quarta-feira, 20 de março de 2019

Todos de branco: Campos Belos pede paz


Brutalidade: em Campos Belos (GO), presas suspeitas de esquartejar homem e divulgar imagens na internet




Duas mulheres foram presas suspeitas de participar do homicídio e esquartejamento de um homem, em Campos Belos, região nordeste de Goiás. 

Segundo a Polícia Civil, um homem, também envolvido na ocorrência, foi morto durante confronto com a PM. 

Eles foram localizados depois que um vídeo e fotos do assassinato começaram a circular nas redes sociais. 

A disputa por pontos de tráfico de drogas na cidade teria motivado o crime, que segundo as investigações, foi ordenado por um detento membro de uma facção criminosa.

As detenções ocorreram na noite de terça-feira (19). 


As mulheres presas são Paloma Vitória da Silva Lopes e Brenda de Souza Cavalcante. 

Com elas, foram localizados um revólver calibre 38 e 15 munições. 

De acordo com a polícia, elas confessaram o crime e ainda não têm advogado.

Já o assassino, que posou com as armas do esquartejamento e uma orelha da vítima à mão, foi identificado como Carlos Vinícius dos Santos Rocha. 


Após trocar tiros com a PM, ele chegou a ser socorrido, mas morreu no hospital. 

Com ele, foram localizados uma pistola 9 milímetros importada, munições e uma pequena porção de crack. Ele portava um documento de identidade falso.

"Ele tentou fugir escondendo-se em um matagal, mas nós o perseguimos e o localizamos. Ao fazer a abordagem, ele atirou e nós tivemos de revidar", disse o tenente da PM Dieison Cândido Ribeiro do Carmo.

A ação de culminou com a prisão foi realizada em conjunto com as polícias Civil e Militar. 


De acordo com o delegado Carlos Eduardo Florentino Cruz, a corporação foi informada no último sábado (16) do sumiço de um homem, identificado como Claiber Eduardo Marques de Jesus. 

Três dias depois, descobriram se tratar da vítima esquartejada.

"Começamos as investigações para localizá-lo e, na terça-feira [19], começaram a circular nas redes sociais imagens do esquartejamento com um facão. 


Em uma das fotos foi possível identificar uma tatuagem do autor, que segurava a cabeça em uma mão e uma pistola na outra", disse o delegado.

A polícia ainda tenta localizar os restos mortais da vítima.

Outros crimes

A polícia começou a apurar o caso a partir de outros dois homicídios ocorridos na cidade, sendo uma mulher no dia 12, e outro homem no dia 14. 


Neste segundo caso, a vítima teve uma orelha e um braço cortados.

A partir da apuração, o delegado descobriu motivação e que o mandante dos crimes é um detento, cujo nome ele preferiu não revelar para não atrapalhar as investigações.

"Chegamos a conclusão que eles foram mandados para a cidade por um detento, recolhido no Presídio de Posse (GO), que comanda o tráfico de drogas na região e é líder de uma facção criminosa. 


Ele teria ordenado os crimes por conta de uma disputa pela liderança de territórios do tráfico", explica.

Cruz disse que já está confirmada a participação do trio nos dois últimos homicídios. Já em relação à morte da mulher, eles ainda não investigados e não há, portanto, evidências suficientes para acusá-los. 


Todas as vítimas também já tinham passagens criminais.

As duas mulheres devem ser indiciadas por posse de arma de fogo de uso permitido, de munição de uso restrito, tráfico de drogas e associação criminosa, além do homicídio. 


Paloma já tem passagem por roubo.

Já Carlos, que morreu no confronto com a PM, também tinha vasta ficha criminal, tendo respondido por latrocínio, posse de arma e roubo.

terça-feira, 19 de março de 2019

Dois homicídios e uma tentativa de homicídio voltaram a causar terror e a assustar moradores de Campos Belos (GO)


Dois homicídios e uma tentativa de homicídio voltaram a causar terror e a assustar os moradores de Campos Belos, nordeste de Goiás, neste início de março.

E ao que tudo indica todos os casos estão intrinsecamente ligados ao consumo e tráfico de drogas na cidade.


