segunda-feira, 13 de agosto de 2018

Campos Belos (GO): curso capacita cidadãos para combate e prevenção de incêndios florestais





Nos últimos dias 7 e 8 de agosto, o Corpo de Bombeiros Militar de Goiás, em parceria com a Prefeitura de Campos Belos, ministrou uma série de treinamentos de capacitação em prevenção e combate a incêndios florestais. 

O curso teve duração de 12 horas aula e contou com a participação de 4 brigadistas a serem contratados pela prefeitura e 26 voluntários civis moradores de Campos Belos. 

Os principais objetivos são capacitar os participantes para fazerem campanhas educativas e palestras na região para a conscientização a população acerca dos riscos, danos e prejuízos do fogo em vegetação, bem como para realizar o monitoramento da região e assim se possa detectar focos de incêndio e realizar o combate ainda na sua fase inicial, antes que o fogo se espalhe e tome proporções maiores.

O treinamento foi dividido em duas etapas: teórica e prática, sendo prevenção e combate à incêndio florestal, primeiros socorros aplicados às ações florestais e manuseio de extintores.

A cidade é pioneira na implantação do Projeto: Brigada Florestal Mista e a partir de agora estará apta a dar os primeiros combates na cidade de Campos Belos e entornos que a muitos anos vem sendo assoladas por constantes queimadas neste período do ano.

Além do Corpo de Bombeiros, parceiro fundamental para a execução do projeto,o apoio da Polícia Militar, Conselho de Segurança e Ministério Público de Goiás, via Promotoria de Campos Belos.











Em Flores de Goiás, homem armado de faca estupra a própria mãe e é preso pela PM



A Polícia Militar, por intermédio do sargento Eduardo, soldado Phavieiri e soldado Teles, prendeu, na noite de ontem (12), um homem de 24 anos, acusado de estuprar a própria mãe na cidade de Flores de Goiás, nordeste do estado. 

A mãe do acusado, uma mulher de 49 anos, relatou aos policiais que o seu filho chegou em sua casa, por volta das 06h, totalmente transtornado e armado com faca, dizendo que teria relações sexuais com ela. 


Logo em seguida, segundo a polícia, o autor consumou o ato, após colocar a faca contra a garganta da mãe e exigir que ela tirasse a roupa.

Após o crime, o rapaz fugiu do local, mas foi localizado pelos policiais em uma estrada vicinal. Ele foi encontrado em aparente efeitos de drogas e com a arma utilizada no estupro.

Uma segunda vítima do homem se apresentou e relatou que o mesmo homem havia entrado em sua residência, por volta das 05h do domingo (12), e tentado realizar o ato sexual contra a vontade dela. 

No entanto, a vítima conseguiu fugir pulando a janela de sua casa e o autor fugiu logo em seguida.

Diante de todas as informações, o acusado foi conduzido ao CIOPs de Formosa, onde foi autuado em flagrante delito.

Com informações de Elias Alves e de "Ocorrências Policiais"

Jovem mata o pai e fere a mãe a facadas dentro de casa


Um jovem de 23 anos matou o pai e feriu a mãe a facadas na Colônia Agrícola Samambaia, em Vicente Pires (DF). 


O crime aconteceu por volta de 1h30 desta segunda-feira (13/8). Após o ataque, as vítimas se trancaram em um quarto e chamaram a Polícia Militar, que foi até local e acionou o Corpo de Bombeiros. 

O casal foi socorrido e levado ao Hospital Regional de Taguatinga, mas o homem não resistiu aos ferimentos e morreu.

Segundo a Divisão de Comunicação da Polícia Militar (Divicom), em depoimento, a mãe afirmou que o filho já havia causado diversos problemas e chegou a ser expulso de casa, mas acabou acolhido pelos pais novamente. 

Ainda de acordo com a mulher, o filho seria praticante de "magia negra, feitiçaria e bruxaria" e, ao atacá-los, teria dito: "Eu amo vocês, mas eu tenho que fazer isso".

Mesmo diante do pedido do casal para o filho não os ferisse, o rapaz esfaqueou o pai diversas vezes e, em seguida, partiu em direção à mãe, esfaqueando-a no rosto, no pescoço, no braço e na barriga. A mãe concluiu o relato dizendo que acredita que a intenção do filho era mesmo matar os dois.

Também de acordo com a Polícia Civil, durante a prisão, o indiciado não falava com clareza, pronunciando palavras inaudíveis, o que tornou impossível concluir o interrogatório policial.

Ele responderá por tentativa de homicídio e homicídio, ambos qualificados por motivo torpe e traição, emboscada, ou mediante dissimulação ou outro recurso que dificulte ou torne impossível a defesa do ofendido.

Fonte: Correioweb

A despedida de Dona Maria Francisco, de Monte Alegre (GO)


É com pesar que noticiamos o falecimento da avó do soldado da Polícia Militar de Goiás J. Santos, Dona Maria Francisco dos Santos, aos 94 anos.

Ela era uma das mais velha assembleiana de Monte Alegre de Goiás.

O velório e homenagens fúnebres ocorreram neste domingo, em Monte Alegre, assim como o sepultamento.

À família da Dona Maria Francisco e à comunidade do município, os nossos mais sinceros votos de pesar, oportunidade na qual redemos nossas homenagens a esta brasileira que partiu, mas deixou um lindo legado de amor e carinho. 

Imagem do Dia: Canabrava valorizando a cultura afro




Escola Zulmira, de Canabrava, Arraias (TO), exaltando a beleza Afro das alunas e da professora Elizete.

