domingo, 17 de março de 2019

Imagem do Dia: Um passeio pelas ruas de Campos Belos. A pista fica em frente ao CRAS



Uma forte chuva, com muita ventania, derrubou árvores e causou muitos estragos em Campos Belos (GO)




Uma chuva forte no final deste sábado (16) causou muitos danos em Campos Belos, nordeste de Goiás. 

A chuva durou cerca de vinte minutos, mas foi precedida de um vendaval muito forte, que assustou a população. 

O vento foi tão forte que até terrenos tiveram o capim deitado. Em frente à Universidade de Goiás, uma árvore caiu sobre a rede elétrica, o que causou um apagão.

Muitas árvores tombaram sobre a rede elétrica, o que deixou parte da cidade sem luz até às 2 horas da manhã deste domingo. 

O muro do Colégio Estadual Polivalente teve parte derrubada por uma árvore que tombou no local.

Na praça Matriz também houve queda de arvores. 

Por todo lado que se andava, poder ser ver árvores caídas. Em alguns bairros, pessoas com escadas arrumavam os telhados. 

Funcionários da prefeitura foram vistos trabalhando para que as coisas voltassem à realidade. 

O ativista Social Jefferson Victor e colaborador deste blog deu uma volta pela cidade para ver o estrago. 

O muro do Sindicato Rural caiu cerca de uns 40 metros. Uma estrutura metálica próxima ao Sindicato também foi totalmente destruída. 

Placas publicitárias foram derrubadas e alguns painéis do comércio foram rasgados totalmente. 

O Diretor da Limpeza da Prefeitura, Antonio Peru, e sua equipe usaram uma motosserra para desobstruir parte da pista em frente à prefeitura. 












sábado, 16 de março de 2019

Minuto de silêncio pelas vítimas da Escola Estadual Raul Brasil


Hoje o dia começou com uma reflexão sobre como podemos contribuir para a construção de um mundo pacífico. 

Minuto de silêncio em homenagem às vítimas e familiares da Escola Estadual Raul Brasil foi feito pelos presentes.

Antes do início das aulas desta quinta-feira, 14, alunos e servidores de reuniram no pátio frontal do campus para que uma rápida reflexão fosse feita: como contribuir para a construção de um mundo em que seja possível viver em paz. 

Diante da tragédia ocorrida na Escola Estadual Raul Brasil, em Suzano, São Paulo, a tristeza e a dor são de todos neste momento.

Toda a equipe do IF Goiano - Campus Campos Belos, juntamente com seus alunos, externa os nossos mais sinceros sentimentos. 

Ao fim do encontro, um minuto de silêncio em homenagem às vítimas e familiares foi feito e todos se dirigiram às salas de aula.

Fonte: IF Goiano

sexta-feira, 15 de março de 2019

Leandro Fox pede Quartel de Bombeiros para Campos Belos (GO)



O político de Campos Belos Leandro Fox apresentou recentemente ao deputado  "Paulo Trabalho" uma grande necessidade da cidade, que é a falta de unidade do Corpo de Bombeiros.

Segundo Fox, a implantação da unidade não irá atender somente Campos Belos, mais toda região da GO-118, pois o Corpo de Bombeiro mais próximo está na cidade de Posse (GO), distante cerca de 218km.

"Tendo em vista a importância desse Batalhão, apresentamos um requerimento pedindo a instalação da corporação na cidade, que será de grande importância para a cidade. 

Agradeço meu amigo Deputado Paulo Trabalho pelo empenho de lutar pela cidade de Campos Belos - GO", Fox. 

Já Publicamos no Blog

Pedro Chaves (PMDB) vai destinar emenda de R$ 250 mil para a construção do quartel dos Bombeiros em Campos Belos (GO)

Pedro Chaves (PMDB) informa ao prefeito de Campos Belos emendas de mais de R$ 1 milhão

Advogado que atuou na Prefeitura de Aurora denuncia irregularidades na gestão do município



Um vídeo divulgado em redes sociais e aplicativos de mensagens tem causado polêmica no município de Aurora do Tocantins, a cerca de 500 km de Palmas na região sul do estado. 


No vídeo o ex-advogado da prefeitura do município, Milton Félix, faz críticas à gestão do prefeito Aloilson Cardoso (PTB) e à primeira-dama Valda Maria Damaso.

O advogado aponta supostas irregularidades na Prefeitura de Aurora como o não pagamento de valores referentes a empréstimos consignados descontados em folha dos servidores do município e não repassados ao banco, uso de maquinário da prefeitura em propriedades rurais de secretários do município e até o abastecimento de carros particulares com combustível pago pela prefeitura.

Por telefone Félix confirmou as denúncias ao Conexão Tocantins e disse que o vídeo foi feito como uma resposta a um recado enviado a ele pela primeira-dama após uma discussão em redes sociais. 


“O vídeo foi enviado diretamente à primeira-dama e a um vereador, eu não publiquei em rede social, se isso viralizou não foi porque eu divulguei”, disse o advogado.

Todo o imbróglio começou após a construção de dois quebra-molas em um bairro da cidade de Aurora. 


A obra gerou discussão no perfil de um vereador no Facebook, Félix, que trabalhou na prefeitura como advogado até o ano passado, entrou nos comentários e disse que “as mazelas do município de Aurora não se tratavam apenas de quebra-molas, mas que tinham problemas muito mais sérios a serem resolvidos” e enumerou as supostas irregularidades cometidas pela prefeitura.

Após o comentário, Félix diz que recebeu recados da primeira-dama. “Ela disse que havia tirado prints e que faria representação contra mim na OAB porque eu havia ferido o código de ética dos advogados”, informou o advogado.

