: G1

terça-feira, 30 de setembro de 2014

Raio cai em fazenda e mata 60 cabeças de gado em Paraíso (TO)



Uma forte chuva acompanhada de raios que caiu em Paraíso do Tocantins, a 66km de Palmas, resultou na morte de 60 cabeças de gado. 
O caso aconteceu neste domingo (28) em uma fazenda que fica no alto da Serra do Estrondo, a 12 km do município.
No total, 62 animais estavam na propriedade quando foram atingidos. Apenas dois sobreviveram à descarga elétrica. 
Fonte: G1
Foto: Surgiu.Com

Monte Alegre (GO): Governo Federal avança em reconhecimento da Comunidade Kalunga


O Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) concede, nesta terça-feira (30), 31 mil hectares de terra à comunidade quilombola Kalunga, por meio do Contrato de Concessão de Direito Real de Uso (CCDRU). 

A iniciativa garante segurança jurídica e assegura a continuidade das tradições da comunidade.

A transferência de posse será realizada em Monte Alegre (GO), a 303 quilômetros de Brasília. 

O ministro do Desenvolvimento Agrário (MDA), Laudemir Müller, a ministra de Estado Chefe da Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial (Seppir), Luiza Bairros, e o superintendente regional do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra), Marco Aurélio da Rocha, participam da solenidade.

Desde 2010, o Incra trabalha na desapropriação desse território. Cerca de R$ 34 milhões já foram investidos na região. No total, 17 imóveis foram ajuizados com ações desapropriatórias – correspondendo a 56 mil hectares. 

Destes, nove estão imitidos na posse do Incra, permitindo a autarquia a transferência de posse desses imóveis à comunidade quilombola. A partir da legitimação, o Incra emitirá os títulos definitivos.

A comunidade Kalunga fica nos municípios goianos de Cavalcante, Monte Alegre e Teresina. No total, 600 famílias quilombolas vivem num território de 261 mil hectares. 

A terra pertence oficialmente aos Kalunga desde 2000, quando foi titulada pela Fundação Cultural Palmares, mas os fazendeiros da região continuaram morando nas terras.


Local: Escola Bom Jardim, Município de Monte Alegre (GO)
Data: 30/09 (terça-feira)
Horário: 14h

Cãozinho desaparecido em Campos Belos. Ajude a encontrá-lo


"Dinomar, sou leitor assíduo de seu blog. E queria q (se possível) vc ajudasse na busca por um cãozinho perdido na madrugada do sábado aqui em Campos Belos! 

E como sei que vc é uma referência em noticias aqui na nossa região queria lhe pedir para q nos ajude a encontrá-lo, compartilhando a foto em seu perfil ou ate noticiando em seu blog. 

Qualquer ajuda me deixaria muito grato, pois, o cãozinho eh novo e precisa de um tratamento especial! Aqui já deixo o meu muito obrigado - 

Paullo Anndré Barbosa'

IBOPE: Marcelo Miranda tem 50% e Sandoval Cardoso 34% na disputa do Tocantins



Pesquisa Ibope divulgada nesta segunda-feira (29) aponta os seguintes percentuais de intenção de voto na corrida para o governo do Tocantins:

Marcelo Miranda (PMDB) – 50%
Sandoval Cardoso (SD) – 34%
Ataídes Oliveira (PROS) – 2%
Luís Cláudio 
(PRTB) - 1%
Outros* - 1%

segunda-feira, 29 de setembro de 2014

Veadinho é encontrado numa residência em Campos Belos. Dona da casa foi autuada por maus tratos e cativeiro de animal silvestre







A polícia civil de Campos Belos apreendeu, na tarde de hoje (29), um filhotinho de veado campeiro, na residência de uma família. 

A policial civil e vice-presidente da Organização Protetora de Animais, Maria Cleide, disse que recebeu a denúncia de que o bicho silvestre como de estimação. E mais, que ele tinha fugido da residência e apanhado por isso. 

Os policiais, então, foram ao local, numa casa no Setor Aeroporto II, próximo ao "pé do morro", entraram na residência, vasculharam tudo e não encontraram o animal.