Pedro Chaves será o coordenador geral da campanha de Daniel Vilela


O deputado federal Pedro Chaves (MDB) foi escolhido para ser o coordenador-geral da campanha de Daniel Vilela (MDB) ao governo de Goiás. 

“Pedro é um político experiente, respeitado e que conhece Goiás como poucos. Vai contribuir muito com o nosso projeto eleitoral”, disse o candidato a governador.

Daniel Vilela destaca o perfil municipalista de Pedro Chaves no exercício dos seus mandatos parlamentares e lembra que ele chegou a ser eleito no início do ano, pela Confederação Nacional dos Municípios (CNM), o deputado mais municipalista do País. 

“Como um dos principais objetivos do nosso projeto é um governo que dê mais atenção aos municípios, com políticas regionais de desenvolvimento, o perfil do Pedro agrega ao dar essa caráter municipalista à própria campanha”, completa.

Pedro Chaves chegou a se colocar como pré-candidato ao Senado na chapa emedebista e teve seu nome aprovado na convenção do partido, mas abriu mão da vaga para o colega de partido Agenor Mariano. O outro candidato ao Senado pela coligação é o ex-prefeito de Senador Canedo Vanderlan Cardoso (PP).

“Conheço o Daniel há muitos anos e sei da sua capacidade e do seu empenho para construir um novo momento político para Goiás. 

A renovação representada pelo Daniel é o que nosso Estado precisa e por isto recebi com muita honra esta missão”, afirma Pedro Chaves.

Fonte: Mais Goiás

Rio Azuis, uma maravilha do Tocantins



Segundo o IBGE Tocantins tem um área de 277.621 km², e nesta área tem atrativos turísticos dois grandes rios, o Araguaia e Tocantins que deu nome ao estado do Tocantins, em Tupi-guarani significa de forma literal “nariz de tucano” (tukan-tin). 

Mas saiba que este não são os únicos rios com biodiversidade e atrativos turístico, no sudeste do estado existe um pequeno rio, que já foi catalogado no livros dos recordes “Guinness World Records”, como menor do mundo, o Rio Azuis.

Com aguas límpidas, transparentes e de temperatura ideal para banho é ponto de diversão frequente para os habitantes da cidade de Aurora do Tocantins e Taguatinga do Tocantins.

Ele é realmente pequeno, formando seu leito de margens curtas aproximadamente 147m (cento quarenta e sete metros) é catalogado igualmente como menor da América do sul, e o terceiro menor do mundo.

O pequenos oásis em meio a cerrado, é frequentemente visitado por brasilienses, além dos habitantes do norte de Goiás. 


Muitos tocantinenses desconhecem a existência deste belo local, e sua potencialidade e provavelmente uma das portas de entrada para Estação Ecológica Serra Geral do Tocantins, e atualmente em estudo por empresas estrangeiras para implementação de turismo.

A primeira pergunta que vem a cabeça dos turistas é: Onde ficar?A infraestrutura para o turista fica resumida em pousadas disponíveis na cidade de Taguatinga, por ser um pouco maior esta oferece melhor conjunto de estadia.

Para chegar aos Azuis e a comunidade que o cerca, são 24km (Vinte e quatro quilômetros) pela TO-110 tendo pavimentação asfáltica ao local e sinalização em direção ao balneário.

Mergulhar no rio é uma sensação gostosa, águas transparente e de cor azulada devido aos minerais presentes, ideal para passar um final de semana aproveitando ao máximo do lugar, e é excelente para família e crianças. 


Alguns restaurantes nas proximidades dão ao turista um pouco da culinária tocantinense, regadas a peixes, carnes e massas além do shop gelado.

Atualmente cobra-se uma taxa ambiental para acesso a atração, assim como estacionamento, vá prevenido com dinheiro caso tenha problemas com cartão na região, por estar afastado de centros urbanos.

A colaboração do turista é aconselhável, não jogando lixo nas margens ou dentro do rio, estacionar em local apropriado e não jogar alimento aos peixes.

Rio Azuis é um dos tantos sítios ecológicos com potencial para o turismo, aliados a outras atrações da região como “Córrego Escorrega”, Cavernas e balneários da cidade de Aurora do Tocantins.

Fonte: O Girassol

Em documentário, André D’Elia retrata Chapada dos Veadeiros e o risco de extinção do Cerrado


Em 2017, depois de ser atingido pelo maior incêndio de sua história, o Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros ganhou os noticiários. 

Desde muito antes o cineasta, e ativista, André D’Elia já acompanhava, mesmo de forma relativamente rasa, as transformações do local, mantendo os olhos atentos a degradação do Cerrado, segundo maior bioma da América do Sul.

O engajamento do diretor nas causas ambientais acabou fazendo com que seu caminho se cruzasse com o da Fundação Mais Cerrado e que do encontro nascesse o projeto da realização de um documentário.

Agora, três anos depois, Ser Tão Velho Cerrado faz sua estreia nacional. 

O filme, cuja distribuição é fruto de um financiamento coletivo, é destaque da programação semanal do Cine Cultura, e pretende contar, em menos de duas horas, uma história de 40 milhões de anos.

Com um tom didático e bastante acessível ao público, a intenção do longa é conscientizar o espectador sobre a importância do bioma, que cobre todo a região da Chapada dos Veadeiros, além de dar voz a quem veste a camisa da luta em prol da preservação do meio ambiente.

Integrante do chamado Cinema Pedrada, estilo independente que aborda questões socioambientais buscando desencadear ações e mudanças, não é de hoje que André usa a câmera de maneira política. 

Em 2012, ele dirigiu Belo Monte, Anúncio de uma Guerra, documentário que registrou os danos ocorridos nos arredores do rio Xingu, onde fica localizada a usina hidrelétrica de Belo Monte, em Altamira. 