Um problema que afeta o país como um todo, mas que, à partir de meados da década 2000, chegou com força aos pequenos municípios de todos os estados, principalmente em virtude da proliferação do crack.

O primeiro assassinato ocorreu no último dia 12, por volta das 22h, na QD: 4, LT: 2, do Setor Bom Retiro. 

Segundo informações colhidas pela Polícia Militar, uma equipe foi solicitada via Copom para averiguar o homicídio. Ao chegar no local, os militares perceberam que a vitima, já estava sem vida e que segundo a perícia do IML, ela havia levado três tiros na região do rosto.

A vítima era uma mulher de 43 anos. 

Cristina Barbosa de Carvalho já tinha passagens pela polícia, por homicídio no estado do Tocantins, envolvimento com drogas, onde dois dos seus ex-companheiros também foram assassinados por estar envolvidos com o trafico de drogas na cidade.

Após breve entrevista com uma testemunha, à polícia disse que a vítima já tinha recebido ligações com ameaças e os dois homens que efetuaram os disparos e mataram Cristina Barbosa estavam a pé e tomaram rumo ignorado.

O outro caso ocorreu no dia seguinte, 13 de março, por volta da meia-noite, no setor Vila Baiana, na QD: 5, LT: 32.

Após acionamento, a Polícia Militar chegou no local e encontrou a vítima, Leonel Nolasco dos Santos, caído em frente à sua residência pedindo socorro.

Ao ser questionado sobre o que havia acontecido, o rapaz disse que estava em sua casa quando foi surpreendido por dois homens não identificados, que arrombaram a porta de entrada. 

Logo em seguida ele foi alvejado por três disparos de arma de fogo. O Samu foi acionado para prestar os primeiros socorros e evacuou o rapaz para o hospital de Campos Belos.

No momento dos tiros, a vítima estava acompanhada de uma tia, que também morava na casa. 

A tia informou que estava assistindo televisão com seu sobrinho e foi ao banheiro. Foi quando ouviu um barulho na porta e o sobrinho dizendo "não sou eu, não sou eu", e três disparos de arma de fogo. Viu dois homens saindo da casa correndo.

A testemunha pegou sua filha de três anos e correu para uma casa vizinha. A tia não reconheceu nenhum dos autores e nem soube explicar para a equipe da Polícia Militar características que contribuíssem para as buscas.

Foi feito patrulhamento pelas imediações a fim de levantar informações sobre os possíveis autores do atentado, mas não foi encontrado nenhum suspeito. 

Ainda no mesmo dia, na quinta-feira (13) outro rapaz foi assassinado a tiros em Campos Belos, com as mesmas circunstâncias, agora no bairro Morada Nova,  na rua próximo ao "Mercado da Estela. 

Segundo informações, a vítima era uma pessoa trabalhadora e muito querida pelas pessoas, principalmente onde trabalhava, numa casa de ferragens.

Este blog ainda não teve acesso às informações desse segundo assassinato.

Vídeo do Dia: Uma provocação e perguntas que devem ser feitas


Cadê nossa humanidade?


Por Lívia Geralda Queiroz,

Diante dos recentes massacres em Suzano – SP e na Nova Zelândia, me pergunto: Que mundo é esse? Que tipo de ser humano estamos nos tornando?

O que adianta termos tanta evolução científica e tecnológica, se estamos deixando de lado nossa humanidade? Como bem disse Martin Luther King: Aprendemos a voar como pássaros e a nadar como peixes, mas não aprendemos a conviver como irmãos.

O que nos resta fazer? Precisamos rever nossos pensamentos e atitudes. Precisamos olhar para dentro de nós mesmos e nos perguntar: 

O que estamos deixando por onde passamos? Estamos espalhando a paz ou o ódio? Somos indiferentes ao que acontece, desde que não nos prejudique? Será que, não percebemos que o outro é uma extensão nossa? Até quando seguiremos esse caminho de egocentrismo?

Precisamos urgentemente resgatar nossa humanidade. Precisamos reviver certos valores e atitudes que parecem pequenos e insignificantes, mas, na verdade, são a base da convivência social e da “reafirmação” da nossa humanidade.