Como resposta Félix diz à primeira-dama no vídeo que não tem medo das ameaças e que seria muito melhor que Valda “tomasse muito cuidado antes de ficar ameaçando as pessoas” porque, em suas próprias palavras “eu sei de muita coisa que aconteceu e acontece na gestão deste município e que você também sabe e é conivente”, diz Félix à primeira-dama.

Na sequência da gravação Félix afirma que Valda esteve em seu escritório de advocacia pedindo que ele atuasse em uma causa particular por conta da prefeitura. “Eu disse que não faria porque isso era um serviço particular”, afirma.

O advogado faz críticas ainda à gestão da primeira-dama como secretária de assistência social do município. “Você é uma negação”, e completa “durante sua gestão como secretária nada foi feito e não se esqueça que sei que no período em que você era gestora, por muitas vezes você veio me perguntar como fazia para tirar algumas pessoas e colocar outras, querendo minha ajuda para fazer perseguição a pessoas e eu te disse que você como gestora fazia o que achava que deveria ser feito”, afirma no vídeo.

Vereador

No vídeo gravado pelo advogado sobraram críticas também ao vereador Sharlys Divino que, segundo Félix, teria dito que como advogado ele não conseguia ganhar as causas da prefeitura e, por isso, deixou o cargo. “Causas onde o município não pagou funcionário e não tem comprovante de que pagou não tem como ganhar mesmo não”, defende-se.

Mais adiante Félix também diz que a família do vereador é que “mamou” na prefeitura desde que seu irmão, que foi prefeito da cidade e condenado pela justiça pelo desvio de R$ 80 mil. “E agora o senhor está articulando para seu irmão ser contratado como assessor jurídico da Câmara”, afirma.

Denúncia

Ainda na gravação o advogado diz que fez uma notificação que será entregue ao presidente da Câmara de Aurora comunicando que o irmão do vereador Sharlys, por ter sido condenado, está proibido de exercer cargo público por 6 anos.

No vídeo, Félix também diz que irá levar as denúncias ao Ministério Público Estadual (MPE). 


Já na entrevista por telefone, ele disse que ainda não tem certeza se apresentará as provas que afirma ter. “Eu estou elaborando um documento, mas posso ou não levar ao Ministério Público, vai depender de como as coisas vão se desenrolar”.

Apesar de ser filiado por ora ao PDT e já ter concorrido ao cargo de vice-prefeito nas eleições de 2008, Félix afirma que não tem pretensões políticas por enquanto.

Respostas

Em contato com o Conexão Tocantins, o prefeito Aloilson Cardoso afirmou que as denúncias do advogado seriam pelo fato do mesmo ter tido o seu contrato com o município cancelado. 


Segundo o prefeito, o contrato venceu em 31 de dezembro e não foi renovado. “Ele não quer aceitar a demissão. Cancelei o contrato com ele e ele não quer aceitar isto”, disse.

O prefeito afirmou que vai mover uma ação contra o advogado. “Até o momento eu não tinha movido, eu gosto é de paz, tranquilidade, mas ele está fazendo por onde a gente mover ação contra ele. 


Minha vida é um livro aberto não tem pendência de nada, não devo nada a ninguém. Se tem alguma coisa que eu fiz de errado foi com aval dele, porque tudo que eu faço, as minhas atitudes têm aval jurídico”, frisou o prefeito.

Aloilson Cardoso foi eleito prefeito em 2012, reeleito em 2016 e diz que sua “identidade é limpa”.

Já a primeira-dama questionou a fala do advogado de que ela teria mandado recado para ele. “Eu não mandei recado nenhum pra ele. Se alguém levou para ele foi como fofoca. 


Só que após este vídeo aí deu para todo mundo ver que realmente um advogado não tem ética! E assim, quando ele fala que o procurei para um processo de inventário, não foi isto. 

O que aconteceu é que ele trabalhava na prefeitura e meu esposo pediu para ele acompanhar o processo de inventário de meu pai, sim. Só que ele como jurídico se não podia fazer, ele teria de ter falado que não podia. Só que ele fez o serviço e agora para me prejudicar está falando que falou que fazia particular. Em momento algum ele falou. 

Quem procurou ele foi meu esposo. Pede para ele apresentar o contrato que eu assinei que eu devo para ele. 

Ele está fazendo isto para me difamar. Todo mundo na cidade sabe quem sou eu, meu marido e quem é ele”, concluiu a primeira-dama.

O Conexão Tocantins também tentou contato com o vereador Sharlys Divino, mas as ligações para o telefone não foram completadas. O espaço para manifestação continua aberto.


Fonte e texto: Conexão Tocantins 

MPE recomenda maior efetividade na segurança das escolas estaduais de Arraias


O Ministério Público Estadual (MPE), por meio da Promotoria de Justiça de Arraias, expediu, nesta quinta-feira, 14, recomendação à secretária estadual de Educação e ao diretor regional de Educação de Arraias, orientando que sejam adotadas providências para uma segurança mais efetiva nas escolas públicas estaduais localizadas no município.

Na recomendação, é proposto que os profissionais que atuam na segurança e na vigilância das unidades escolares recebam treinamento e cursos de capacitação e aperfeiçoamento. 

A intenção é garantir um controle mais eficiente de entrada e saída de pessoas das escolas, bem como que sejam adotadas outras medidas para a prevenção das práticas de violência física no interior dos estabelecimentos de ensino de Arraias.

A recomendação é uma iniciativa do promotor de Justiça João Neumann Marinho da Nóbrega, que tem enfatizado em Arraias a defesa da qualidade integral da educação, inclusive atuando em favor da implementação de programa de combate à intimidação sistemática (Bullying) e promovendo palestras nas escolas que incentivam os pais de alunos a participar mais ativamente da educação dos filhos e buscam evitar comportamentos violentos, desrespeitosos e ilícitos no ambiente escolar.