Quando já estavam quase desistindo da busca, o encontram no quintal, exposto ao sol e ao forte calor, preso a uma corrente e sem água. 

O animal foi apreendido e levado, em bom estado, aos cuidados de um médico-veterinário. A polícia ainda não sabe qual será o destino que será dado ao veadinho. 

A dona da casa afirmou à polícia que o pequeno filhote apareceu em sua casa, fugindo do fogo que atingia o morro há poucos dias. 

Ela foi autuada em um termo circunstanciado de ocorrência (TCO) por maus tratos a animais e por manter em cativeiro um animal silvestre, que é proibido por lei.  



Assustador: caminhão pega fogo na BR-020, próximo a Luiz Eduardo Magalhães



As imagens são assustadoras. Mas, felizmente, ninguém saiu ferido desse incrível incêndio de veículo automotor, ocorrido ontem, domingo (28), na BR-020. 

Um Caminhão pegou fogo próximo à cidade de Luiz Eduardo Magalhães, no oeste da Bahia, a cerca de 100 km de Barreiras. 

Testemunhas disseram que o fogo foi provocado pela roda traseira do caminhão, que aqueceu, pegou fogo e se espalhou incontrolavelmente. 

O caminhão, carregado de portas, tinha saído do estado de Mato Grosso para ser descarregado na capital do estado da Bahia, Salvador, e ficou totalmente destruído.

A brigada da Guarda Municipal de Luiz Eduardo Magalhães foi acionada para o socorro, mas não adiantou muito.  A pista chegou a ser interditada por algumas horas.

As ferozes labaredas aproveitaram o tempo seco e quente e se espalharam pelo matagal que margeia a rodovia. 



Câmera de segurança flagra assalto a farmácia em Posse (GO). Polícia procura suspeitos


Câmaras de segurança flagraram dois bandidos assaltando uma farmácia no centro de Posse, no nordeste de Goiás.  

A ação dos bandidos ocorreu na tarde de ontem, domingo (28), por volta das 4 horas da tarde. 

O estabelecimento estava vazio, apenas com o atendente, quando a dupla chegou, sacou a arma e anunciou o assalto. 

Eles levaram cerca de R$ 500 em dinheiro e dois celulares. 

Até agora, a polícia não tem pistas dos dois e pede ajuda aos internautas para tentar identificar os algozes através das imagens. 

A polícia informa que as pessoas que prestarem qualquer tipo de informação terão seus nomes preservados. Quem tiver informações, pode ligar telefone fone 190.

Assista à ação dos malandros em Posse (GO).

Sequestro em hotel: Jac Souza disse que ficaria famoso em Brasília

   



Antes de deixar Combinado, no Tocantins, no último fim de semana, o homem que desde o começo da manhã de hoje (29)  mantém refém um funcionário de um hotel no centro de Brasília disse a pelo menos uma pessoa próxima que viajaria para a capital federal, onde ficaria famoso.

Ex-secretário municipal de Agricultura e candidato a vereador derrotado em 2008, o agricultor Jac Souza dos Santos, de 30 anos, também deixou três cartas, uma delas endereçada à própria mãe. 

Para se afastar das responsabilidades no comitê municipal de um candidato ao governo do estado, Santos alegou ao coordenador municipal da campanha, Maurílio Martins de Araújo, que viria a Brasília resolver um problema familiar e que estaria de volta ainda hoje.

Ainda não se sabe exatamente quando Santos chegou a Brasília. O que se sabe é que, por volta das 8h30 de hoje (29), ele se hospedou no Hotel Saint Peter e começou a executar o que, ao que tudo indica, já tinha em mente quando deixou Combinado. 

O agricultor subiu ao 13º andar do hotel, bateu na porta dos apartamentos mandando que as pessoas deixassem o prédio, alegando que se tratava de uma ação terrorista. A essa altura, Santos tinha feito um funcionário refém.

