Banner 1

domingo, 30 de abril de 2017

Combinado (TO): Morre Valmir Fotógrafo, um dos pioneiros da profissão na região


Morreu na manhã da última quarta-feira (26), aos 64 anos, o fotógrafo profissional Valmir do Santos, de Combinado (TO).  

Ele estava internado no Hospital Regional de Arraias (HRA), tratando de uma pneumonia, mas sofreu uma parada cardíaca e não resistiu

O corpo foi velado no Salão Ebenezer da Assembleia de Deus Nova Aliança e seu sepultamento ocorreu no cemitério local de Combinado (TO).

Valmir fotógrafo, como é conhecido na região, é um dos pioneiros no ramo de fotografias em Combinado e atendia toda a região do vale do rio Palmas, onde prestava serviços de fotografias de aniversários, casamentos, fotos para documentos e outros do gênero, registrando para sempre os momentos felizes e importantes de milhares de famílias. 

Valmir fotógrafo perdeu sua mulher há poucos meses e deixa por aqui, dois valorosos filhos, o também fotógrafo Elienay Fonseca do Santos, herdeiro de sua profissão e Vanderly Fonseca dos Santos profissional da área de arte gráfica, serigrafia e comunicação visual. 

Ele também era servidor efetivo da secretária da fazenda do Tocantins, na Agenfa estadual, em Combinado.

Aos familiares e amigos, nossos sentimentos de pesar. Que todos saibam que Seu Valmir deixa um legado de honestidade, trabalho, dedicação e amor à família.  

Fonte: Tribuna do Interior 

Morre Dr. Felipe, desembargador de Goiás e ex-juiz de Campos Belos entre 1970 e 78



Morreu neste domingo (30), em Goiânia, o desembargador Felipe Batista Cordeiro, conhecido carinhosamente no nordeste de Goiás e Sudeste do Tocantins como Doutor Felipe. 

O velório ocorreu na tarde de hoje no cemitério Parque Memorial, localizado na GO-020, km 08, Vau das Pombas, em Goiânia e o sepultamento foi realizado às 18 horas no mesmo local.

Consternada, a Associação dos Magistrados do Estado de Goiás (ASMEGO) manifestou solidariedade para toda a família e se colocou à disposição.

O magistrado é pai do juiz Danilo Farias Batista, a quem a entidade desejou força para superar tão importante perda.

O desembargador Felipe Batista Cordeiro foi vice-presidente do TJGO e corregedor-geral da Justiça do Estado de Goiás. 

Também já presidiu Tribunal Regional Eleitoral. 

Natural de Arraias, hoje pertencente ao Estado do Tocantins, Felipe Batista Cordeiro nasceu em 3 de novembro de 1940.

É filho de Domingos Batista Cordeiro e Ernestina Licínio Cordeiro. 

Formado pela Faculdade de Direito da Universidade Federal de Goiás (UFG), Felipe iniciou carreira na magistratura goiana em 16 de janeiro de 1970, tendo assumido o cargo de juiz de direito da então 16ª Zona Judiciária com sede em São João D’ Aliança e promovido no mês seguinte para Campos Belos onde permaneceu até 1978. 

Na cidade também foi professor, onde ensinou gerações, e diretor de escola pública. Ainda no município é proprietário de uma fazenda, onde costumava frequentar. 

Como magistrado, passou pelas comarcas de Fazenda Nova, Formosa até chegar à capital, em 1986. 

Foi 2º juiz-corregedor e, em 2 de outubro de 1998, assumiu o cargo de desembargador, nomeado por merecimento. Aposentou-se em 2010.

Foi casado com Maria Olívia Farias Cordeiro e são seus filhos: Danilo Farias Batista Cordeiro (juiz substituto), Diogo Farias Batista Cordeiro e Délio Farias Batista Cordeiro, estudantes universitários."

Este Blog e toda a comunidade de Campos Belos se solidariza com a família do Doutor Felipe e agradece imensamente pelo belíssimo legado de honradez, seriedade, dedicação e compromisso público. 

Perdemos, ao 70 anos, o grande Belchior


sexta-feira, 28 de abril de 2017

Humilhação extrema em Campos Belos: Vídeo mostra pedestres sendo atingidos pelo “esgoto” que dobrou a conta de água



Por Jefferson Victor, 

Quando foi anunciada a construção da usina de tratamento de esgoto em Campos Belos, houve uma grande comemoração por parte da comunidade local, já que era um investimento que teoricamente melhoraria a vida de todos.

O período da execução das obras trouxe muitos transtornos aos moradores. 

A empresa responsável construiu as redes de afastamento de esgoto e galerias em época de chuva, e isso prejudicou muito, uma prova evidente da falta de planejamento dos executores e contratantes.

Após a conclusão dos primeiros trechos, veio o lado triste da história. 

A conta de água veio acrescida de 80% de taxa de afastamento de esgoto, e para complicar mais ainda, criaram a taxa de tratamento do esgoto, o que causou estranheza já que o tratamento é biológico e pelo que se sabe os microrganismos não recebem salários, portanto, não justifica essa cobrança adicional.

Há cerca de uns 12 anos, propusemos ao Ministério Público uma Ação Civil Pública, em função da comprovada ineficiência do sistema de esgoto. 

Concluímos que a obra foi mal executada, o encanamento não tinha capacidade de absorver o volume de água e o esgoto jorra facilmente mesmo em períodos não chuvosos.

O promotor da época acolheu o nosso pedido e recomendou que os valores pagos fossem devolvidos em dobro, e que a taxa fosse suspensa até que a Saneago procedesse os reparos necessários ao bom andamento dos serviços propostos.

Não houve uma decisão favorável por parte da justiça. 

Diante da negativa fizemos várias tentativas junto ao MP para que o processo fosse retomado, mas pelo visto optaram pelo arquivamento.

Todo cidadão deste município já presenciou o esgoto jorrando nas ruas.
Hoje excepcionalmente, resolvemos fazer algumas imagens em frente ao San Valey hotel, e o que presenciamos ali é humilhante e estarrecedor.

Três bocas de lobo jorrando ao mesmo tempo e o esgoto escorrendo largamente após a chuva desta tarde. 

Era uma água escura e fedorenta tomando toda pista, dificultando principalmente a vida das pessoas ali trafegavam, já que é uma via muito transitada, é a principal rua da cidade.

Pudemos presenciar carros apressados jogando aquela água imunda nos pedestres.