Em 2015, veio A Lei da Água - Novo Código Florestal, filme que mostrava os impactos da lei sobre a floresta e, consequentemente, sobre a vida de cada cidadão.

Partes fundamentais

Os personagens principais de seu novo filme são os próprios moradores da Chapada dos Veadeiros que apontam as mudanças pelas quais a região vem passando nas últimas décadas. 

Os depoimentos abrem espaço para as falas de especialistas em uma espécie de costura do diálogo entre comunidade científica, agricultores familiares, grandes proprietários de terra e defensores do meio ambiente. 

“O filme tem muita urgência em chegar às pessoas. Elas precisam ver o desmatamento que segue a passos largos e ouvir o que as comunidades tradicionais têm a dizer”, defende André.

Ele defende a criação de um debate acerca de uma política agrária e agrícola mais condizente com as necessidades e com a vocação ecoturística do Brasil. 

Assim em uma espécie de visita guiada pela biodiversidade da Chapada, o que André apresenta é um filme-denúncia, tratando de questões como a importância hídrica do Cerrado, seu potencial farmacológico e alimentar, os aspectos culturais relacionados ao bioma e as discussões sobre o Plano de Manejo da APA do Pouso Alto, além de falar da existência de alternativas economicamente sustentáveis, como o ecoturismo.

Ser Tão Velho Cerrado, escolhido pelo público como melhor filme da 7ª Mostra Ecofalante de Cinema Ambiental 2018, tem a participação especial dos atores Juliano Cazarré e Reynaldo Gianecchini e do mestre espiritual Prem Baba. Em Goiânia, o filme estreia hoje, às 20 horas, no Cine Cultua. 

No sábado a exibição ocorre mais cedo, às 18h30, pois será seguida de um debate com a presença do cineasta André D’Elia. Compondo a mesa estão também o geólogo Laerte Ferreira, o biólogo Maurivan Vaz Ribeiro e a cordenadora do Laboratório de Processamento de Imagens e Geoprocessamento da UFG, Elaine Silva.

Fonte: O Popular

Projeto desenvolvido por Promotor de Justiça em Arraias pretende melhorar rendimento escolar e combater a violência entre os jovens



O contato direto com estudantes por meio de um papo aberto, expondo histórias de sucesso de quem venceu na vida apesar das condições socioeconômicas desfavoráveis, esta é a metodologia utilizada pelo Promotor de Justiça de Arraias, João Neumann Marinho da Nóbrega, na execução do projeto social “A força do exemplo e a educação transformando vidas”, desenvolvido nas escolas de Arraias. 


Segundo dados do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB), o município de Arraias ocupa 40º posição na avaliação dos anos finais do ensino fundamental com níveis considerados abaixo do ideal.

No projeto, o Promotor de Justiça sai do gabinete e vai para dentro da sala de aula a fim de estabelecer um diálogo com as crianças e os adolescentes. 

Com atuação inspirada no ideal de um Ministério Público resolutivo, Neumann está envolvendo não só os alunos, mas também os profissionais da educação do ensino fundamental e médio da rede pública. 

“O Ministério Público acredita na força do exemplo para auxiliar no convencimento das crianças e adolescentes a confiarem plenamente na educação como via de acesso para um futuro melhor. Por isso, cada visita, é acompanhada por cidadãos arraianos que obtiveram êxito profissional e inclusão social devido à dedicação dispensada aos estudos”, declarou João Neumann.

O Promotor de Justiça acredita que breves explanações e diálogos podem estimular esses estudantes, não só melhorando o rendimento escolar, mas combatendo a evasão escolar e prevenindo diversas formas de violência dentro da escola e também o uso de drogas. 

“Serão mostrados exemplos de pessoas que enfrentam desafios existenciais na comunidade e buscam a felicidade sem uso de drogas. Espera-se que esta iniciativa sirva como medida de prevenção e auxilie nas escolhas e decisões dos alunos”, completou.

Início do projeto

A primeira visita aconteceu nesta sexta-feira, 10, no Colégio Estadual Joana Batista Cordeiro, e contou com participação dos voluntários, os oficiais de justiça Renival Silva e Jales Basílio Ramalho Pereira, a agente de polícia Reginalva Ramalho Pereira, além da diretora da Unidade Escolar, Sandra Maria Ferreira da Cunha, que deram seus exemplos de vida, expondo suas dificuldades e mostrando possibilidades de superação graças aos estudos.

Fonte: Surgiu

SENAR forma primeira turma do Curso Técnicos em Agronegócio de três polos do Tocantins



O Curso Técnico em Agronegócio da Rede E-Tec oferecido gratuitamente pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (SENAR/TO), órgão vinculado à Federação da Agricultura e Pecuária do Estado do Tocantins (FAET), coordenado pelo presidente, Paulo Carneiro, formou na noite dessa – sexta-feira, 10, a primeira turma no Estado do Tocantins. 

A solenidade aconteceu no auditório da instituição, os formandos fazem parte dos polos presenciais dos municípios de Almas, Arraias e Palmas.

O curso Técnico em Agronegócio tem carga horária total de 1.230 horas, distribuídas em dois anos (quatro semestres), no formato semi-presencial (80% da carga horária a distância e 20% presencial). 

O objetivo principal do curso é formar profissionais habilitados na aplicação dos procedimentos de gestão e de comercialização do agronegócio, visando os diferentes segmentos e cadeias produtivas da Agropecuária Brasileira.

O presidente Paulo Carneiro, em seu discurso parabenizou todos os formandos por essa grande conquista e ressaltou que:

 “dessa forma é possível elevar o nível de escolaridade dos participantes e melhor prepará-los para atender as demandas do mercado de trabalho, que hoje é bastante competitivo. 