Além de manter o trabalhador parte do tempo sob a mira de um revólver, Santos algemou e amarrou no refém um colete que a Polícia Civil confirma conter material explosivo. De tempos em tempos, os dois surgem na sacada do quarto e Santos gesticula muito, com a arma na mão.

"Nem imagino o que pode ter acontecido. Esse menino é nascido e criado aqui na cidade e é muito gente boa", contou Araújo à Agência Brasil. 

 Ex-vereador de Combinado, ex-presidente da Câmara Municipal entre 2004 e 2008, Araújo conhece Souza desde antes de este assumir a Secretaria Municipal de Agricultura na gestão anterior (2009-2012). 



Embora o agricultor continue envolvido com a política local, Araújo afirma que ele nunca disse nada que levasse alguém a desconfiar do que ele tramava.

"Esse menino trabalha comigo e com outras 20 pessoas aqui no comitê. É nascido e criado aqui em Combinado e é muito gente boa. Sábado [27] à noite, ele esteve em minha casa e disse que tinha que ir a Brasília para resolver uma questão com a ex-mulher, com quem tem uma filha, mas disse que voltaria na segunda. Hoje, depois de ligar para ele duas ou três vezes, liguei a TV e vi essa desgraça", acrescentou Araújo.

"Só agora eu soube que, antes de passar pela minha casa, ele já tinha dito a minha irmã que ia para Brasília, que ia ficar famoso e que iríamos ouvir falar muito dele. E que ele deixou as cartas. Uma para a mãe, outra para mim, detalhando as contas do comitê que têm que ser pagas", detalhou Araújo.

O delegado da Polícia Civil Paulo Henrique Almeida confirmou a existência das cartas. A julgar pelo conteúdo da mensagem que o agricultor enviou à própria mãe, Almeida teme a possibilidade de Santos tentar o suicídio. "É uma carta de despedida, meio desesperada, e na qual ele pede desculpas para todos os familiares por algum ato que venha a cometer". 

Ainda de acordo com o delegado, Santos promete explodir a bomba presa ao funcionário do hotel, caso suas exigências não sejam atendidas até as 18h. Entre elas, a extradição do atividta italiano Cesare Battisti e a efetiva aplicação da Lei da Ficha Limpa.



Por causa das ameaças de Santos, o hotel foi evacuado e a área ao redor, isolada. Atiradores de elite foram posicionados nos prédios vizinhos. Policiais federais e agentes da Agência Brasileira de Inteligência  (Abin) acompanham a situação. 

"O que pretendemos é que ele se entregue, mas ele não demonstra nenhum sinal de que vá fazer isso. Se a autoridade policial entender que há risco iminente para o refém, há, sim, a possibilidade de uma intervenção", disse o delegado, explicando que nenhum dos parentes de Santos está no local.

Matéria original do Portal UOL

Bombeiros de Formosa resgatam parapentista no Vale do Paranã




Na tarde do último sábado (27), a 7ª Companhia Independente Bombeiro Militar, em Formosa, foi acionada para resgatar um parapentista que havia caído no Vale do Paranã e se encontrava dependurado, a mais de 30 metros de altura, em uma árvore.

O detalhe do chamado é que o parapentista não sabia onde estava nem como se chegar até lá, por isso, enviou, via telefone e mensagens de celular, sua localização de GPS.

Como a vítima estava dependurada, a guarnição comandada pelo Sargento Sousa preocupou-se em encontrá-la o mais rapidamente possível, e utilizou técnicas de busca associadas a equipamentos de localização por satélite.

No local, os bombeiros realizaram as amarrações e procedimentos necessários à descida com segurança do parapentista, resgatando-o e conduzindo-o em segurança.


Fonte: Bombeiros/GO





Assassinato em Campos Belos: corpo de Marizete Rodrigues já está sendo velado

Marizete e o ex-marido assassino, Irapuã

Marizete fez 31 anos no dia 20/9

O corpo de Marizete Rodrigues dos Santos, 31 anos, assassinada pelo ex-marido na noite deste domingo (28), em Campos Belos, nordeste de Goiás, já está sendo velado na casa de parentes.