Presenciamos pessoas, inclusive crianças e idosos atravessando aquela água sem se dar conta que era esgoto, molhavam os pés e eram molhados por carros e motos que passavam sem que seus condutores se importassem com quem atravessava aquele trecho.

Conversamos com algumas pessoas nas imediações, inclusive comerciantes, os quais pediram que fizéssemos uma matéria cobrando melhorias, e que aquela situação é corriqueira com ou sem chuva e que ligações para a Saneago em nada muda aquele cenário.

Segundo eles, o esgoto jorra durante muitas horas, e quando termina deixa uma massa preta mal cheirosa principalmente na porta do hotel, o que requer horas de trabalho para fazer toda a limpeza e que são jogados vários litros de desinfetante como forma de amenizar o mal cheiro.

Saneamento básico é necessário, e o afastamento e tratamento do esgoto é essencial ao bem estar das pessoas, mas infelizmente em Campos Belos é um faz de conta, certamente um pretexto para aumentar a arrecadação por parte da Saneago.

Sempre denunciamos esse fato, o rio Montes Claros virou canal de esgoto sim, e a população ribeirinha, em função da precariedade, consome essa água extremamente poluída, e isso certamente tem disseminado diversas doenças a esses moradores.

Atenção lideranças políticas, senhores vereadores, MP, entidades de classe, vamos unir forças e conscientizar que o problema existe e tem que ser resolvido.

Sabemos que os senhores são conhecedores dessa situação, assistam o vídeo que produzimos e tirem suas próprias conclusões.

Queijo suíço: São Domingos (GO) e sua principal rua




As imagens acima parecem as ruas esburacadas da cidade de Porto Príncipe, a capital do Haiti, o país mais pobre das Américas. 

Mas não, é a Rua Capitão Antônio Carlos, a principal rua de São Domingos, cidade no nordeste de Goiás. 

A pergunta é: por que a prefeitura não toma qualquer ação para, ao menos, minorar o sofrimento e os prejuízos materiais dos cidadãos? 

quinta-feira, 27 de abril de 2017

Criança com microcefalia em Campos Belos (GO) não recebe assistência social, afirma tia


A tia de uma criança nascida com microcefalia e que mora em Campos Belos, nordeste do estado, disse que o caso dela não foi notificado pela Secretaria de Saúde do Município e nem pela Secretaria Estadual de Saúde. 

A microcefalia dela não é proveniente do zika virus, mas a criança precisa de acompanhamento especial e da assistência governamental. 

Mas como a burocracia nesse país é gigante e contra as pessoas, a falta de notificação do caso tem prejudicado a criança, e por não estar no "sistema", não pode receber os cuidados especiais, informa a tia. 

Ela diz que há poucos dias uma agente de saúde a orientou a ir ao CRAS da cidade para conseguir atendimento especial.  

"Não teve assistência nenhuma até agora. E só agora nós não tivemos o conhecimento que ele poderia ter tido a oportunidade de acompanhamento especial e não  teve. Te falei, que fui na secretaria. A única coisa que fizeram foi pegar os dados dele anotar numa folha de papel em branco e mais nada. 

A tia também disse que a ajuda do Estado é essencial, pois pode apoiar no desenvolvimento dela. "Criança com esse tipo deficiência gasta muito com medicamentos, fraldas e alimentos... se ele se desenvolve, não vai gastar tanto. 

Problemas simples como uma gripe, viram um problemão. "Meu sobrinho está gripado. É uma gripe que não acaba. 39 graus de febre, crises que treme o corpo todo. A criança precisa ajuda e de muito assistência. 

Procurada, a Assessoria de Comunicação Social da Prefeitura de Campos Belos disse que iria levantar o problema junto ao CRAS e à Secretaria de Saúde, mas, depois de três dias, não deu nenhuma resposta sobre a situação cadastral da criança e tão pouco o que vai fazer para resolver a situação.

Prefeito é um dos ganhadores da Mega-Sena que pagou R$ 101 milhões


A Mega-Sena pagou R$ 101 milhões na quarta-feira (26), para 20 apostadores que participaram de um bolão. Entre os ganhadores, está o prefeito de São Pedro da Cipa (MT), Alexandre Russi (PR), que levou para casa mais de R$ 5 milhões.

Esse é o sexto maior prêmio da história da modalidade lotérica e o maior desde 2015, em um concurso regular, sem contar a "Mega da Virada".

O político contou que não tem o costume de jogar na loteria, mas apostou porque uma pessoa da lotérica ligou oferecendo o bolão. 

"Eu joguei duas vezes na minha vida, essa semana e um outro sorteio que era da Mega-Sena da Virada, que não ganhei. 

Meu irmão, deputado Max Russi, sempre joga, mas como ele não respondeu a mensagem, a lotérica me perguntou se eu queria comprar um dos quatro bilhetes que restaram do bolão. Passei na lotérica e paguei os R$ 99,22, mas sem acreditar que ia ganhar", explicou.

Alexandre disse que estava em um jantar em Rondonópolis (MT), no momento em que soube que era um dos ganhadores. 

O prefeito também descobriu que amigos e conhecidos compraram o mesmo bolão. 

"Eu estava com um amigo, o ex-vereador Rosandro Andrade, que na hora disse que também tinha comprado o bolão. 

Outros cinco amigos que convivem comigo também ganharam. Conheço todos os ganhadores. Não combinamos de fazer bolão e nem comprar juntos o bilhete da lotérica, mas ontem nos reunimos para comemorar", falou Russi.

Agora milionário, o político informou que vai usar uma parte do prêmio para pagar contas, dividir com a família e o restante vai investir. "Minha rotina não vai mudar muito porque não ganhei sozinho, a região agora tem 20 milionários. 

Como meu irmão não jogou e ele é meu sócio em tudo, vou dividir o prêmio na família. 

Fico feliz em ganhar o prêmio, mas também porque serão R$ 101 milhões que foram divididos e entrarão na economia da região", conclui Alexandre.

Fonte: O popular 

Prefeitura de Alto Paraíso e Polícia Militar lançam Programa Patrulha Rural




Roberto Naborfazan, Especial para o Jornal O VETOR

Em evento bastante concorrido, o comandante da 14ª CIPM, Capitão Josué Cardoso, em parceria com a prefeitura de Alto Paraíso, lançou oficialmente o Programa Patrulha Rural da Polícia Militar, que atuará na zona rural dos municípios de São João D’Aliança e Alto Paraíso.