Para nós do SENAR, hoje é motivo de muita comemoração e a sensação de dever cumprido, ver o sorriso de cada um de vocês e saber que nós fazemos parte desse grande sonho, é motivo de muita alegria. 

Nosso objetivo é trabalhar para ter cada vez mais uma mão de obra qualificada no campo, portanto, investir diariamente em capacitação para termos profissionais que atuem da melhor forma, é a chave do sucesso ” Comemorou o presidente.

A aluna Leticia Milhomem Bonfim, comemorou com muita emoção essa conquista, “hoje estou muito feliz e só quero agradecer primeiramente a Deus, e também ao SENAR por me proporcionar esse curso totalmente gratuito, e que com toda certeza só irá acrescentar e muito na minha vida pessoal e profissional, foram dias que ficarão marcados na minha memória. ” Finalizou a aluna.

Fonte: Surgiu

Equipe de implantação do Jovem em Ação destaca metodologias de êxito nas escolas que fazem parte do programa




A equipe de implantação das Escolas Jovem em Ação realiza nesta sexta-feira, 10 de agosto, das 8h às 18h, a segunda etapa do Ciclo de Acompanhamento Formativo nas Escolas. 

O encontro acontece na Escola Estadual em Tempo Integral Professora Elizângela Glória Cardoso e reúne coordenadores e gestores da unidade.

O ciclo formativo consiste em uma ação periódica realizada pela Secretaria de Estado da Educação, Juventude e Esportes (Seduc), em parceria com o Instituto de Corresponsabilidade pela Educação (ICE), que avalia as ações planejadas no bimestre, mapeia e orienta os professores e equipe sobre intervenções necessárias para o andamento do trabalho, por meio do monitoramento da operacionalização e metodologias de êxito que contribuem para a aprendizagem dos estudantes.

De acordo com Maristélia Santos, coordenadora do trabalho, os temas discutidos baseiam-se em cinco premissas. 

“Neste encontro, abordamos sobre a importância do acolhimento, desenvolvimento das escolas e, fundamentados nas ações, definimos as prioridades a curto, médio e longo prazo. 

Avaliamos o fluxo de reuniões com os professores, equipe e alunos presidentes de clubes, que acontecem semanalmente, analisamos as conquistas e demandas e, a partir de então, montamos um cronograma para fechar o relatório e já deixar os encaminhamentos desse bimestre”, destacou.

A consultora explicou ainda que o trabalho foi iniciado no Tocantins em 2017 e a equipe tem desenvolvido ações para que, em 2020, todas as unidades atuem independentes. 

“Hoje, o nosso foco é trabalhar os pontos deficitários e, após os ajustes, com o crescimento que temos acompanhado e o rendimento nos interciclos, queremos que essas escolas sejam replicadoras do projeto e das ações”, concluiu Erika Rodrigues.

Escola Jovem em Ação


Escola Jovem em Ação é o nome dado, no Tocantins, ao Programa de Fomento à Implementação de Escolas de Ensino Médio em Tempo Integral, uma iniciativa do governo federal, em parceria com os estados que têm como objetivo implementar o ensino médio em tempo integral, promovendo uma grande mudança curricular e estrutural nas unidades educacionais. 

Para isso, as áreas de conhecimento são trabalhadas junto aos jovens, de maneira diferenciada, despertando a capacidade de transformar sonhos em projetos de vida.

Além disso, os alunos têm acesso a salas de aula temáticas, aulas práticas, disciplinas eletivas, estudos dirigidos e uma série de mudanças curriculares que têm como objetivo prepará-los, tanto para o ingresso na universidade quanto para o mundo do trabalho. 

O foco da Escola Jovem em Ação é o sucesso dos alunos por meio da melhoria no desempenho estudantil e da promoção do protagonismo juvenil. Cerca de dois mil alunos do Tocantins estão sendo beneficiados.

Fazem parte do programa Jovem em Ação as escolas: Colégio Estadual Rui Barbosa, Centro de Ensino Médio (CEM) Paulo Freire, CEM Benjamim José de Almeida (Araguaína), Colégio Estadual Professora Joana Batista Cordeiro (Arraias), CEM Presidente Castelo Branco (Colinas), CEM Antônio Póvoa (Dianópolis), CEM Oquerlina Torres (Guaraí), CEM Bom Jesus (Gurupi), CEM Dona Filomena Moreira de Paula (Miracema), CEM Darcy Marinho (Tocantinópolis), Colégio da Polícia Militar de Palmas e Escola Estadual de Tempo Integral, na quadra 401 sul (Palmas).

Fonte: Surgiu

quinta-feira, 9 de agosto de 2018

Arraias (TO): Justiça Federal obriga agências do INSS a fazerem perícias no prazo de 45 dias


Todas as perícias médicas realizadas pelo INSS no Tocantins devem ser feitas no prazo legal de 45 dias. 

A determinação é do juiz federal Eduardo Gama. 

Caso haja descumprimento, haverá a concessão automática e provisória do benefício com base no laudo médico apresentado pelo beneficiário. A decisão foi tomada após ação da Defensoria Pública da União, a qual relata que em alguns casos a espera chega a quase 200 dias.

Há no Tocantins 12 unidades do INSS, mas os efeitos da ação não se aplicam à agência de Gurupi, pois ela já responde a uma ação própria.

No documento, a defensoria relata que há muitos casos de pessoas com deficiência ou incapacitadas para o trabalho que não recebem atendimento pericial nas unidades do INSS próximas de suas casas. 