Deixo como inspiração e reflexão, o poema Gentileza de Bráulio Bessa: 


Gentileza não é obrigação,

não é regra, não é ordem, não é lei.

Gentileza é essência, disso eu sei. 


É semente que se planta em qualquer chão

e do nada nasce um pé de gratidão

irrigado pelas águas da igualdade

bate um vento e voam folhas de bondade,

num instante se espalha em todo canto.

Gentileza não é cara e vale tanto,

ser gentil é ser rico de verdade



É ser rico de alegria e bom humor,

é falar “com licença”, “obrigado"

é dizer um “bom dia" até calado,

num olhar ou num gesto de amor. 


É pedir sem esquecer um “por favor”,

é ser justo, bondoso, solidário,

é ser forte, é ser revolucionário

construindo um mundo diferente. 


Gentileza é um pedaço de Deus dentro da gente

ajudando a mudar esse cenário.

Já dizia o poeta em seu letreiro:

gentileza só gera gentileza. 


O meu verso também tem a firmeza

do amor mais puro e verdadeiro,

não carece de ouro nem dinheiro

pra ser bom com quem tá necessitando. 


Não importa se alguém tá observando,

seja homem, menino ou mulher,

cada um é o que é, e você é

os seus gestos sem ninguém tá lhe olhando.

segunda-feira, 18 de março de 2019

Justiça determina até R$ 100 mil de multa diária à Prefeitura de São Domingos (GO), por não fazer o transporte escolar de nove crianças


Desde o último dia 15 de março, a prefeitura de São Domingos, nordeste de Goiás, está obrigada, por uma decisão do Poder Judiciário, de fornecer transporte escolar para nove crianças do município. 

A juíza Erika Barbosa Gomes, após uma ação civil pública impetrada pelo Ministério Público de Goiás, deferiu, em parte, a tutela provisória de urgência, no prazo máximo de cinco dias, para que o Poder Público local forneça transporte escolar integral, gratuito e contínuo a todos os alunos residentes no Município de Guarani de Goiás (GO) e matriculados na rede pública de ensino do Município de São Domingos.

A decisão da juíza visou o acesso às escolas nas quais estão matriculados os alunos, sob pena de multa diária e pessoal que recairá sobre o Prefeito de São Domingos, Cleiton Gonçalves Martins, no valor de R$ 5 mil, limitada a R$ 100 mil. 

A ação civil pública foi ajuizada pelo promotor Bernardo Monteiro contra o município de São Domingos (GO). 

Segundo o MP, a prefeitura deixou de prestar serviço de transporte público escolar a alunos matriculados na rede municipal de ensino local, porém residentes no Município de Guarani de Goiás (GO). 

A promotoria informou que, em razão disso, nove estudantes (crianças e adolescentes) estavam impossibilitados de frequentar as aulas na localidade, embora devidamente matriculados.

O MP, ao ser comunicada dos fatos, notificou o município de São Domingos para garantir o transporte escolar aos estudantes.  

Entretanto, disse que, em resposta, a prefeitura de São Domingos informou que os alunos residem em localidade pertencente ao município de Guarani de Goiás e que não possui viabilidade orçamentária para realizar transporte de alunos residentes fora de seus limites territoriais.

Além disso, o promotor argumentou que a recusa da prefeitura não possui respaldo jurídico, tendo em vista que, além de receber repasse de verbas públicas por cada aluno matriculado em sua rede pública, vinha garantindo o transporte escolar aos alunos nos anos anteriores.

"Ao aceitar as matrículas em sua rede pública de ensino, o município se obrigou a garantir o exercício do direito à educação de forma plena, concedendo os recursos necessários para a fiel execução do direito fundamental discutido"

Por estes motivos, O MP requereu a concessão de liminar para obrigar o Poder Público Municipal a fornecer imediatamente transporte escolar integral, gratuito e contínuo a todos os alunos descritos na inicial, matriculados na rede pública municipal de ensino, que foi concedida, em parte, pela juíza Erika Barbosa Gomes. 