O lançamento do Programa aconteceu na sexta-feira, 21, na fazenda Brejão, região do Sertão, de propriedade do senhor Giovanni Ricardi, que, ao lado da esposa, Magda, recepcionou autoridades e convidados.

Com o programa a Polícia Militar fará da tecnologia forte aliada no combate aos crimes praticados nas propriedades rurais, a exemplo de furtos e roubos, conferindo mais agilidade nos atendimentos às ocorrências e intensificando a eficiência na segurança rural.

O prefeito de Alto Paraíso, Martinho Mendes, afirmou que, logo no início de seu mandato, em janeiro deste ano, se reuniu com Comandante-Geral da Polícia Militar de Goiás, Coronel Divino Alves, e solicitou um maior efetivo policial na região para atender as demandas tanto na área urbana, quanto na área rural. 

Os trinta Policiais Militares em treinamento na sede do município e a chegada do Programa Patrulha Rural são reflexos do atendimento dessa solicitação. 

Destacou a parceria que a prefeitura desenvolve tanto com a Polícia Militar, quanto com a Polícia Civil, oferecendo, entre outras coisas, alimentação, hospedagem e funcionários para serviços burocráticos.Martinho Mendes enalteceu ainda a forma dinâmica, discreta e de resultados que o Comandante da 14ª Companhia Independente da Polícia Militar, Capitão Josué Cardoso, vem atuando na região. 

“Na inauguração da abertura do desvio da Serra da Laranjeira, um marco para a região do Sertão, trouxemos pela primeira vez um deputado estadual, Iso Moreira, e um  representante de uma deputada federal, Magda Mofatto, nesta parte do município. 

Aqui eles assumiram o compromisso de nos ajudar a trazer melhorias. Isso se confirma agora, quando o governador Marconi Perillo autoriza a recuperação da GO – 239, no sentido Alto Paraíso, Flores de Goiás e Nova Roma, com levantamento do greid e encascalhamento, em toda a extensão da rodovia. 

A chegada da Patrulha Rural, que atenderá as demandas dos produtores e moradores das áreas rurais de nosso município, também são efeitos desses compromissos”, destacou o prefeito.

O Comandante da 14ª CIPM, Capitão Josué Cardoso, agradeceu o apoio e parceria que o prefeito Martinho Mendes tem desenvolvido com a Polícia Militar, agradeceu também ao senhor Giovanni e sua esposa Magda, pela acolhida do evento em sua fazenda. 

“Quero reafirmar aqui que a Polícia Militar estará sempre presente junto aos fazendeiros, aos produtores e moradores das áreas urbanas e rurais dos municípios de São João D´Aliança e Alto Paraíso, buscando assegurar, mesmo com todas as dificuldades, a segurança e a ordem. São dois municípios extensos, cada um com suas peculiaridades. 

Solicitei aos meus superiores, assim que assumi a 14ª CIPM, que me liberasse o Tenente P. Júnior, meu subcomandante, que estava no Policiamento Rodoviário, para nos auxiliar, por ser um grande conhecedor da região e tem contato com as pessoas de bem. 

E é isso que nos queremos, ter contato com as pessoas de bem e expulsar as pessoas que praticam o mal, porque onde a polícia não está, bandido faz a sua casa, e aqui nos os tiraremos de circulação, de uma forma ou de outra. 

A Patrulha Rural atuará com força e tecnologia na proteção do homem do campo. 

Precisamos que o cidadão seja nosso parceiro na ação preventiva. Se notar veículos com indivíduos em atitudes suspeitas, indivíduos, sendo ou não da região, agindo de forma suspeita, acione a Polícia Militar que logo as viaturas da Patrulha Rural se farão presentes. 

Não podemos deixar arrombar porteiras, invadir fazendas e praticar crimes para depois avisar a polícia. Agindo preventivamente somos mais forte. 

Precisamos estar sempre nos comunicando, é com a comunicação que vamos identificando as pessoas que trabalham na região e as pessoas que aparecem com a intenção de praticar o mal. 

Sempre digo em minhas palestras; ladrão, traficante, estuprador, bandidos, só tem dois lugares para eles: a cadeia ou o cemitério.”enfatizou o comandante.

Convite para o empreendedor


A comunidade de Campos Belos, nordeste de Goiás, está convidada para participar do Seminário Sebrae sobre Empreendedorismo.

O evento ocorre no dia 17 de maio, quarta-feira), das 18h30 às 21h30, Rotary Club de Campos Belos, no Setor Aeroporto II.

Serão três palestras com temas de alta relevância para os pequenos negócios, conforme a programação.

- Palestra Conexão Empreendedora, com Bruno e Emerson;

- Palestra Inovação de Alta Performance para Pequenos Negócios, com Igor Montenegro; 

- Palestra E-commerce para pequenos negócios, com Fred Rocha.

Para mais esclarecimentos, entre em contato o Gerente da Regional Nordeste, Cléber Chagas, pelo telefone (62) 3481 9300 e e-mail cleber.chagas@sebraego.com.br.

Rio Bezerra: Abandono e tristeza



"Até quando o nosso único rio pra refrescar nesse calor vai ficar assim ? nunca vi isso antes (BalnearioBezerra)".

Foto: Julio Cesar Bezerra

quarta-feira, 26 de abril de 2017

Crueldade: casal de idosos é assassinado após ter casa da roça invadida




Um casal de idosos foi assassinado no norte do Tocantins na madrugada desta terça-feira (25). 

Joaquim Gomes de Oliveira, de 70 anos e a mulher dele, Maria das Dores Gomes de Oliveira, de 65 anos, foram mortos dentro de casa, em uma chácara na zona rural de Guaraí, norte do estado. 

O homem foi espancado a pauladas e esfaqueado com um facão e a mulher levou um tiro na cabeça. 

A Polícia Militar esteve no local.

A Polícia Civil, que investiga o crime, disse que a casa pode ter sido invadida, já que havia sinais de arrombamento na janela. 

Até o final da tarde desta terça-feira ninguém havia sido preso pelo crime. 

Os corpos do casal foram encaminhados para o Instituto Médico Legal de Araguaína, onde foram reconhecidos por familiares. Ainda não há informações sobre os motivos do crime.