Quando são atendidas, o prazo entre o agendamento e o pagamento da primeira parcela do benefício é muito longo e passa de 45 dias.

Apenas as agências do INSS nos municípios de Araguatins, Colinas, Gurupi, Palmas e Tocantinópolis disponibilizam, de forma regular, o agendamento para perícias relativas aos requerimentos de benefícios por doença ou incapacidade, segundo uma pesquisa feita pela defensoria.

Em alguns municípios, como Arraias, Dianópolis, Guaraí, Miracema, Paraíso, Porto Nacional e Araguaína, as perícias não estão sendo realizadas, o que obriga os segurados a irem a outras cidades.

O juiz argumenta na decisão que, se o segurado tiver que fazer a perícia em agência da qual não é vinculado, o INSS deve fazer o reembolso valor gasto com transporte, alimentação e, se necessário, da hospedagem pelo tempo necessário para realizar a perícia, no prazo máximo de 30 dias.

Segundo a Justiça, ao se defender, o INSS argumentou que nos últimos quatro anos houve uma redução no quadro de peritos médicos no Brasil e que a causa do problema no Tocantins não é ineficiência de gestão.

Fonte: G1

Campanha do livro


O curso de Tecnologia em Agroecologia da UEG de Campos Belos está precisando de seu apoio, para conseguir montar o acervo bibliográfico do curso. 

Caso você possa doar livros, segue a lista dos títulos necessitados

Caso possa doar também roupas, sapatos e outros objetos usados para que se possamos organizar um bazar e arrecadar dinheiro e comprar os livros, a doação também será bem-vinda.

Dúvidas, fale com Fransciele da UEG. (62) 998362522.

quarta-feira, 8 de agosto de 2018

Dianópolis (TO): Justiça condena Oi por não entregar velocidade prometida nos pacotes de internet


Justiça do Tocantins condenou a operadora de telecomunicações Oi por problemas no fornecimento de internet banda larga na cidade de Dianópolis, no sudoeste do estado. 

A empresa foi condenada a uma multa de R$ 500 mil por danos morais e tem oito meses para resolver a situação. Caso o prazo não seja cumprido, haverá uma multa adicional de mais R$ 5 mil por dia, até o limite de R$ 1 milhão.

Quase 80 clientes de Dianópolis entraram com processos contra a empresa alegando que o serviço sofre oscilações e que a conexão não chega a velocidade prometida durante a venda dos pacotes. Segundo a denúncia, em certos casos a velocidade era de apenas 10% em relação ao vendido.

A Oi foi procurada, mas respondeu que não comenta casos em andamento na Justiça.

A decisão é do juiz Jossanner Nery Nogueira Luna, da 1ª Vara Cível de Dianópolis. Por ser uma decisão de primeira instância ainda cabe recurso.

A sentença determinou que a empresa deve reservar 15% do total para internet de maior velocidade (hoje 15 Megabytes), 25% para internet de velocidades intermediárias (hoje, 5 a10 megabytes) e 60% dos pacotes para internet de menor velocidade (hoje entre 1 e 5 megabytes).

Uma resolução da Agência Nacional de Telecomunicações diz que a velocidade instantânea da conexão deve ser no mínimo de 40% do valor contratado, e a velocidade média deve ser pelo menos 80% do total.

A multa aplicada à Oi será revertida para o Fundo Estadual de Defesa do Consumidor do Tocantins.

Fonte: G1

Acidente na BR-020 deixa um morto e dois feridos, em Flores de Goiás


Um acidente na BR-020, na altura do Km 125, entre os municípios goianos de Formosa e Flores de Goiás, deixou um morto e dois feridos.

Após a colisão frontal, os ocupantes de um dos carros envolvidos no acidente não foram encontrados. 

Segundo testemunhas, eles teriam embarcado em um ônibus que passava no local. A batida aconteceu na madrugada de terça-feira (7).

Segundo o Corpo de Bombeiros de Goiás, o Gol branco, conduzido por um motorista de 68 anos, seguia pela BR-020 sentido Posse (GO), e o Cruze, sentido Brasília, quando teria ocorrido a colisão frontal.

Além do condutor do primeiro veículo, havia uma mulher de 69 anos e um menino de 7. No segundo, testemunhas informaram que era ocupado por um casal e uma criança.

Com o impacto da batida, a senhora ficou presa às ferragens do automóvel, sofreu traumatismo craniano e ferimentos nos braços. 

Ela morreu no local. O condutor relatou dores no tórax, e a criança teve um ferimento na perna esquerda. 

Ambos foram levados de ambulância para o Hospital de Alvorada do Norte, também em Goiás.

Pessoas que relataram o ocorrido informaram que os supostos três ocupantes do Cruze pegaram um ônibus no local do acidente. Eles não foram localizados.


Fonte: CorreioWeb

Seis projetos foram selecionados para territórios quilombolas. Objetivo é desenvolver a sustentabilidade e o bem-estar dos quilombolas, em 39 comunidades espalhadas por Cavalcante, Monte Alegre e Teresina de Goiás


Dos nove projetos apresentados, seis foram selecionados para serem implementados em territórios quilombolas de Goiás, com o intuito de promover o desenvolvimento econômico sustentável dessas comunidades.

A seleção foi feita por meio de edital de chamamento público realizado pela Secretaria de Meio Ambiente, Recursos Hídricos, Infraestrutura, Cidades e Assuntos Metropolitanos (Secima) e pelo Fundo Estadual do Meio Ambiente (Fema).