"Chove" reclamações contra os buracos nas vias urbanas de Campos Belos (GO)



Após a publicação de um vídeo que mostra um veículo transitando por uma das vias urbanas de Campos Belos, que mais parecia um queijo suíço de tantos buracos, nesta segunda-feira (18) "choveu" na caixa de e-mails deste blog reclamações e envios de fotos com ruas esburacadas. 

Os cidadãos-contribuintes informaram que toda a cidade está tomada de buracos. Algumas delas verdadeiras panelas à céu aberto. 

Estas imagens, por exemplo, são da Rua 26, no Setor Brejinho, próximo à garagem da Real Expresso.

"Tá assim. E o resto da cidade também", reclamou um leitor.

É hora de a prefeitura da cidade reunir seus secretários, fazer um planejamento urgente e atacar de uma vez por toda essa problemática. 

Sabe-se que em época de chuvas, há deterioração da pavimentação, notadamente porque é feita de forma desonesta com o dinheiro público, com material de baixíssima qualidade e com uma execução de obra muito abaixo dos padrões estabelecidos. 

Em épocas de invernadas, não poderia restar em outra coisa, senão em crateras sobre crateras.

Em razão disso, é mais que evidente que a prefeitura de Campos Belos deveria  ter um plano plano de contingência  para lidar com essas erosões. 

A desculpa de que não se remenda asfalto por causa das chuvas já não cola tão bem como antigamente. 


Concurso Prefeitura de Paranã TO 2019 vai abrir 88 vagas para todos os níveis



Prefeitura de Paranã, localizada a 350 km de Palmas, Tocantins, vai divulgar um novo edital de concurso público (Concurso Prefeitura de Paranã TO 2019) para o preenchimento de 88 vagas em cargos de ensino fundamental, médio e superior. As informações foram divulgadas no projeto básico do certame.

A Prefeitura agora está no processo de escolha da banca organizadora do concurso. No próximo dia 26, o município vai abrir as propostas das empresas interessadas em organizar o certame.
Concurso da Prefeitura de Paranã-TO já tem cargos definidos

Para nível fundamental incompleto, o concurso contará com vagas para auxiliar de serviços gerais (5 vagas), auxiliar de obras (3 vagas), jardineiro (1 vaga), gari (4 vagas), vigia (3 vagas), operador de retroescavadeira (1 vaga), merendeira (5 vagas), agente de saúde (9 vagas) e vigia noturno (2 vagas).

 Para nível fundamental completo, o concurso contará com vagas para motorista —CNH “D” (4 vagas), auxiliar de consultório dentário (1 vagas) e almoxarife (1 vaga). O salário dos cargos será de R$998, por jornada de trabalho de 40 horas semanais.

Para nível médio, o concurso terá oportunidades para os cargos de assistente administrativo (7 vagas), recepcionista (1 vaga), entrevistador de Cadastro Único (1 vaga), auxiliar de professor (4 vagas) e técnico em Enfermagem (6 vagas). Aqui, os salários chegam a R$998, para uma carga de trabalho de 40 horas por semana.

Por fim, para nível superior as chances serão destinadas aos cargos de enfermeiro (4 vagas), fisioterapeuta (1 vaga), farmacêutico (1 vaga), médico (1 vaga), odontólogo (1 vaga), tecnólogo em radiologia (1 vaga) e professor (20 vagas). os salários chegam a até R$4 mil, por jornada de 20, 30 ou 40 horas semanais, a depender do cargo.

A taxa de inscrição custará R$60,00 para nível fundamental, R$80 para nível médio e R$100 para nível superior.

Informações do concurso

Concurso: Prefeitura de Paranã-TO
Banca organizadora: a definir
Escolaridade: fundamental, médio e superior
Número de vagas: 88
Remuneração: até R$4 mil
Inscrições: a definir
Taxa de Inscrição: R$60, R$80 e R$100
Provas: a definir
Situação: ANUNCIADO

Fonte: Notícias Concurso 

Força Jovem empata contra seleção de Arraias antes da estreia no tocantinense


No primeiro amistoso de preparação para a estreia no Campeonato Tocantinense 2019, o Força Jovem, de Lavandeira (TO), empatou por 1 x 1 com a seleção da cidade de Arraias (TO).