Fonte: g1


Dois candidatos disputam prefeitura de Taguatinga (TO)




A eleição suplementar de Taguatinga (TO) acontece no dia 4 de junho e contará com apenas duas chapas. O segundo colocado no pleito ordinário do ano passado, Altamirano Zequinha Gonçalves (PV), tentará novamente eleger-se gestor do município, tendo João Pereira (PPS) como vice. 

Do outro lado, Lúcio Renato (PSD), ao lado de José Aires (PSC), é quem busca a vaga do Executivo. A campanha terá início nesta segunda-feira, 1º de maio.

Altamirano Zequinha Gonçalves, conhecido como Miranda Taguatinga, fez uma larga composição. 

Além do Partido Verde, outras nove siglas integram a chapa “Unidos por Taguatinga”: PPS, PMDB, SD, PTN, PSB, PHS, PT, DEM e PRB. “Nós tivemos uma grande união de lideranças de vários partidos e fizemos um pacto por uma gestão com muita austeridade”, disse o pevista em breve conversa nesta terça-feira, 25, com o CT.

Miranda Taguatinga se disse preocupado com a situação financeira do município, explicando que o alto número de dívidas do Paço engessou a administração. Por esta razão o pevista reforçou a importância da austeridade. 

“Quero contar com o apoio dos empresários, agricultores, comerciantes, para realmente fazer um choque de gestão. A união [de partidos] não foi para ganhar, mas para ter condições de fazer uma boa gestão”, afirmou.

Em relação ao ex-prefeito Paulo Roberto (PSD) - primeiro colocado no pleito ordinário, mas teve a inelegibilidade confirmada pela Justiça Eleitoral -, Miranda Taguatinga analisa que seu apoio a Lúcio Renato pode prejudicar a candidatura do seu adversário. 

“Cai a máscara com o julgamento. A credibilidade dele ficou bem abalada”, resumiu o pevista, que mesmo assim, ponderou: “Nós temos consciência de que há uma possibilidade boa de vitória, mas sem menosprezar o adversário”.

Sem conversa

Lúcio Renato não quis conversar com o CT por telefone. O candidato apenas revelou que ainda busca o apoio das siglas que resolveram não compor com nenhuma das chapas. Oficialmente, o grupo “A Volta do Progresso” tem PSD, PDT, PMN e o PDT. 

O social democrata ainda afastou a possibilidade de Paulo Roberto prejudicar sua pretensão de chegar ao Paço de Taguatinga. “Vou contar com o apoio dele sim. Não atrapalha em nada. Paulo Roberto não fez nada que possa atrapalhar minha campanha”, garantiu.

Paulo Roberto também afirmou ao CT não ver sua presença no palanque de Lúcio Renato, o Lucin, como algo negativo, pelo contrário. “Vamos apoiar porque a gente tem responsabilidade com a cidade. 

Nós tivemos 3.001 votos. O eleitor quer saber onde eu estou para acompanharem. Vamos ajudá-lo a fazer uma gestão histórica”, disse o social democrata, que vai virar cabo eleitoral de quem foi seu candidato a vice no pleito ordinário do ano passado.

“Quando fui candidato, o Tribunal Regional Eleitoral [TRE] julgou na sexta-feira das eleições. Então, insisto: o resultado saiu antes das eleições. Então, não atrapalha em nada. 

Já fui prefeito duas vezes, tenho uma trajetória de resultado e benefício para o povo. Não tem nada a ver”, acrescentou o ex-prefeito. Paulo Roberto ainda fez questão de questionar a decisão que resultou na sua inelegibilidade.

De acordo com Paulo Roberto, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) não seguiu o entendimento do Supremo Tribunal Federal (STF) de agosto do ano passado, que definiu o Legislativo como o órgão competente para julgar as contas do gestor. “Quem cassa é a Câmara e todos os meus balancetes foram todos aprovados”, defendeu-se. Na época, o entendimento foi encarado como o fim da Lei Ficha Limpa.

Entretanto, conforme o próprio CT repercutiu, o juízo do STF se refere apenas às decisões dos tribunais quanto as tomadas de contas ordinárias, que são responsáveis por julgar o ordenamento de despesas anuais dos gestores. Existe a chamada as apreciações especiais, que tratam dos convênios recebidos pelos prefeitos, que engloba o caso de Paulo Roberto.

Entenda

Um novo processo eleitoral será realizado em Taguatinga porque o primeiro colocado no pleito do ano passado, Paulo Roberto (PSD), teve sua inelegibilidade confirmada no dia 14 de março pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE). 

No fim da eleição, após o fim da apuração, os 3.001 votos recebidos pelo social democrata foram declarados nulos. A Corte Regional já havia considerado o então candidato inapto a disputar o pleito.

Em setembro do ano passado, por 4 votos a 3, a Corte tocantinense acolheu as argumentações da Procuradoria Regional Eleitoral, que entendeu que Paulo Roberto é inelegível devido a quatro acórdãos do Tribunal de Contas da União (TCU) que reprovaram convênios da Prefeitura de Taguatinga com a Fundação Nacional de Saúde (Funasa) entre 1997 e 2004, quando o social democrata era o gestor do município.

Em março deste ano, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) manteve o entendimento da Corte Regional. Todos os magistrados seguiram a relatora do caso, a ministra Rosa Weber, que anotou: 

“Eu nego provimento, reputo prejudicado pedido de efeito suspensivo e também a ação cautelar. E ainda incluiria, senhor presidente, uma comunicação, a meu juízo necessária e imediata ao tribunal de origem, visando a realização de um novo pleito majoritário no município”. 

Fonte: Cleber Toledo 

Multinacional abre 79 novas vagas de emprego em Goiânia


A multinacional Atento anunciou nesta semana, 79 novas vagas de emprego em Goiânia. Os cargos são para operadores e não exige experiência anterior.

Estão sendo oferecidos salário compatível com o mercado e benefícios como vale-alimentação, vale-refeição, auxílio creche, auxílio criança especial, além de todos os benefícios CLT.

A empresa busca profissionais com segundo grau completo, bom vocabulário, boa dicção, fluência verbal, desenvoltura no relacionamento interpessoal, dinamismo, conhecimentos de informática e habilidade em digitação.

A empresa conta ainda conta com parcerias com instituições de ensino em todo País, com descontos em cursos superiores, pós-graduação, MBA, escolas de idiomas e informática.