O resultado da seleção foi publicado no Diário Oficial do Estado (DOE) de segunda-feira, dia 06. Foram selecionados os seguintes projetos: Quintais Kalunga, fonte de vida, da Associação dos Pequenos Agricultores Kalunga de Diadema; Viveiro Kalunga: 

Gerando Sustentabilidade, da Associação Kalunga da Cavalcante; Preservar Nascentes e Recuperar Trilhas, da Associação Kalunga do Engenho II (AKCE); Resgatando a Memória, Construindo o Futuro, dos Moradores do Quilombo Kalunga de Monte Alegre de Goiás; Produção Agroecológica Sustentável no Engenho II, do Instituto de Desenvolvimento Unicerrado; e Produção Kalunga – Cultura e Tradição, da Associação Quilombo Kalunga.

A execução dos projetos tem o objetivo de desenvolver a sustentabilidade e o bem-estar das populações quilombolas, privilegiando cerca de cinco mil pessoas, em 39 comunidades espalhadas por três municípios goianos: Cavalcante, Monte Alegre de Goiás e Teresina de Goiás. 

A estimativa é que, no turismo, indiretamente, os projetos beneficiarão cerca de 1.500 pessoas.

O chamamento público visando a seleção de organizações da sociedade civil para apresentarem projetos que visem o desenvolvimento econômico sustentável em territórios quilombolas no Estado atende o que determina a Lei Federal mº 13.019, de 31 de julho de 2014. 

Com a publicação do resultado, o próximo passo será essas organizações firmarem convênio com a Secima/Fema.

Kalungas

Está em Goiás o maior quilombo em extensão territorial do Brasil, com cerca de quatro mil pessoas abrigadas, em 253 mil hectares de Cerrado. 

O Estado possui 47 comunidades quilombolas certificadas pela Fundação Palmares, sendo os Kalungas os maiores representantes, localizados ao Norte da Chapada dos Veadeiros. 

A área ocupada pelos Kalungas é reconhecida pelo Estado de Goiás, desde 1991, como sítio histórico que abriga o Patrimônio Cultural Kalunga. Hoje, essas comunidades atuam na preservação e conservação da área.

Os quilombolas são comunidades de descendentes de escravos, em situação rural, que mantêm uma profunda relação com a terra, sendo que sua sobrevivência é proveniente do cultivo de mandioca e milho, da criação de gado, do extrativismo de espécies nativas da região, de uma grande variedade de frutas e verduras, além do turismo local e das festas religiosas.

Fonte: Opção

Câmara aprova fundo para desenvolver turismo na Chapada dos Veadeiros


A Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania aprovou, nesta quarta-feira (8), o Projeto de Lei 3173/15, do deputado Pedro Chaves (MDB-GO), que cria o Fundo Nacional de Apoio à Região da Chapada dos Veadeiros (Funveadeiros).

A proposta tramitou em caráter conclusivo e, portanto, segue para a análise do Senado, a não ser que haja recurso para votação em Plenário.

O objetivo do fundo é estimular o desenvolvimento da região que abrange os municípios goianos de Alto Paraíso de Goiás, Cavalcante e Teresina de Goiás.

Conforme o texto aprovado, os recursos para o novo fundo virão de operações de crédito internas e externas, firmadas com entidades privadas, públicas, nacionais e internacionais; convênios firmados entre estados da Federação; e outras fontes previstas em lei.

Pelo projeto, o fundo será usado, por exemplo, para apoiar a qualificação de trabalhadores locais que desenvolvam produtos e atividades turísticas e culturais na região e fomentar a comercialização de produtos locais.

O parecer do relator, deputado Thiago Peixoto (PSD-GO), foi pela constitucionalidade da proposta. Segundo Peixoto, “a proposição concretiza a construção de uma sociedade justa e a erradicação das desigualdades regionais, que são objetivos fundamentais da República Federativa do Brasil”.


Fonte: Agência Câmara

terça-feira, 7 de agosto de 2018

Taguatinga (TO) está pronta para as Cavalhadas, o maior espetáculo a céu aberto do Tocantins




O município de Taguatinga, localizado a 460km da capital Palmas, já está preparado para a encenação das Cavalhadas, uma batalha entre Mouros e Cristãos, com uma mistura de fé e folclore, que impressiona pela beleza das cores. 

A encenação faz parte dos Festejos de Taguatinga, comemorado de 10 a 15 de Agosto. 


A festividade contará ainda com shows.

A disputa, onde integrantes da sociedade se transformam em guerreiros , é revivida em Taguatinga desde 1937 sendo a única cidade Tocantinense que mantem a tradição trazida por portugueses e espanhóis ao Brasil. 

São 12 cavaleiros Cristãos (cor azul) que tem a missão de convertes os 12 cavaleiros Mouros (cor vermelha) ao cristianismo, já que eles invadiram a Península Ibérica para impor a doutrina de Maomé.

Os combates acontecem durante os dias 11 e 12 de agosto e são encenadas por batalhas de corridas com lança, espadas e garruchas. 

As etapas vão desde as embaixadas, desafios, pedido de trégua e por último, a derrota e a conversão dos Mouros ao Cristianismo.