Fonte: MPF

Encerrado processo seletivo para assistente de juiz em Campos Belos (GO)


O juiz da comarca de Campos Belos, no nordeste goiano, Fernando Marney Oliveira de Carvalho, informa que o processo seletivo para o cargo de assistente de juiz foi concluído.

O magistrado agradece os envios dos currículos e a participação de todos os candidatos.

Fonte: TJGO

Em Campos Belos, vereadores rejeitam Projeto de Lei que reduziria seus próprios salários



Um projeto de Lei municipal, PL 001/2019, que pretendia reduzir o salário dos vereadores de Campos Belos, no nordeste goiano, e de autoria do vereador Adroaldo de Oliveira Ribeiro (Baiano), foi votado pela Câmara Legislativa.

A maioria dos vereadores votaram contra o projeto que reduziria seus próprios salários.

Atualmente o salário mensal de um vereador em Campos Belos é de R$6.200,00. Se o projeto do vereador Baiano tivesse sido aprovado, o salário cairia para R$2.455,35.

O projeto previa que os vereadores passariam a receber o mesmo valor do piso nacional dos professores, em regime vigente de 40 horas.

Foram 6 votos contra a aprovação do projeto, 3 votos a favor e 1 abstenção.

Votaram Contra o projeto: Jurandi José dos Santos (Juranda), Lucimar Brito de Oliveira (Lucinha), Karinna Costa, Gilberto Rodrigues (Gilbertinho), Ivani Araújo (Ivone) e Arione Luciano dos Santos.

Votaram a favor do projeto: Adroaldo de Oliveira Ribeiro (Baiano), Rodrigo Ferreira e Gilson da Costa.

Absteve-se o vereador Elcimar Berto (Nego da Patrol).


Com informações de Antônio Carlos 

Por iniciativa do Ministério Público, será criada a "Colônia Agrícola de Campos Belos" para presos do regime semiaberto


Presos do semiaberto poderão trabalhar e se qualificar 

Esta sexta-feira (15) foi um dia muito importante para a cidade de Campos Belos, no nordeste de Goiás, pois foi feita a reunião inaugural do projeto de implantação do regime semiaberto no município.

A ideia é construir uma "Colônia Agrícola" para presos. 


Para isso, será usada uma propriedade rural confiscada de um traficante por ocasião da operação Avalanche, ocorrida em Campos Belos. 

Engajamento de todos 

Segundo o promotor Bernardo Monteiro, de início, se criou uma comissão composta pelo Juiz da Execução Penal, Fernando Marney, que prontamente se disponibilizou e está muito engajado e animado com o projeto.

Também fazem parte do projeto Weliton Modesto, depositário da área e José Luís, presidente do Conselho de Segurança e Defesa Social de Campos Belos.

O próximo passo será realizar uma reunião com representantes dos municípios de Campos Belos e Monte Alegre e da agência prisional, além de elaborar uma apresentação para buscarmos ajuda popular, comerciantes e sociedade civil organizada da cidade.

A ideia é criar uma Colônia Agrícola no município, para que os presos do semiaberto trabalhem e estudem, a exemplo de cursos de qualificação e escola para quem não tem.

“É o que determina a Lei de Execução Penal, mas que não vem sendo observado sistematicamente no Brasil, por falta de locais adequados”, disse o promotor.

O objetivo principal do projeto socioeducativo de reeducação no Campo é servir de oportunidades para a ressocialização de detentos, adolescentes e demais pessoas vulneráveis por meio do trabalho no campo. 

A Portaria que criou o projeto é do último dia 08 de fevereiro. 

Segundo o documento, o objetivo geral do Projeto Socioeducativo é propiciar a formação de um espaço especial para implementar o trabalho do reeducando com a terra, com a produção de alimentos, criação de animais para comercialização, além de promover a iniciativa desportiva. 

A meta é o desenvolvimento social e humanitário para a ressocialização de internos e egressos do sistema penitenciário de Campos Belos no intuito de garantir emprego, renda e dignidade.

“O trabalho externo será admissível para os presos em regime fechado somente em serviço ou obras públicas realizadas por órgãos da administração direta ou indireta, ou entidades privadas, desde que tomadas as cautelas contra a fuga e em favor da disciplina”.

Ainda segundo a Portaria, a “Colônia Agrícola, Industrial ou Similar destina-se ao cumprimento da pena em regime semiaberto”, conforme previsto no artigo 91 da Lei de Execução Penal.

Hoje a unidade prisional da cidade não dispõe de cela específica para que os reeducandos do regime semiaberto possam ficar recolhidos e os presos do semiaberto ocupam a sala de aula da unidade prisional local, sendo que os demais presos possuem acesso visual e auditivo à referida sala, possibilitando pedidos para a introdução de celulares, drogas e objetos proibidos na unidade.

Para ser ter ideia da gravidade da mistura entre os presos de regimes diferentes, recentemente um preso do semiaberto foi flagrado trazendo drogas na boca para o interior da unidade, assim como há registros de presos recolhendo-se embriagados, atrasados, e até mesmo deixam de cumprir as medidas fixadas.

Por isso é que se reputa como histórica e excepcionalmente positiva a criação da “Colônia Agrícola” de Campos Belos. 

Diferença de Regimes

O regime semiaberto destina-se para condenações entre quatro e oito anos, não sendo caso de reincidência do infrator. 

Já o regime fechado, é quando o réu recebe uma condenação de oito ou mais anos de reclusão, sendo obrigado a permanecer todos os dias na unidade prisional. 

Neste caso, são definidas quantas horas diárias de trabalho e de sol o detento poderá ter. 

Para progredir para o semiaberto, o condenado precisa cumprir um sexto de sua pena e ter bom comportamento atestado pelo diretor do presídio. 