Os candidatos devem enviar currículo ou e-mail com nome, cidade e telefone com DDD para recrutamento@atento.com.br. O prazo final será até 30 de abril. Mais informações podem ser levantadas por meio do telefone 0800 771 4014.

fonte: O Popular

Assalto: trio é preso com farto arsenal de munição de fuzil AK 47 em Barreiras (BA). Um deles é de Campos Belos (GO)



Foram presos no último dia 24, André de Almeida Lopes, 29 anos, Cassius Fernando da Silva Mendes, 33 anos e Iron Dias Barbosa, 21 anos. 

Sob eles pesa a acusação de terem praticado o roubo de VW Gol nas proximidades do Colégio Enigma, fato ocorrido horas antes, no município de Barreiras, Oeste da Bahia.

De acordo com informações policiais, dois deles chegaram em um veículo Fiat Pálio de placa DEY 5165, cor azul, portando armas de fogo e abordaram uma mulher que estava no VW Gol, no momento em que ela estacionava em frente a escola. 

Após roubarem o Gol, a dupla fugiu tomando destino ignorado.

Assim que a vítima entrou em contato com a polícia militar, um alerta geral da Central foi acionado e guarnições da PM se deslocaram em diligências no sentido de localizar o veículo e prender os autores do crime. 

A prisão ocorreu em uma residência localizada na rua Deputado Amaral Neto, bairro Jardim Ouro Branco.

Foram detidos e conduzido para o Complexo Policial de Barreiras, André de Almeida Lopes, 29 anos, Cassius Fernando da Silva Mendes, 33 anos (contra este há um mandado de prisão em aberto no Estado do Espírito Santo), e Iron Dias Barbosa, 21 anos. 

Com os autores, no interior da casa, além dos dois veículos, foram encontrados sete carregadores do Fuzil de automático AK 47, 221 cartuchos de calibre 7,62, todos compatíveis com o AK 47; um revólver calibre 38, marca Orbea Hermanos, sem numeração, com quatro munições intactas, uma balaclava e três parelhos celulares.

A vítima reconheceu os autores do roubo na DP (11ª Coorpin), onde foi lavrado o flagrante. 

O veículo recuperado, bem como todo material apreendido foi apresentado na Delegacia

Fonte e texto :Blog Douglas Batista/Jornal Nova Fronteira, com informações e fotos da PMBA

segunda-feira, 24 de abril de 2017

Vídeo do dia: rir ou chorar...um cadeirante apressadinho



O esplendor das cavernas de Terra Ronca


 

O “ronco” das águas no interior das cavernas deu nome ao Parque Estadual Terra Ronca, localizado nos municípios de São Domingos e Guarani de Goiás, na divisa de Goiás com a Bahia. 

A paisagem do Cerrado e a Serra Geral de Goiás, com trilhas, veredas, rios e cachoeiras completam o cenário de um destino encantador de ecoturismo localizado a 600 quilômetros de Goiânia e 400 quilômetros de Brasília.

Para quem busca as belezas escondidas nas entranhas da terra, a região ainda é pouco explorada pelo turismo, mas muito pesquisada por geólogos, biólogos e espeleólogos que já localizaram centenas de cavernas. 

São cavernas “secas” e “molhadas”, muitas delas atravessadas pelos rios que cortam o parque. Um misterioso e sombrio mundo subterrâneo revelado aos visitantes pela luz das lanternas, tendo o auxílio de condutores experientes.

Os pontos de apoio das expedições que visitam o parque são as cidades de São Domingos e Guarani de Goiás, onde é possível chegar pelas estradas asfaltadas que partem da BR-020, principal ligação entre Brasília (DF) e Barreiras (BA). 

Uma estrada de terra com 70 quilômetros interliga as duas cidades nas extremidades do parque. 

A maioria dos atrativos fica na metade desse caminho, na altura do povoado de São João Evangelista, que também oferece hospedagem, alimentação e condutores locais autorizados a entrar nas cavernas.

A Agência de Notícias do Turismo acompanhou, durante três dias, a aventura de turistas de Brasília, Goiânia, São Paulo e João Pessoa pelos encantos da região. 

Coincidentemente, o cenário que lembra as narrativas do clássico de Guimarães Rosa, Grande Sertão Veredas, foi o mesmo da viagem de Rúbia Guimarães Rosa. A paulista, que trabalha numa editora de livros ficou encantada com o esplendor subterrâneo de Terra Ronca.

A exuberância escondida no interior das cavernas de Terra Ronca foi esculpida por rios subterrâneos durante mais de 600 milhões de anos. Além da água corrente sob a terra, os cenários, decorados caprichosamente pela ação da natureza, são deslumbrantes. 

Os tesouros subterrâneos de valor inestimável, foram formados a partir do gotejamento no teto, gerando esculturas tanto de cima para baixo (estalactites), como de baixo para cima (estalagmites). 

Essas frágeis estruturas, conhecidas como espeleotemas, levam milhares de anos para serem esculpidas e na maioria das cavernas sua visualização requer o uso de lanternas. A luz artificial revela formas que lembram flores, fungos, colunas, castelos, bolos, anjos, cortinas e imagens sacras, entre outras.

As cavernas mais visitadas são: Terra Ronca, Angélica, São Mateus, São Bernardo, São Vicente e Lapa do Bezerra. 

A que deu nome ao parque está dividida em duas partes por causa de um desmoronamento. Terra Ronca I é a mais visitada e exuberante com entrada de 96 metros de altura por 120 de largura. 

Salões esplendorosos chegam a mais de 700 metros de comprimento por 100 de largura.

A travessia do rio da Lapa, com água na cintura, leva os turistas a outra extremidade da caverna, Terra Ronca II, com 120 metros de boca e caminhada de 1 quilômetro pelo seu interior. 

O Oco das Araras é margeado por uma dolina (espécie de cânion) de 80 metros de altura. Os visitantes ainda se deparam também com o Salão dos Namorados, adornado por colunas de estalactites, estalagmites, ninhos de pérolas calcárias, flores de aragonita e calcita que lembram porcelana.

A caverna Angélica está entre as mais belas e maiores do Brasil. A travessia completa, de 14 quilômetros, com pernoite em seu interior, leva 24 horas seguindo o curso do rio Angélica.

Na visitação turística regular, os salões inferior, superior, dos espelhos e das cortinas são as maiores atrações. Já a caverna São Bernardo se destaca pelo Salão das Pérolas esculpidas pela água.