Programação

10/08 Sexta-Feira

22horas – Show com a Banda Nechivile


11/08 Sábado

00h Matina das cavalhadas e Badalar do Sino, em frente à igreja Matriz

05h – Alvorada das Cavalhadas

15h Abertura das Cavalhadas, no campo das cavalhadas

22h – Show com Forró Rasta Chinela, no espaço Mult-Eventos


12/08 Domingo

15h Cavalhadas, no campo das cavalhadas – Encerramento

22h Show com o Trio Aristides e Lois, no espaço Mult-Eventos


13/14/15 de Agosto

22h Talentos da terra, no espaço Mult-Eventos




segunda-feira, 6 de agosto de 2018

355 prefeitos e ex-prefeitos goianos podem ficar inelegíveis. Na lista tem nomes de Alto Paraíso, Alvorada, Cavalcante, Campos Belos, Teresina, Iaciara, Flores, Posse, São Domingos, Simolândia e Nova Roma



Levantamento feito pelo Tribunal de Contas dos Municípios (TCM) mostra que existem 355 prefeitos e ex-prefeitos goianos com contas irregulares ou com parecer pela rejeição em Goiás, no período entre 2 de agosto de 2010 a 2 de agosto deste ano. Eles compõem relação com 2.118 nomes entregue ao Tribunal Regional Eleitoral de Goiás (TRE-GO) e que pode torná-los inelegíveis.

Somados, os prefeitos e ex-prefeitos na lista têm 955 contas com parecer pela rejeição. O número é mais de 300% maior que a quantidade de contas na mesma situação em 2016. À época, eram 304. 


A lista é uma base tanto para que o Ministério Público Eleitoral entre com pedidos de impugnação de candidaturas quanto para que os tribunais eleitorais julguem os pedidos.

O presidente do TCM, Joaquim de Castro, diz que a lista é para auxiliar o TRE-GO. “A Justiça Eleitoral, com base nessa informação, irá verificar se aquele gestor cometeu ou não alguma falha grave e que possa gerar sua inelegibilidade”, diz.

“Indicativo”

O presidente da corte eleitoral, desembargador Carlos Escher reforça que a relação baseará possíveis impugnações. “A lista servirá de indicativo para analisar que se trata de um candidato elegível ou não”, afirma.

Isso significa, portanto, que constar na lista não representa inelegibilidade automática. “Os membros da corte eleitoral podem entender que a irregularidade não é suficiente para impedir sua candidatura”, afirma.

No caso de prefeitos em mandato, explica o procurador regional eleitoral de Goiás, Alexandre Tavares, quem de fato pode decidir pela inelegibilidade são as Câmaras Municipais. 

A determinação foi do Supremo Tribunal Federal (STF) em 2016. “Então, o Ministério Público, diante do parecer do TCM, irá verificar na Câmara da cidade se as contas foram rejeitadas ou não para, depois, pedir a impugnação”, diz Alexandre.

Abaixo a relação dos municípios e prefeitos e ex-prefeitos do nordeste goiano:

Alto Paraíso; Uiter Gomes de Araújo e Alan Gonçalves Barbosa. Alvorada do Norte; David Moreira de Carvalho. 

Campos Belos; Neudivaldo Xavier de Oliveira Sardinha e Aurolino José dos Santos Ninha. Cavalcante; Josias Magalhães Costa Sobrinho e João Pereira da Silva Neto.

Damianópolis; Benedito Pereira de Sousa Neto e Andreia Lins Depollo. Flores de Goiás; José Dias Pereira, Maria dos Reis de Sousa Ferreira e Jadiel Ferreira de Sousa.Iaciara; Quintino Gilberto de Paula.

Monte Alegre; Arlon Fulgêncio Taveira. Niquelândia;Ronan Rosa Batista e Luís Teixeira Chaves. Nova Roma;Josimar Ferreira da Silva. Posse; Stanley Sebastião Valente e José Gouveia de Araújo. 

São Domingos;Rosana Zago Valente, Oldemar de Almeida Pinto Filho, Etelia Vanja Moreira Gonçalves, Herculanito Antônio Lima e Jovita Ribeiro. 

Simolândia; José Cardoso de Lima Neto.Teresina; Odete Teixeira Magalhães. Vila Boa; Waldir Gualberto de Brito.

Clique aqui e acesse a relação com todos os nomes do estado.

Fonte: O Popular e TCM

Deputado Pedro Chaves desiste de disputar as eleições deste ano




Anunciado como candidato ao Senado Federal pelo MDB na chapa de Daniel Vilela, o deputado federal Pedro Chaves, ficha limpa, desistiu de disputar as eleições deste ano.

O emedebista alega questões pessoais e não deve concorrer a nenhum cargo nas eleições que ocorrem no próximo mês de outubro.

“Estou no meu quinto mandato como deputado federal, acredito que é hora de passar o bastão. Eu e minha equipe nos dedicamos muito pelo meu Estado de Goiás. Agradeço o apoio dos amigos e familiares, mas por questões pessoais não irei disputar as eleições deste ano”, disse Pedro Chaves em seu perfil no Twitter.

Natural de São Domingos, Pedro Chaves representa a Região Nordeste do Estado e está no seu quinto mandato como deputado federal e já foi deputado estadual e secretário de Transporte e Obras Públicas (1995–1998).

Pedro Chaves já conseguiu centenas de emendas para diversos municípios de Goiás, principalmente para a região nordeste. 


A obra da BR-020, que liga Brasília a Formosa, é um dos projetos de maior importância de sua gestão, assim como dezenas de emendas para todos os municípios do nordeste de Goiás. 

Uma grande perda. 

Com informações de Antônio Carlos 

De Alto Paraíso de Goiás: Mulher com doença rara faz bazar para bancar tratamento que custa R$ 4 mil por mês



A pensionista Francisca das Chagas Sales completou 28 anos na sexta-feira (3) com muita vontade de viver. 


A goiana de Alto Paraíso de Goiás, no norte do estado, foi diagnosticada há um ano com neuromielite óptica, uma doença rara que atinge os músculos e o sistema nervoso central, que a deixou cega de um olho e retirou dela o movimento das pernas.

A doença gera custo de cerca de R$ 4 mil por mês, mas ela vive de um salário mínimo, além de ajuda do pai e amigos. Neste sábado (4), ela realiza um bazar para ajudar a manter o tratamento.