Depois de um primeiro tempo de bastante movimentação e equilíbrio com chances sendo desperdiçadas por ambos os elencos em campo, o placar somente foi inaugurado na etapa complementar.

Bada, do selecionado arraiano tirou o zero do placar ao abrir o marcador para os visitantes.

Com o resultado adverso, o técnico André Gomes ainda buscando conhecer melhor o elenco que terá à disposição e observando ainda alguns outros jogadores fez as substituições técnicas e táticas no Águia Azul e conseguiu o empate no finalzinho do segundo tempo com Hugo.

No próximo fim de semana o Força Jovem realizará outro jogo amistoso, dessa vez com a seleção de Campos Belos. 

(Fonte: Carlos Augusto Craques Do Radio/Especial Aloesporte)

Vereadores de São Domingos (GO) cobram do governo estadual soluções para o transporte escolar


Acompanhados pelo deputado Bruno Peixoto, os vereadores de São Domingos, Jailson Santiago e Odair José participaram de uma reunião na última semana com a secretaria da educação do estado de Goiás, Fátima Graviole.

Na oportunidade, os parlamentares cobraram providências urgentes para solucionar as questões que envolvem o repasse dos recursos do transporte escolar, que tem se tornado um problema sério no município de São Domingos (GO), com a paralisação total dos transportadores de alunos.

A secretária se comprometeu destinar empenho total para resolver o problema herdado do governo passado, que "além de dar o calote nos professores abandonou o compromisso com os municípios de costear o transporte dos alunos da rede estadual", disse um o vereador Odair José.

domingo, 17 de março de 2019

Imagem do Dia: Um passeio pelas ruas de Campos Belos. A pista fica em frente ao CRAS



Uma forte chuva, com muita ventania, derrubou árvores e causou muitos estragos em Campos Belos (GO)




Uma chuva forte no final deste sábado (16) causou muitos danos em Campos Belos, nordeste de Goiás. 

A chuva durou cerca de vinte minutos, mas foi precedida de um vendaval muito forte, que assustou a população. 

O vento foi tão forte que até terrenos tiveram o capim deitado. Em frente à Universidade de Goiás, uma árvore caiu sobre a rede elétrica, o que causou um apagão.

Muitas árvores tombaram sobre a rede elétrica, o que deixou parte da cidade sem luz até às 2 horas da manhã deste domingo. 

O muro do Colégio Estadual Polivalente teve parte derrubada por uma árvore que tombou no local.

Na praça Matriz também houve queda de arvores. 

Por todo lado que se andava, poder ser ver árvores caídas. Em alguns bairros, pessoas com escadas arrumavam os telhados. 

Funcionários da prefeitura foram vistos trabalhando para que as coisas voltassem à realidade. 

O ativista Social Jefferson Victor e colaborador deste blog deu uma volta pela cidade para ver o estrago. 

O muro do Sindicato Rural caiu cerca de uns 40 metros. Uma estrutura metálica próxima ao Sindicato também foi totalmente destruída. 

Placas publicitárias foram derrubadas e alguns painéis do comércio foram rasgados totalmente. 

O Diretor da Limpeza da Prefeitura, Antonio Peru, e sua equipe usaram uma motosserra para desobstruir parte da pista em frente à prefeitura. 












sábado, 16 de março de 2019

Minuto de silêncio pelas vítimas da Escola Estadual Raul Brasil


Hoje o dia começou com uma reflexão sobre como podemos contribuir para a construção de um mundo pacífico. 

Minuto de silêncio em homenagem às vítimas e familiares da Escola Estadual Raul Brasil foi feito pelos presentes.

Antes do início das aulas desta quinta-feira, 14, alunos e servidores de reuniram no pátio frontal do campus para que uma rápida reflexão fosse feita: como contribuir para a construção de um mundo em que seja possível viver em paz. 

Diante da tragédia ocorrida na Escola Estadual Raul Brasil, em Suzano, São Paulo, a tristeza e a dor são de todos neste momento.