A caverna mais radical é a de São Vicente e é possível acessá-la por uma descida de rapel. O rio São Vicente corre no interior da caverna formando 12 cachoeiras. O fenômeno é muito raro. 

A paisagem interna conta com muitos salões adornados pelos espeleotemas. Já a caverna São Mateus é acessada por uma fenda estreita, quase invisível, após uma descida íngreme. Vencidos os obstáculos, o visitante se depara com a fragilidade das suaves formações internas em meio a escuridão de imensas salas e galerias que lembram catedrais.

PEIXE RAMIRO - Entre os seres que vivem na escuridão estão os bagres cegos e albinos que se adaptam ao ambiente sem luz. 

O peixe é um exemplo da diversidade e do patrimônio genético de Terra Ronca que, juntamente com a beleza espeleotemática e os rios subterrâneos que fazem do parque um espetáculo da natureza, justificam a necessidade de preservação permanente do ecossistema.

Seu Ramiro Hilário dos Santos, de 58 anos, é uma espécie de guardião do parque. 

Batizado e casado em um pequeno altar na entrada da lapa de Terra Ronca, onde ocorre todos os anos a festa do Bom Jesus da lapa, no dia 6 de agosto, ele também emprestou seu nome de batismo para o nome cientifico da variação do peixe cego de Terra Ronca. 

Uma homenagem, tanto pela indicação do peixe aos cientistas que catalogaram a nova espécie de bagre, como pela descoberta de boa parte das cavernas já mapeadas pelos espeleologistas.

Fonte: Governo de Goiás 

Morre a ex-primeira dama de Goiás Sônia Célia Santillo


Morreu, na madrugada desta segunda-feira (24), ao 78 anos, a ex-primeira-dama de Goiás, Sônia Célia Santillo. Ela era viúva do ex-governador e ex-presidente do Tribunal de Contas do Estado de Goiás (TCE-GO), Henrique Santillo.

Sônia sofria de problemas respiratórios e estava há pelo menos uma semana na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Neurológico, em Goiânia, onde morreu. O corpo será velado a partir das 9h, no Cemitério Vale do Cerrado, na Rodovia dos Romeiros.

Quando primeira-dama, nos anos de 1987 e 1991, Sônia esteve à frente de diversos programas de assistência social, principalmente com foco em moradia popular e distribuição de alimentos. Sônia deixa cinco filhos.

Moro fala sobre o projeto de lei de "abuso de autoridade"



Juiz considera trauma psicológico e absolve homem detido com arma ilegal

Imagem ilustrativa 
O juiz Eduardo Perez Oliveira, da comarca de Fazenda Nova, absolveu Denys Ronnie da Silva Melo, detido portando uma arma ilegal, carregada com munições e com numeração raspada. 

Para o magistrado, o acusado adquiriu a arma após ter passado por uma situação traumatizante, tendo recebido um tiro no rosto e outro na mão durante um assalto, em Aparecida de Goiânia.

De acordo com a denúncia, em janeiro de 2016, Denys foi abordado pela polícia, na Rodovia GO-418, no município de Fazenda Nova, e em seu carro foi encontrada uma arma de fogo com numeração raspada. 

O Ministério Público do Estado de Goiás (MPGO) pediu a condenação do acusado, pelo crime de portar arma de fogo sem autorização e em desacordo com determinação legal ou regulamentar.

Eduardo Perez Oliveira confirmou a materialidade do delito de portar arma de fogo, assessório e munições de uso restrito, que restou devidamente comprovada pelo auto de prisão em flagrante delito, auto de exibição e apreensão e pelo laudo de exame pericial. 

Da mesma forma, a autoria foi comprovada por meio dos depoimentos e da confissão espontânea do réu. Além disso, o juiz considerou que Denys é penalmente imputável, não existindo nos autos provas de que ele não possua capacidade psíquica de entender o caráter ilícito do fato. Contudo, explicou que existe um elemento excepcional no caso.

O magistrado apontou que o acusado passou a deslocar-se com a arma de fogo após ter sido vítima de um roubo, que quase o levou à morte, pois o assaltante atirou em seu rosto. 

"É certo que era uma arma ilegal, com numeração suprimida, e, além de tudo, adquirida de forma claramente ilícita. No entanto, é preciso considerar três elementos: o estado mental do acusado, a insegurança pública e a burocracia escorchante do país quanto à aquisição de armas e seu respectivo porte", disse Eduardo.

Ainda, ponderou que Denys possui trabalho fixo, sem antecedentes criminais. Apesar de o crime ter acontecido em 2014, submeteu-se a tratamento psiquiátrico até data próxima ao flagrante. 

“Da própria abordagem feita vê-se que o acusado não possui qualquer traquejo criminoso, informando a polícia de plano sobre a arma em seu veículo, sequer buscando ocultá-la”, entendeu o juiz. “Ora, está-se diante de um nítido caso de inexigibilidade de conduta diversa pela alteração psíquica decorrente do crime de que foi vítima”, continuou.

Impacto Psicológico

O magistrado observou que o acusado é um vendedor, com família constituída e uma vida comum. Levantou a questão de que uma pessoa, com uma vida ordinária e sem contato com a criminalidade ou a violência, sofre impacto psicológico ao ser vítima de um incidente como o deste caso.

Afirmou que o Denys estava fora de si ao adquirir uma arma de fogo, de forma ilegal e de procedência duvidosa, no intuito de se proteger, uma vez que não sabia manuseá-la e não possuía treinamento específico. 

“Com as portas fechadas da segurança e da burocracia estatal, com o desamparo a que o Brasil deixa as vítimas dos crimes, um estado que, com sua passividade, é cúmplice, o acusado, transtornado, adquiriu uma arma de fogo”, criticou Eduardo Perez Oliveira.

Ao final, concluiu que não se afigurou presente a culpabilidade do acusado, afastando sua condenação. Informou que o seu crime foi consequência do trauma causado a ele, em seu local de trabalho, ao ser alvejado na cabeça e na mão por criminosos. 

Apesar disso, disse que a arma adquirida continua sendo ilícita e será levada para destruição. 

Promotor quer aumento da pena de 14 anos de prisão de homem que cometeu feminicídio em Vila Boa, em Flores de Goiás


O primeiro julgamento pelo crime de feminicídio ocorrido em Vila Boa, distrito judiciário de Flores de Goiás, condenou Adilton Cunha a 14 anos de prisão, neste mês, em sessão do Tribunal do Júri presidida pelo juiz Marcelo Batista. 