O evento ocorre entre 9h e 18h na Igreja Metodista de Goiânia. Estarão à venda roupas novas e seminovas para crianças e adultos. Toda a renda arrecadada será usada para custear os medicamentos do tratamento.

Em janeiro deste ano ela teve a última crise da doença, quando perdeu totalmente a visão de um olho e precisou se adaptar a uma cadeira de rodas.

"Estive à beira da morte e voltei. Hoje comemoro mais um ano e luto por mim e pela divulgação da doença, que é pouco conhecida, de diagnóstico difícil e muito rara", disse.

A jovem trabalhava como vendedora, em Alto Paraíso, quando começou a ter sucessivas infecções nos rins. Ela relata que passou por mais de dez médicos em Goiás e em São Paulo até conseguir o diagnóstico correto. "Primeiro pensaram que era esclerose múltipla, mas os sintomas de paralisia estavam avançando muito rápido e só depois descobriram a neuromielite", recordou.

Há cerca de um ano ela se mudou para Goiânia para poder receber o medicamento que precisa, fazer fisioterapia e acompanhamento psicológico sem ter que fazer inúmeras viagens. O médico que a acompanha, no entanto, atende em São Paulo e, a cada três meses, ela precisa ir até lá para fazer reavaliação, exames e reajustar a dose.

Segundo Francisca, a medicação custa R$ 20 mil por aplicação, feita uma vez ao mês. No entanto, ela conseguiu uma liminar na Justiça e recebe a dose de forma gratuita. Ainda assim, os outros medicamentos diários, fisioterapia e viagens a São Paulo ela precisa custear do próprio bolso.

"Eu fui aposentada com um salário mínimo. Meu pai trabalha em uma fazenda em Alto Paraíso e me manda quase R$ 600 por mês. A minha mãe vive por minha conta. Então eu conto muito com a ajuda de amigos e familiares para conseguir manter o tratamento", contou.


Fonte: G1

sexta-feira, 3 de agosto de 2018

Campos Belos: morador reclama da falta de urbanização em área



"Boa tarde Sr. Dinomar Miranda, 

Venho através desta pedir a vcs para que através deste seu veículo de publicidade, nós proprietários de imóveis no antigo campo do Misto em Campos Belos, precisamos que seja esclarecido o motivo de ainda não ter sido concluídos as obras de infra estrutura. 

Compramos os terrenos por um preço razoável para nossa cidade,um loteamento dentro da cidade, praticamente no centro ficando só umas 4 quadras da praça central, ainda se encontra com rua não asfaltada e sem energia elétrica, nós proprietários que compramos os terrenos demos inícios as obras usando energia empresta de vizinhos, com a esperança de que até o término  já estaria sido instalada a energia, nós estamos com nossas casas obras paradas, os imóveis inacabados, precisando mudar.

O meu caso por exemplo estou ficando na casa da minha sogra por não poder ir voltar todos os dias da fazenda que fica a 24 KM, resultando em 48 KM por dia, sendo que além das despesas de combustível tem o perigo de ter que enfrentar pista, trânsito, pois meu filho estuda em Campos Belos.

Peço por favor por enquanto não divulgar meu nome, se precisar nós moradores estamos dispostos a fazer uma denúncia conjunta.

Conto com a ajuda de vcs."

Batida entre ônibus da Real Maia e um carro particular deixa dois mortos na GO-118




Um grave acidente da rodovia GO-118, na madrugada desta quinta-feira (2), próximo a São João da Aliança (GO), nordeste do estado, deixou duas pessoas mortas.

A batida frontal ocorreu por volta das 2h da manhã, entre um veículo Punto branco e um ônibus da Real Maia, que fazia o trecho Goiânia/Palmas.

Nenhum passageiro do ônibus teve ferimentos graves. 


Mas os dois ocupantes do Punto morreram. o motorista, o fisioterapeuta Aristóteles Deusdara, servidor da prefeitura de São João da Aliança, morreu na hora.

A passageira, também servidora da secretaria de Saúde do município, chegou a ser socorrida para um hospital de Brasília, mas não resistiu aos graves ferimentos e também morreu.

Segundo relato do Boletim de Ocorrência, o acidente ocorreu na baixada antes do "BFF" de São João da Aliança e pelos vestígios encontrados no local, o ônibus da Real Maia deslocava-se pela GO-118 no sentido de São Gabriel a São João D'Aliança e o Punto seguia em sentido oposto, com a colisão próxima ao km 91. 

Só a perícia vai dizer de fato o que ocorreu, mas testemunham afirmaram o que o carro Punto perdeu o controle e invadiu a pista contrária. 

Um dos passageiros do ônibus teve fratura em um dos braços, sendo também socorrido e encaminhado pelo Copo de Bombeiros para Brasilia.

A policia técnico cientifica foi acionada e o IML recolheu o corpo do motorista e o encaminhou para a cidade de Formosa (GO).

O ônibus sofreu apenas pequenas avarias. Já carro de passeio ficou totalmente destruído.

Ontem mesmo a Prefeitura de São João d'Aliança emitiu nota de pesar pelo falecimento dos dois servidores.

"A Prefeitura Municipal de São João d'Aliança e a Secretaria Municipal de Saúde, manifestam o mais profundo pesar pelo falecimento do fisioterapeuta, Aristóteles M. Deusdara Neto e da nutricionista, Jéssica. 

Eles partiram deixando muitas lições de amor, amizade, profissionalismo, ética e humanidade.

Muito respeitosamente, prestamos nossa condolências e mais sinceros pêsames."