Toda a equipe do IF Goiano - Campus Campos Belos, juntamente com seus alunos, externa os nossos mais sinceros sentimentos. 

Ao fim do encontro, um minuto de silêncio em homenagem às vítimas e familiares foi feito e todos se dirigiram às salas de aula.

Fonte: IF Goiano

sexta-feira, 15 de março de 2019

Leandro Fox pede Quartel de Bombeiros para Campos Belos (GO)



O político de Campos Belos Leandro Fox apresentou recentemente ao deputado  "Paulo Trabalho" uma grande necessidade da cidade, que é a falta de unidade do Corpo de Bombeiros.

Segundo Fox, a implantação da unidade não irá atender somente Campos Belos, mais toda região da GO-118, pois o Corpo de Bombeiro mais próximo está na cidade de Posse (GO), distante cerca de 218km.

"Tendo em vista a importância desse Batalhão, apresentamos um requerimento pedindo a instalação da corporação na cidade, que será de grande importância para a cidade. 

Agradeço meu amigo Deputado Paulo Trabalho pelo empenho de lutar pela cidade de Campos Belos - GO", Fox. 

Já Publicamos no Blog

Pedro Chaves (PMDB) vai destinar emenda de R$ 250 mil para a construção do quartel dos Bombeiros em Campos Belos (GO)

Pedro Chaves (PMDB) informa ao prefeito de Campos Belos emendas de mais de R$ 1 milhão

Advogado que atuou na Prefeitura de Aurora denuncia irregularidades na gestão do município



Um vídeo divulgado em redes sociais e aplicativos de mensagens tem causado polêmica no município de Aurora do Tocantins, a cerca de 500 km de Palmas na região sul do estado. 


No vídeo o ex-advogado da prefeitura do município, Milton Félix, faz críticas à gestão do prefeito Aloilson Cardoso (PTB) e à primeira-dama Valda Maria Damaso.

O advogado aponta supostas irregularidades na Prefeitura de Aurora como o não pagamento de valores referentes a empréstimos consignados descontados em folha dos servidores do município e não repassados ao banco, uso de maquinário da prefeitura em propriedades rurais de secretários do município e até o abastecimento de carros particulares com combustível pago pela prefeitura.

Por telefone Félix confirmou as denúncias ao Conexão Tocantins e disse que o vídeo foi feito como uma resposta a um recado enviado a ele pela primeira-dama após uma discussão em redes sociais. 


“O vídeo foi enviado diretamente à primeira-dama e a um vereador, eu não publiquei em rede social, se isso viralizou não foi porque eu divulguei”, disse o advogado.

Todo o imbróglio começou após a construção de dois quebra-molas em um bairro da cidade de Aurora. 


A obra gerou discussão no perfil de um vereador no Facebook, Félix, que trabalhou na prefeitura como advogado até o ano passado, entrou nos comentários e disse que “as mazelas do município de Aurora não se tratavam apenas de quebra-molas, mas que tinham problemas muito mais sérios a serem resolvidos” e enumerou as supostas irregularidades cometidas pela prefeitura.

Após o comentário, Félix diz que recebeu recados da primeira-dama. “Ela disse que havia tirado prints e que faria representação contra mim na OAB porque eu havia ferido o código de ética dos advogados”, informou o advogado.

Como resposta Félix diz à primeira-dama no vídeo que não tem medo das ameaças e que seria muito melhor que Valda “tomasse muito cuidado antes de ficar ameaçando as pessoas” porque, em suas próprias palavras “eu sei de muita coisa que aconteceu e acontece na gestão deste município e que você também sabe e é conivente”, diz Félix à primeira-dama.

Na sequência da gravação Félix afirma que Valda esteve em seu escritório de advocacia pedindo que ele atuasse em uma causa particular por conta da prefeitura. “Eu disse que não faria porque isso era um serviço particular”, afirma.

O advogado faz críticas ainda à gestão da primeira-dama como secretária de assistência social do município. “Você é uma negação”, e completa “durante sua gestão como secretária nada foi feito e não se esqueça que sei que no período em que você era gestora, por muitas vezes você veio me perguntar como fazia para tirar algumas pessoas e colocar outras, querendo minha ajuda para fazer perseguição a pessoas e eu te disse que você como gestora fazia o que achava que deveria ser feito”, afirma no vídeo.