O promotor de Justiça Asdear Salinas Macias, responsável pela acusação, adianta que, em razão das circunstâncias que envolveram o caso, que chocou toda a comunidade, vai recorrer visando aumentar a pena do condenado. 

O homem matou uma jovem de 18 anos, filha de sua ex-companheira, com diversas marteladas na cabeça, crime cometido inicialmente pelas costas e na presença do irmão da vítima, de apenas 2 anos.

A denúncia foi oferecida em 2015 pelo promotor de Justiça João Paulo Cândido Oliveira, na comarca de Flores de Goiás. 

Conforme sustentado pelo MP, antes do crime, Adilton manteve um relacionamento amoroso conturbado com Rosângela Carvalho, mãe de Karina Carvalho Leite, por cerca de um ano, período em que já havia ameaçado de morte a companheira. Mesmo depois de mudar para a casa de um amigo, ele ainda continuou a frequentar a casa da ex. 

Conforme apurado, no dia 1° de agosto de 2015, Rosângela saiu para trabalhar e deixou o filho mais novo na companhia de Adilton, afirmando que só voltaria no outro dia. 

Por volta das 19 horas, Karina, então, foi dar banho no irmão e acabou se alterando com o menino, sendo interrompida por Adilton, em que disse que ele mesmo terminaria a tarefa. 

A vítima não aceitou a intervenção, alegando que ele não era o pai do menino e passaram a discutir. Adilton, então, pegou um martelo na gaveta da cozinha e, no momento que a adolescente virou de costas para ir até o quarto, deu um golpe na cabeça da vítima, que caiu no chão. 

Apesar de machucada, ela conseguiu se levantar, mas Adilton voltou a atacar, desferindo várias outras marteladas na cabeça da moça.


Agonizando, Karina foi para o quarto, tentando se apoiar num guarda-roupas, caindo novamente. Neste momento, Adilton foi para o banheiro levar um brinquedo para o menino e, ao retornar, continuou a golpear a jovem, até ser interrompido pelo garoto. 

Na sequência, o homem terminou de dar o banho no menino e tirou a roupa que estava vestido, colocando-a num cesto. Nessa movimentação, acabou sujando um lençol que estava no local, revelando ter sido o autor do feminicídio.


Por volta das 20 horas, ele deixou a casa na companhia da criança, ficando na rua até aproximadamente as 22 horas, quando resolveu levá-lo para a casa do amigo onde estava morando nos últimos tempos, deixando-o lá. Em seguida, fugiu. 

Fonte: MPGO 

Seduce anuncia aumentos de até 34% para professores em Goiás e criação de vale-alimentação de R$ 500


Divulgado em março pela Secretaria de Educação, Cultura e Esporte (Seduce), o Governo de Goiás confirmou nesta segunda-feira (24) aumentos salariais de 7,64% para todos os professores efetivos, de 21% para os servidores técnico-administrativos e de 34% para os temporários. 

Além dos reajustes, a Seduce também anunciou a criação de vale-alimentação de R$ 500 mensais e a confirmação do concurso público para 1.000 vagas, para a contratação de 900 professores e 100 servidores técnico-administrativos. 

Durante a reunião, realizada no Palácio Pedro Ludovico Teixeira (PPLT), o governador Marconi Perillo afirmou que o conjunto de benefícios para a educação inclui ainda aumento de 20% nos recursos destinados à aquisição da merenda escolar, concessão da Gratificação por Dedicação em Período Integral (GDPI) para os professores das escolas em regime de tempo integral e aumento de 58% no valor do Pro Escola (programa de custeio de reformas e reparos emergenciais das unidades de ensino).

Dessa forma, com o aumento de 7,64% concedido pelo Governo de Goiás, a remuneração básica em Goiás, para jornada de 40 horas semanais, fica sendo para P1 de R$ 2.313,10 à R$ 2.604; P2 de R$ 2.382,71 à R$ 2.683,32; P3 de R$ 3.126,35 à R$ 3.520,78; e P4  de R$ 3.524,96 à R$ 3.969,68 mais os chamados penduricalhos. Para termos comparativos, o piso nacional pago a professores é de R$ 2.298,80.

As medidas incluem ainda outra reivindicação da categoria: o fim do chamado quadro docente transitório, com a inclusão de todos os professores que estavam nessa faixa no quadro P3 (professores com ensino superior).

"É um dia histórico para a Educação de Goiás, resultado dos esforços que fizemos para manter as obrigações do Estado em dia durante a crise econômica nacional, e a reafirmação de nosso compromisso com a educação pública estadual", disse Marconi.

Participaram da reunião de anúncio das medidas a presidente do Sintego, Bia Lima, o vice-governador José Eliton, a titular da Seduce, Raquel Teixeira, o subsecretário de Educação de Goiânia, Marcelo Ferreira de Oliveira, e o secretários da Fazenda, Fernando Navarrete, e da Casa Civil, João Furtado. "Reconhecemos que o momento é de dificuldade, mas estamos aqui para agradecer a decisão de conceder esses benefícios. 

O governo estadual está valorizando a educação pública no Estado, se mostrando sensível aos pleitos dos servidores", disse a presidente do Sintego.

"Esse é um momento histórico e nossas palavras são de gratidão ao governador, que anunciou as medidas. Gratidão ao governador, que dentro de todas as adversidades, conseguiu encontrar caminhos para que os servidores da educação fossem valorizados na tarefa de transformar as pessoas e o País", disse a secretária da Educação.

Raquel afirmou que a equipe econômica do Governo de Goiás fez todos os esforços para viabilizar os recursos que custearão os benefícios. "Reafirmamos nossa gratidão ao governador, ao vice-governador, à equipe econômica do governo e ao Sintego, que tem sido parceiro, a equipe técnica da Educação. Este Estado tem na Educação Pública a máxima prioridade", disse Raquel.

Concurso 

O edital do concurso público para professores e administrativos com 1.000 vagas, sendo 900 para profissionais de matemática, química e física e 100 para o quadro administrativo, deve ser publicado até o próximo mês de junho.

A expectativa no governo é de que o certame seja a solução para o Quadro Transitório do Magistério. Ainda segundo a secretária, esse é o primeiro passo para resolver a questão dos contratos temporários. Além das vagas, também foi divulgado o reajuste salarial dos temporários para corrigir a inflação.