Nesse tipo de cumprimento de pena, a pessoa tem o direito de trabalhar e fazer cursos fora da prisão durante o dia, mas deve retornar à unidade penitenciária à noite. Além disso, o detento tem o benefício de reduzir o tempo de pena através do trabalho: um dia é reduzido a cada três dias trabalhados.

quinta-feira, 14 de março de 2019

Proibição de casamento para menor de 16 anos é sancionada pelo governo federal


Foi sancionada pelo presidente Jair Bolsonaro a lei que proíbe o casamento de menores de 16 anos. A Lei 13.811, de 2019, foi publicada nesta quarta-feira (13) no Diário Oficial da União (DOU) e entra em vigor imediatamente.

Originada de projeto de autoria da ex-deputada Laura Carneiro (PLC 56/2018), a matéria foi aprovada pelo Senado em fevereiro. 

O Código Civil (Lei 10.406, de 2002) prevê a possibilidade na qual pais ou responsáveis de jovens com 16 e 17 anos podem autorizar a união. 

O novo texto estabelece que “não será permitido, em qualquer caso, o casamento de quem não atingiu a idade núbil”.

A legislação anterior admitia o casamento em caso de gravidez ou para evitar imposição ou cumprimento de pena criminal, já que ter relações sexuais com menores de 14 anos é crime com pena que vai de 8 a 15 anos de reclusão. 

Apesar de o Código Penal não prever mais a extinção da pena com o casamento, a menção a essa situação não havia sido revogada no Código Civil.

O Brasil é o quarto país em números absolutos com mais casamentos infantis no mundo. 

No país, 36% da população feminina se casa antes de completar os 18 anos. 

Levantamento do Banco Mundial, divulgado em 2015, aponta que o número de matrículas de meninas no ensino secundário (parte do ensino fundamental e todo o ensino médio) e o coeficiente de emprego das mulheres são mais altos onde a idade legal para elas se casarem é 18 anos ou mais. 

“Níveis educacionais mais baixos devido ao casamento infantil também podem afetar a capacidade da mulher de conseguir emprego”, revela o relatório.

Fonte: Agência Senado

terça-feira, 12 de março de 2019

Câmpus de Arraias dispõe 40 vagas em dois cursos; inscrições até 14 de março


Até a próxima quinta-feira (14 de março) estarão abertas as inscrições para o Vestibular 2019/2 da Universidade Federal do Tocantins, com oferta total de 781 vagas distribuídas em 42 cursos.

No Câmpus de Arraias, na região Sul do Tocantins, há vagas para os cursos de Matemática e Pedagogia. São 40 vagas, 20 para cada curso. 

As inscrições custam R$ 120,00 e podem ser feitas por meio do site da Comissão Permanente de Seleção até às 23h59 do dia 14 de março de 2019.

De acordo com o cronograma, a relação preliminar das inscrições confirmadas será divulgada no dia 26 de março, com homologação prevista para o dia 9 de abril.

A prova desta edição do Vestibular ocorrerá no dia 19 de maio. Confira todo o cronograma no Edital de Abertura no site da Copese

Conheça os cursos ofertados

Matemática- Licenciatura 

Formar professores de Matemática para atuarem na Educação Básica, com conhecimentos técnico-científicos articulando a Ciência Matemática, a Educação e a Educação Matemática; com visão de seu papel social, comprometidos com a produção dos saberes matemáticos historicamente construídos pela humanidade e com o processo de ensino e aprendizagem; capazes de refletir sobre sua prática, de modo a desenvolverem estratégias de ensino que promovam a autonomia e a flexibilidade do pensamento matemático dos educandos.

Pedagogia- Licenciatura 

O Curso de Pedagogia (Licenciatura) destina-se a formação de professores para exercer funções de magistério na Educação Infantil e nos Anos Iniciais do Ensino Fundamental, nos Cursos de Formação de Professores em Nível Médio, na Educação Profissional na área de serviços e apoio escolar e em outras áreas nas quais sejam previstos conhecimentos pedagógicos. 

As atividades docentes também compreendem participação na organização e gestão de sistemas e instituições de ensino, englobando: 

- planejamento, execução, coordenação, acompanhamento e avaliação de tarefas próprias do setor da educação e de projetos e experiências educativas não-escolares; 

- produção e difusão do conhecimento científico e tecnológico do campo educacional em contextos escolares e não-escolares.
Saiba mais

A UFT tem 64 cursos de graduação, com 641 professores doutores e 345 professores mestres, distribuídos em sete Câmpus. 

As aulas da graduação presencial são ministradas, atualmente, para mais de 15 mil estudantes de todas as grandes áreas do conhecimento humano.

A Universidade tem Câmpus nas cidades de Araguaína, Arraias, Gurupi, Miracema, Palmas, Porto Nacional e Tocantinópolis. 

A oferta de vagas neste vestibular abrange seis dos sete Câmpus; apenas Tocantinópolis não terá vagas ofertadas neste processo seletivo.

Fonte: UFT

Detran do Vapt Vupt de Campos Belos (GO) está fechado






"Caro Dinomar, Como vai? 


Meu nome é Lívia Geralda Queiroz. 

Quero compartilhar a minha revolta e indignação com o posto do Detran do Vapt Vupt daqui de Campos Belos. 

Foi até lá hoje, 11/03, para pegar a minha CNH e para minha surpresa estava fechado e com um aviso (em anexo) de que estão aguardando nova nomeação de funcionários. 

Sem data prevista, sem qualquer outra explicação. Agora me pergunto, o que farei? Minha CNH já venceu e como vou provar que estou aguardando nomeação de funcionário para pegar a nova CNH? 

Como posso continuar dirigindo com uma carteira vencida? E se eu for abordada numa fiscalização, o que irá acontecer? Pagarei multa?... 

Eita, como é difícil ser um cidadão quando os órgãos públicos e a burocracia travam nossa vidas."