Segundo a família, Marizete e o ex-marido, conhecido como Irapuã, estavam casados há mais de 14 anos. No entanto, há cerca de quatro meses o casal teria se separado e ele não aceitava a decisão. Desde então, o rapaz vinha ameaçando a ex-companheira, dizendo inclusive que iria matá-la, para que ela não ficasse com outro homem.  


Ontem, ela foi a um bar no setor Bem-Bom. Irapuã chegou, sentou numa mesa próxima e pediu uma cerveja. Em um dado momento, ele a chamou para uma conversa. Porém, quando ela se aproximou da mesa, Irapuã deu uma pancada na cabeça dela com a garrafa de cerveja  E com o gargalho, a golpeou fatalmente no pescoço. 


Marizete Rodrigues fez aniversário no último dia 20 de setembro e tinha dois filhos:  um adolescente de 13 anos e uma menina de 11 anos, que agora estão órfãos. Desde o crime covarde, Irapuã  fugiu. 


Segundo pessoas próximas, é possível que ele esteja na fazenda do pai, localizada próxima às balsas do rio paranã. A polícia militar continua as diligências iniciadas desde ontem à noite. 


“O assassino Irapuã está foragido. Pedimos que divulguem a foto dele pra que ele seja encontrado, pois os familiares estão sofrendo com a perda e não querem que ele fique impune”, disse uma sobrinha de Marizete.  O sepultamento do corpo será realizado às 17 horas desta segunda-feira (29), no cemitério de Campos Belos.

Terrorista: homem que mantém refém em Brasília é de Combinado (TO). Seria o ex-Secretário Municipal de Agricultura da cidade, Jac Souza



O homem que invadiu um quarto do Hotel St. Peter com ameaças terroristas foi identificado pela Polícia Civil.

O terrorista é Jac Souza dos Santos, que mora em Combinado, sudeste do Tocantins. 

Ele foi secretário de Agricultura da cidade, de 2009 a 2012, e até disputou a eleição para vereador em 2008. 

Jac entrou armado no hotel, algemou um funcionário, que seria um mensageiro, e o vestiu supostamente com um colete com dinamites.

O delegado que comanda a operação diz da possibilidade de ter grande quantidade de explosivos no local. “Não conseguimos confirmar porque não temos contato visual com ele. Pelo que conseguimos observar, ele está sóbrio, mas divaga nas ideias”, afirma.

No momento da invasão, nesta manhã de segunda-feira (29/9), havia 300 pessoas no hotel. De acordo com o cozinheiro-chefe, que não quis dizer o nome, o homem teria feito check-in em dois quartos no 10º andar, por volta das 5h desta segunda-feira. Três horas depois, ele teria invadido o primeiro cômodo. Toda a área próxima ao hotel está interditada. 

O homem bateu nas portas dos quartos e pediu aos hóspedes que deixassem o hotel, pois era uma ameaça terrorista.

O mensageiro do hotel é feito de refém e está vestido com um colete carregado supostamente com dinamites. 


A todo o momento, o suspeito de terrorismo aparece na varanda de um quarto no 13º andar com a arma apontada para o refém.

Fonte: CorreioWeb 

Leia Mais

domingo, 28 de setembro de 2014

Campos-belense é candidato a deputado distrital no DF



Orlando Julio Santa Cruz,  campos-belense e bombeiro civil no Distrito Federal, é candidato a deputado distrital.

Ele é bombeiro há 24 anos e também milita junto à associação da categoria há muito anos. 

Neste domingo (28), Orlando Júlio, que é primo primeiro deste blogueiro, fez campanha em algumas regiões administrativas (cidades satélites) do DF. 

Em Campos Belos, "Orlandão" morava na rua sete de setembro, bem frente ao antigo "pelotão de polícia", e tem como irmãos, entre outros, João Cláudio, Reginaldo, Carmelina e Regilene. 

"Como profissional na área,  conheço bem nossos problemas e nossas luta pelo reconhecimento dos profissionais de Brasília. Conto com o apoio da nossa categoria e familiares", escreveu ele numa rede social.