O último concurso público da Seduce foi realizado em 2010 pela Universidade Federal de Goiás (UFG). Foram oferecidas, na época, 5.581 vagas para as disciplinas de biologia, física, química, matemática, sociologia, história, filosofia, geografia, pedagogia, educação física, inglês, português, espanhol, intérprete de Libras, instrutor de Libras, artes visuais, música, dança e teatro.

De acordo com o edital do concurso de 2010, o salário para 20h era de R$ 677,05, para 30h de R$ 1.015,57 e para 40h de R$ 1.354,09.

Fonte: O Popular

Cidadania e o bom serviço público de transporte de passageiro


"Ora vejamos, sempre utilizei os serviços dessa linha há anos e a maior intriga era o cartel das empresas que monopolizavam as linhas, na Região do Nordeste Goiano.

Em 2005, a empresa com concessão exclusiva da linha até Goiânia (GO), NÃO disponibilizava o horário diurno para viagens, apesar de todas as reclamações junto a ouvidoria da empresa, reivindicações e assaltos, principalmente nos feriados. 

Cidadãos comuns eram executados, coagidos e humilhados durantes esses assaltos, ninguém conseguia viajar sossegado. 

Os mais disponíveis, iam para Brasília (DF) de dia, com outra empresa e na Rodoferroviária (DF), seguiam com outra empresa para Goiânia. Nessa época, o medo assombrava a todos. 

Portanto a empresa era irredutível a disponibilizar o horário diurno. 

Só ocorreu a disponibilização desse horário diurno, quando um Juiz, que respondia pela Comarca de Campos Belos, estava entre os passageiros e sofreu um assalto na madrugada, bem como no mesmo período, em outro assalto, os criminosos identificaram um policial civil, lotado no município de Cavalcante, e o executaram friamente na frente dos demais passageiros.

Quem já não ficou na estrada por falhas mecânicas desses ônibus sucateados, dessas empresas únicas com concessão (Goiânia e Brasília)? Eu recordo de três vezes que fiquei, com os demais passageiros esperando por socorro. 

Relato que, viajo com ambas empresas e não registro reclamações em relação a cortesia, gentileza, porque para viajar a 650 km (Goiânia) e 400 km (Brasília), conforto e segurança é o que prezo.

Ficar na cabine com os motoristas, conversar durante a viagem e ou pedir para parar em locais fora dos pontos, não é sinônimo de cortesia. 

Quer reclamar do banheiro, passageiros importunos, ar-condicionado e outros itens? Faça-os nas paradas obrigatórias, diretamente com os motoristas e junto as ouvidorias da empresa e da ANTT. 

A matéria é bem clara e trata-se de transporte coletivo. Aos passageiros que querem favoritismo e exclusividade, indica-se os serviços de lotação e táxi.

Essas conquistas se dão a livre concorrência do mercado e têm muita saliva, sangue e mídia. 

Ainda deve ser comemorada e aplaudida por todos os cidadãos que lutaram individualmente e coletivamente, para melhorar a qualidade dos serviços prestados, no transporte coletivo na Região do Nordeste Goiano."

Por Nádia

Dilma sabia da corrupção desenfreada, informa revista



"Mônica Moura confirmou em seu depoimento a Herman Benjamin que negociou diretamente com Dilma Vana Rousseff, então presidente do país, os repasses por meio de caixa dois para a campanha da petista à reeleição", informa a Veja.

População vai às ruas em homenagem ao ex-prefeito Filoneto José dos Santos



Centenas de pessoas compareceram à frente da casa de Filoneto José dos Santos, na tarde do último sábado (22), em Divinópolis de Goiás, para prestar as últimas homenagens ao ex-prefeito da cidade, por quatro mandatos.

Em frente à casa do ex-prefeito, orações foram feitas pela população. Muitas pessoas se emocionaram. A maioria delas estava com roupas brancas.

Em seguida, foi feita uma caminhada pelas ruas da cidade. Pessoas à pé, à cavalo, motos e carros. Um carro de som tocava músicas, principalmente  ‘Nossa Senhora’, durante o trajeto.

Em frente à prefeitura municipal, a população novamente fez orações.

“Chorar o choro de despedida, de tristeza, das saudades que nos deixa, na certeza de que Filoneto sempre estará presente em nós” Disse um morador bastante emocionado.

O velório do ex-prefeito e o sepultamento do ex-prefeito ocorreram em Goiânia, no cemitério Jardim das Palmeiras.

Com informações de Antônio Carlos 

Bandidos especializados em instalação de "chupa-cabra" são presos em Alvorada do Norte (GO)




Três homens foram presos suspeitos de integrar uma quadrilha especializada em instalar equipamentos de clonagem de cartões de crédito e débito.

A prisão ocorreu na manhã da última sexta-feira (21), no município de Alvorada do Norte, no nordeste goiano.

De acordo com o comandante da base do COD da Polícia Militar (PM) do município de Posse, Tenente Richardson, as equipes se deslocaram até Alvorada após denúncias feitas por funcionários do sistema de monitoramento do banco Bradesco, que desconfiaram de dois indivíduos que teriam instalado o equipamento conhecido como “chupa-cabra” em um dos caixas eletrônicos da agência.

A quadrilha utilizava um veículo modelo Hyundai HB20, que foi localizado na região central da cidade. Dentro do automóvel os policiais flagraram Diego Rafael Gomes dos Santos, de 20 anos, e Rodrigo Luciano da Silva, de 22, que confirmaram a ação criminosa.

A dupla informou aos policiais que um terceiro indivíduo, Wilcon Flávio Pereira Lopes, de 26 anos, apontado como instalador dos equipamentos, estaria hospedado em um hotel em Alvorada do Norte, na Avenida Bernardo Sayão Carneiro de Araújo.

No quarto do hotel, estabelecimento onde os suspeitos teriam se hospedados por várias vezes, os PMs encontraram Wilcon, que já tem passagem por estelionato, dois equipamentos "chupa-cabra", um notebook e diversos cartões de memória para armazenar os dados das vítimas correntistas.

Os policiais levaram os suspeitos até a agência bancária onde estes desmontaram o equipamento que havia sido instalados.

O trio foi preso em flagrante e conduzido à delegacia de Polícia Civil de Posse, onde foram autuados por estelionato. Um inquérito deverá ser aberto para identificar as vítimas dos criminosos.

Fonte: Portal 730