------------

"Boa tarde amigo.

Olha só o que vem acontecendo no DETRAN em Campos Belos, fui lá hoje pra buscar minha CNH que renovei e encontrei esses avisos, um só funcionário e este saiu de férias.

E os usuários ficam como?

Tenho que retirar a minha CNH pois dependo dele pra o meu trabalho e não vou poder pegar agora, só mês que vem, e já nem sei o que fazer, peço encarecidamente aos responsáveis que resolvam isso urgente, pois existem pessoas que dependem assim como eu.

Desde já agradeço."

Arraias (TO): Cinco casos de apreensões de maconha, cocaína e crack são registrados no fim de semana


Cinco apreensões de drogas realizadas nos últimos três dias no Tocantins pela Polícia Militar (PM) são parte de ações de intensificação de abordagens nos fins de semana. 

Das ocorrências, quatro são de tráfico e uma de posse de drogas.

As ações ocorreram em Porto Alegre do Tocantins, Conceição, Augustinópolis, Arraias, Miracema e Gurupi de sexta-feira, 8, até domingo, 10. 

 Os presos durante as ações policiais se apresentaram às delegacias responsáveis e ficarão à disposição da justiça.

Casos

Conforme a PM, entre as ocorrências está uma apreensão de crack após uma tentativa de homicídio. No sábado, 9, em Porto Alegre do Tocantins, os militares localizaram um suspeito e na abordagem foi encontrado com ele uma porção de uma substância análoga ao crack.

Após ser detido, ele confessou ser um traficante da região e em buscas na sua residência mais porções da mesma droga e de cocaína estavam escondidas. 

No local, a PM também encontrou uma arma de fogo diversas embalagens para embalar as drogas, balança de precisão, dois celulares e o valor de R$ 28,50.

Ainda no mesmo dia, em Augustinópolis, os policiais abordaram dois suspeitos de tráfico de entorpecentes. 

Um dos detidos tentou jogar as drogas fora. A PM ainda apreendeu R$ 470,00, um sachê de substância análoga à cocaína e quatro embalagens de substância análoga à maconha. A ação contou com a ajuda da Polícia Civil.

Já no domingo, 10, em Arraias e em Conceição do Tocantins, dois homens de 29 e 28 anos acabaram presos ao serem abordados com drogas. As detenções ocorreram após moradores acionarem a polícia. 

Nas buscas, a PM localizou 18 papelotes de substâncias análogas à maconha junto aos suspeitos.

Fonte e texto: Jornal do Tocantins 

Sebrae Goiás oferece assessorias e atendimentos para quem foi excluído em 2019


O prazo para que Micros e pequenos empresários regularizasse sua empresa, inserida no regime do Simples Nacional, terminou no último dia 31 de janeiro. 

Encerrado o prazo para quitação das dívidas e/ou regularização das pendências junto à Receita Federal, e este não tendo sendo cumprido, sua empresa é automaticamente excluída do Simples, passando a ser tributada pelo Lucro Presumido, ou Pelo Lucro Real. 

Este sistema é voltado para facilitar o recolhimento de impostos das Microempresas (MEs) – empresas que possuem receita bruta anual de até R$ 360 mil – e Empresas de Pequeno Porte (EPPs) – com receita bruta anual entre R$ 360 mil e R$ 4,8 milhões.

Em todo o país foram excluídas do Simples Nacional 521.018 micro e pequenas empresas, sendo 21.598 delas só no estado de Goiás.

A exclusão do Simples Nacional pode ocorrer por opção do contribuinte; por excesso de receita ou ultrapassar os limites; por apresentar uma situação impeditiva, ou; por uma penalidade, podendo ser de ofício. Mas o fator mais comum é a falta de algum pagamento obrigatório.

Se o empresário não pediu o parcelamento da dívida até o final de janeiro, junto ao site do Simples Nacional, sua empresa passará a apurar os impostos pelas regras normais de tributação, lucro real, ou presumido. Resumindo: é mais dinheiro saindo do seu bolso para o pagamento de impostos ao Governo Federal.

Com a saída do Simples Nacional, a empresa terá um aumento significativo em sua carga tributária, principalmente para aquelas que possuem uma folha de pagamento elevada. 

E, ainda, quem também pode sentir mais este aumento são as empresas de serviços, que geralmente possuem margem de lucro mais elevada do que as empresas comerciais e/ou industriais.

A consulta à situação fiscal da empresa pode ser feita por meio do Portal do Simples Nacional na internet. 

(http://www8.receita.fazenda.gov.br/simplesnacional)

O Simples Nacional é um regime simplificado de pagamentos de tributos federais, estaduais e municipais que traz diversos benefícios às micro e pequenas empresas, entre eles estão a fiscalização orientadora; preferência nas licitações; redução das obrigações trabalhistas; representação na Justiça do Trabalho; estímulo ao crédito; capitalização e inovação; apoio à certificação; acesso ao mercado externo e inscrição e baixa das microempresas e empresas de pequeno porte.

O Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae Goiás) está com sua equipe de consultores preparada para o atendimento aos clientes que foram excluídos do Simples Nacional e que se interessam em retornar ao sistema no próximo ano. 

“A instituição está com uma programação de cursos, consultorias e orientações para melhorar a gestão da empresa e obter as vantagens deste regime tributário diferenciado para o segmento dos pequenos negócios.” informa o diretor-superintendente do Sebrae Goiás, Leonardo Guedes.

“O Sebrae está ofertando na Capital e no interior, nos 12 Escritórios Regionais e nas quase 40 Agências Sebrae em Goiás, atendimento (presencial ou a distância), orientações, consultorias e capacitações adequadas para auxiliar os empresários que foram excluídos do regime, durante todo o ano de 2019, para que eles façam os ajustes em suas empresas e, assim, retomem o enquadramento a partir 2020. 

Enfatizamos que os empresários podem contar com os serviços do Sebrae, que está sempre ao lado dos empreendedores para apoiá-los nesta caminhada de reenquadramento de suas empresas”, frissa o superintendente do Sebrae Goiás, Leonardo Guedes.

De acordo com o presidente do Conselho Deliberativo do Sebrae Goiás, empresário e presidente da Federação das Associações Comerciais e Industrias do Estado de Goiás (Facieg), Ubiratan da Silva Lopes,o mais importante a fazer é aproveitar o prazo de até dia 31/01 de cada ano, para que o empresário regularize suas pendências junto ao Simples Nacional.

“Embora o prazo possa parecer curto, vale lembrar que o pagamento pode ser feito também com parcelamento em até 120 vezes”, ressalta Lopes.

O procedimento é feito por meio do contador da empresa, pois ele acompanha as alterações na legislação e tem a dinâmica da rotina que envolve os acertos fiscais.

Os empresários que perderam o prazo em 2019 têm que aguardar janeiro de 2020 para dar entrada com a documentação de solicitação de alteração de regime tributário. 

“Entretanto”, reforça Lopes, “durante este período pode contar com toda orientação do Sebrae Goiás que está disponibilizando uma série de ações para os empresários”.

Sebrae Regional Nordeste Goiano

As empresas instaladas nos vinte e um municípios da região nordeste de Goiás que tiverem dúvidas sobre sua situação junto ao Simples Nacional poderão entrar em contato com o escritório do Sebrae em Posse, através do telefone (62) 3481-9300, WhatsApp (62) 9.9275-4113, ou e-mail regionalnordeste@sebraego.com.br, ou ainda pelo Call Center 0800 570 0800 ou site www.sebraego.com.br, onde o empreendedor tem a sua disposição a ferramenta Fale com o Sebrae, permitindo um atendimento via chat com consultor especialista.

Entrando em contato com o escritório do Sebrae em Posse, o empreendedor poderá também agendar uma possível visita do Sebrae a sua empresa, obter informações ou orientações gerais sobre pequenos negócios e gestão empresarial, além de ter mais informações ou solicitar uma consultoria empresarial, parcialmente subsidiada pelo Sebrae, nas áreas de Marketing, Finanças, Vendas, Atendimento ao Cliente, Gestão de Pessoas, Compras e Estoque ou Planejamento.

O empreendedor tem também a sua disposição as consultorias SEBRAEtec, com foco em inovação para os pequenos negócios, abordando as seguintes áreas: 

Design, Produtividade, Propriedade Intelectual, Qualidade, Inovação, Sustentabilidade e Serviços Digitais, sendo que nesta modalidade o Sebrae assumirá 70% do custo do projeto para o empreendedor.

Capacitações já agendadas:




Para tirar dúvidas sobre sua situação junto ao Simples Nacional entre em contato com o escritório do Sebrae em Posse:

Telefone (62) 3481-9300 – WhatsApp (62) 9.9275-4113 ou pelo Call Center 0800 570 0800

segunda-feira, 11 de março de 2019

Monte Alegre (GO): adolescente de 16 anos está desaparecida. Pais e familiares estão desesperados





Uma adolescente de Monte Alegre de Goiás, no nordeste do estado, está desaparecida desde o último sábado (9).

Taylam Cris Ramos da Costa é filha do conhecido professor Carlos Costa e reside no Distrito da Prata, com os avós. 

Ela saiu da Prata na noite de sábado e ainda não retornou. As informações dizem que a garota saiu com um rapaz maior de idade. 

Mas o rapaz, quando indagado, apresenta várias versões para o desaparecimento. 

O pai informou que a menina tem supostamente entrado em contato via Whatsapp, mas os textos enviados estão "estranhos", com linguajar muito diferente do utilizado por ela.  

A cada hora, as preocupações só aumentam. 

A família já procurou a polícia civil e informou sobre o sumiço. 

Se você tiver contato com a adolescente ou qualquer informação, entre em contato: 061 3461- 1025 do avô, 062- 996533479 (Carlos Costa, Pai).

Justificativa: SAMU não compareceu a atendimento em Campos Belos porque todas as viaturas estavam empregadas em outros socorros, afirma órgão



"Boa tarde Dinomar,


Justificando a ausência da viatura no atendimento da ocorrência na GO 118 próximo à rodoviária. 

No dia anterior ao fato, tivemos 3 emergências com necessidade de remoção pela ambulância, e teve a necessidade de retirar 1 dos condutores do Samu para realizar uma dessas remoções. 

Por volta de 22 horas do mesmo dia, teve uma remoção de um paciente regulado também  em estado de emergência e tivemos a necessidade de desativar a base e deslocar a equipe que estava de plantão no SAMU para fazer a remoção dessa emergência, totalizando 4 ambulâncias na estrada no mesmo dia. 

Na ocorrência de uma emergência e apenas 1 motorista em condição de viajar, sentiu-se a necessidade de dar a preferência para a emergência. 

Diante disso sentimos a ausência da viatura, mas os nossos motoristas acabam colocando a vida em risco nas viagens de remoção onde os mesmos fazem viagens constante em Goiânia e acabam não tendo condições de retornaram logo após a chegada aqui em Campos Belos."

Vídeo polêmico: " No Brasil, mulher mata mais homens em violência doméstica, do que o contrário", diz pesquisadora


Em Campos Belos (GO), mulher é atropelada e SAMU não comparece. Vítima foi transportada na carroceria de uma caminhonete




No último dia 28 de fevereiro, em Campos Belos, na rodovia GO-118, ao lado da rodoviária, por volta das 18h, uma idosa foi atropelada por uma moto.

Segundo testemunhas, a moto estava sendo guiada por um menor, que teria  fugido sem prestar socorro. 

Populares que estavam em frente à Montana Distribuidora de Bebidas prestaram os primeiros socorros e acionaram a PM e o SAMU (Serviço de Assistência Médica de Urgência). 

Diante da demora, uma viatura da Polícia Militar se deslocou até à sede do SAMU e foram informados de que o veículo estava quebrado. No ínterim, solicitaram uma ambulância para socorro, que também não estava disponível.

Diante da sequência de obstáculos, os militares levaram funcionários do SAMU na viatura da PM, junto com material, onde finalmente conseguiu-se fazer o resgate da vítima

Improvisado, o  socorro durou cerca de meia hora e a idosa gemia com fortes dores e com suspeita de fratura no braço e reclamava também de dores na perna. 

Um netinho da vítima, com cerca de 8 anos de idade, ficou o tempo todo ao lado da avó e, por óbvio, muito assustado. Ele foi amparado por populares, que  entraram em contato com parentes, ainda durante do atendimento. 

A criança, apesar de assustada, nada sofreu.

Diversas pessoas que estavam no local ficaram indignados com a demora e questionaram as responsabilidades.  

A pergunta que não quis calar foi: o que ocorreu de fato com a ambulância do SAMU? há apenas uma ambulância? 

Quais medidas devem ser tomadas para que este tipo de situação não volte a ocorrer?

O blog entrou em contato com a secretaria municipal de saúde, que até agora não respondeu às indagações. 

domingo, 10 de março de 2019

Campos Belos (GO): visita oficial do Governador do Rotary Club é marcada por 4 admissões




No final de fevereiro, o Rotary Club (RC) de Campos Belos recebeu, em visita oficial, o Governador do Distrito 4530, Vertinho de Oliveira. 

Juntamente com o governador, acompanharam-no a coordenadora Distrital das Casas da Amizade, Ildete, o governador assistente Peres e os companheiros Aclimino, José Ribamar e Vílson, do RC de Sobradinho.

Dentro da programação, ocorreu uma recepção na entrada da cidade, em seguida uma foto no marco rotário e um almoço com parte dos associados do clube. 

Na parte da tarde, o Governador Vertinho, juntamente com sua esposa e o governador assistente conheceram as instalações do IF Goiano - Campus Campos Belos, um parceiro do clube em projetos ligados à sustentabilidade ambiental. 

Na ocasião, foi apresentado um projeto ao governador que visa atender a área de enfoque Desenvolvimento Econômico e Comunitário. 

A intenção é obter a aprovação do projeto na Fundação Rotária e conseguir subsídios globais para torná-lo uma realidade.

À noite ocorreu a assembleia com os associados representativos e em seguida uma reunião de confraternização e admissão de novos companheiros admitidos: Ubiratan Silva, Valdir Gomes, Rafael Miranda e Kleverton Ferreira.

Em São Domingos (GO), homem é morto a tiros. Há suspeita de crime passional



Um crime de homicídio assustou os moradores da pacata cidade de São Domingos, nordeste de Goiás, na última sexta-feira (8).

Carlos Eduardo Batista dos Santos, de 20 anos, natural de Posse (GO), foi morto a tiros, dentro de casa de um amigo, por volta das 14h, 

O assassinato ocorreu na Rua E1, no setor Aeroporto.

Uma testemunha, de 23 anos, disse à Polícia Militar que a vítima havia chegado em sua casa e almoçado com ele.

E num determinado momento, ele, o dono da casa, saiu da sala para ir à cozinha, preparar um suco para a sua mãe, que naquele momento encontrava-se em uma outra casa imediatamente vizinha ao local e também de sua propriedade.

Quando estava preparando o suco, ouviu um estampido característico de disparo de arma de fogo e que, para se defender, abaixou-se por detrás dos móveis da residência.

Segundos depois, saiu em direção à sala, deparando-se com a vítima Carlos Eduardo Batista dos Santos inerte e caída no chão. 

A testemunha e dono da casa disse também à Polícia Militar não ter visto o autor, contudo, suspeita ser um outro rapaz, morador do setor e com quem diz ser do conhecimento de todos um relacionamento extraconjugal da esposa dele com a vítima. 

A testemunha foi conduzida à delegacia de Polícia Civil local para conhecimento e providências, assim como o corpo de Carlos Eduardo Batista foi encaminhado ao IML de Campos  Belos. 

A vítima possui diversas passagens pela Polícia Civil, que investiga o caso. 

Familiares de detentos do presídio de Arraias (TO) denunciam agressões dentro da custodia



Familiares de presos do presídio de Arraias (TO) procuraram o blog, neste domingo, para denunciar supostas agressões contra os reeducandos ali internados sob a batuta do Estado. 

"No episódio, bateram muito nos presos e de forma muito injusta. Foram mais de 15 presos que apanharam durante uma revista", reclamou um dos familiares.

É fundamental que o Ministério Público do Tocantins apure a denúncia, assim como as corregedorias dos órgãos responsáveis pela segurança pública no estado.

O preso tem que pagar por seus erros e de forma exemplar. Mas devem ser tratados com dignidade e respeito. Essa linha não se pode ultrapassar.

Afinal, estamos numa sociedade em que vigora o Estado Democrático do Direito, onde há normas, leis e regras para se coibir qualquer ato que fira a disciplina dentro da carceragem. 


Particularmente, acho que o sistema prisional brasileiro está falido, e vejo um absurdo a ociosidade e a falta de trabalho, assim como a falta de controle do Estado dentro das cadeias.

Mas acima de tudo, vejo com estranheza e repudio o tratamento de dignidade humana e respeito que não são dispensados aos presos. 

Ainda mais ações violentas partindo do próprio Estado. 

Por óbvio, deve-se comprovar as denúncias feitas em Arraias, mas desde já temos que conclamar os profissionais da segurança pública, de modo geral, a ter um postura mais profissional, por intermédio de uma mudança de cultura. 

A barbárie não interessa a ninguém. Afinal, estamos em um país civilizado, apesar da imensidão de problemas.

E vamos aguardar o pacote de medidas para segurança pública, do ministro Sérgio Moro e do presidente Bolsonaro, para ver se dão uma sacudida geral na situação dos presídios e das custódias de presos neste Brasil afora.

É caótica a situação da rodovia TO-110, entre Tocantins e Goiás







Está caótica a situação da rodovia TO-110, que liga a cidade de Novo Alegre, sudeste do Tocantins, à cidade de Campos Belos, no nordeste de Goiás.


A estrada está pior do que as ruas e avenidas de Porto Príncipe, a capital do Haiti, o país mais pobre das Américas. 

A reclamação é generalizada. 


Todos os dias, milhares de pessoas são obrigadas a trafegar por essa rodovia, para trabalhar ou para escoar a produção agrícola. O que encontram? essa pouca vergonha.

Um verdadeiro atestado de incompetência, falta de gestão da coisa pública e uma total falta de respeito com o cidadão contribuinte.  

Passa da hora do Ministério Público do Tocantins agir com uma maior rigidez. É o jeito.

O governo do Tocantins, em especial os órgãos que cuidam das estradas, está dando uma de "João sem braço", dando uma verdadeira banana para pobres cidadão nesta parte do estado.

Não é por falta de reclamação. 

É cara de peroba mesmo dessa gente, que só consegue virar os olhos para essa região em épocas de eleições. 

Ano que vem é novamente período eleitoral, aí vai se perceber uma romaria de políticos bonzinhos, honestos e "gestores competentes" atrás de voto.

Meu povo, marquem essas figuras nas redes sociais e sujem os perfis deles com essas imagens escandalosas.

É o que se pode fazer, já que reclamar não tem adiantado muita coisa.

Convite: 5° Conferência Municipal de Saúde de Campos Belos ocorre nesta segunda-feira (11)



O Conselho Municipal de Saúde de Campos Belos/GO convida a todos os cidadãos para participar da 5° Conferência Municipal de Saúde de Campos Belos.

O evento será realizado no dia 11 de março, à partir das 08, no plenário da Câmara de Vereadores.

A sua presença é muito importantes no sucesso da Conferência!

Urgente: municípios do Tocantins têm até o dia 15 para pleitearem o ICMS Ecológico no Naturatins



Vence no próximo dia 15, o prazo para os municípios do Tocantins comprovarem suas ações ambientais e assegurarem seus recursos financeiros referentes ao ICMS Ecológico. 


Entretanto, nesta sexta-feira, 8, dos 139 municípios, 122 prefeituras ainda não protocolaram a documentação necessária junto ao Instituto Natureza do Tocantins (Naturatins). 

 Vale ressaltar, que o prazo não será prorrogado.

Até o momento, o órgão recebeu a documentação de 17 municípios, sendo Talismã, Alvorada, Peixe, Goiatins, Palmeirópolis, Jaú do Tocantins, Pium, Piraquê, Aragominas, Itapiratins, Figueirópolis, Santa Terezinha do Tocantins, Arraias, Cariri, Arapoema, Dueré e Babaçulândia.

A participação financeira de cada município é proporcional à pontuação obtida com o cumprimento do conjunto de critérios, que trata de temas ecológicos ou ambientais, realizados pela gestão municipal, referentes ao ano anterior à apresentação da documentação ao Naturatins.

Para obter o benefício em 2019, o gestor municipal deve acessar o site do Naturatins https://naturatins.to.gov.br/icms-ecologico/ e preencher o questionário das ações realizadas no ano de 2018, juntar a documentação comprobatória e realizar a entrega na sede do Naturatins em Palmas, para assegurar a participação do benefício.

De acordo com o inspetor de Recursos Naturais, do Naturatins, Karllayle Ribeiro de Azevedo, é muito importante que os municípios preenchem o formulário que está no site da instituição e apresente os documentos comprobatórios das ações ambientais, o quanto antes.

“No Tocantins, os municípios receberam capacitação e foram orientados sobre os procedimentos de adesão ao ICMS Ecológico. 

O Naturatins vem desenvolvendo medidas de sensibilização aos gestores municipais, para que apresentem até o dia 15 de março toda documentação exigida pela legislação”, explica Karllayle.

O inspetor destaca que o benefício visa proporcionar investimentos na área de educação ambiental, no controle e combate às queimadas, apoio a unidades de conservação e terras indígenas, de saneamento básico e de conservação do solo, entre outras. 

“Com este recurso o gestor terá maior autonomia em ações como a implantação do conselho e do fundo de meio ambiente”, assegurou.

O Naturatins dispõe de uma equipe para esclarecer dúvidas, no setor de ICMS Ecológico, por meio do telefone (63) 3218-2693, no horário de atendimento ao público, de segunda a sexta-feira, de 8h às 12h e das 14 às 18h ou via email icmsecologico.ecologico@gmail.com.

Legislação

Para mais informações os gestores que querem obter os benefícios com o ICMS Ecológico podem consultar a legislação como a Lei nº 1.323, de 04/04/02, que dispõe sobre os índices que compõem o cálculo da parcela do produto da arrecadação do ICMS pertencente ao município. A Lei nº 2.959, de 18/06/15, dispõe sobre os critérios de distribuição das parcelas municipais do ICMS. 

O Decreto nº 5.264, de 30/06/15, que estabelece sobre o cálculo do valor adicionado, da quota igual, da população, da área territorial e dos critérios ambientais, relativos à composição do Índice de Participação dos Municípios (IPM).

Fonte: Naturatins