Vereador

No vídeo gravado pelo advogado sobraram críticas também ao vereador Sharlys Divino que, segundo Félix, teria dito que como advogado ele não conseguia ganhar as causas da prefeitura e, por isso, deixou o cargo. “Causas onde o município não pagou funcionário e não tem comprovante de que pagou não tem como ganhar mesmo não”, defende-se.

Mais adiante Félix também diz que a família do vereador é que “mamou” na prefeitura desde que seu irmão, que foi prefeito da cidade e condenado pela justiça pelo desvio de R$ 80 mil. “E agora o senhor está articulando para seu irmão ser contratado como assessor jurídico da Câmara”, afirma.

Denúncia

Ainda na gravação o advogado diz que fez uma notificação que será entregue ao presidente da Câmara de Aurora comunicando que o irmão do vereador Sharlys, por ter sido condenado, está proibido de exercer cargo público por 6 anos.

No vídeo, Félix também diz que irá levar as denúncias ao Ministério Público Estadual (MPE). 


Já na entrevista por telefone, ele disse que ainda não tem certeza se apresentará as provas que afirma ter. “Eu estou elaborando um documento, mas posso ou não levar ao Ministério Público, vai depender de como as coisas vão se desenrolar”.

Apesar de ser filiado por ora ao PDT e já ter concorrido ao cargo de vice-prefeito nas eleições de 2008, Félix afirma que não tem pretensões políticas por enquanto.

Respostas

Em contato com o Conexão Tocantins, o prefeito Aloilson Cardoso afirmou que as denúncias do advogado seriam pelo fato do mesmo ter tido o seu contrato com o município cancelado. 


Segundo o prefeito, o contrato venceu em 31 de dezembro e não foi renovado. “Ele não quer aceitar a demissão. Cancelei o contrato com ele e ele não quer aceitar isto”, disse.

O prefeito afirmou que vai mover uma ação contra o advogado. “Até o momento eu não tinha movido, eu gosto é de paz, tranquilidade, mas ele está fazendo por onde a gente mover ação contra ele. 


Minha vida é um livro aberto não tem pendência de nada, não devo nada a ninguém. Se tem alguma coisa que eu fiz de errado foi com aval dele, porque tudo que eu faço, as minhas atitudes têm aval jurídico”, frisou o prefeito.

Aloilson Cardoso foi eleito prefeito em 2012, reeleito em 2016 e diz que sua “identidade é limpa”.

Já a primeira-dama questionou a fala do advogado de que ela teria mandado recado para ele. “Eu não mandei recado nenhum pra ele. Se alguém levou para ele foi como fofoca. 


Só que após este vídeo aí deu para todo mundo ver que realmente um advogado não tem ética! E assim, quando ele fala que o procurei para um processo de inventário, não foi isto. 

O que aconteceu é que ele trabalhava na prefeitura e meu esposo pediu para ele acompanhar o processo de inventário de meu pai, sim. Só que ele como jurídico se não podia fazer, ele teria de ter falado que não podia. Só que ele fez o serviço e agora para me prejudicar está falando que falou que fazia particular. Em momento algum ele falou. 

Quem procurou ele foi meu esposo. Pede para ele apresentar o contrato que eu assinei que eu devo para ele. 

Ele está fazendo isto para me difamar. Todo mundo na cidade sabe quem sou eu, meu marido e quem é ele”, concluiu a primeira-dama.

O Conexão Tocantins também tentou contato com o vereador Sharlys Divino, mas as ligações para o telefone não foram completadas. O espaço para manifestação continua aberto.


Fonte e texto: Conexão Tocantins 

MPE recomenda maior efetividade na segurança das escolas estaduais de Arraias


O Ministério Público Estadual (MPE), por meio da Promotoria de Justiça de Arraias, expediu, nesta quinta-feira, 14, recomendação à secretária estadual de Educação e ao diretor regional de Educação de Arraias, orientando que sejam adotadas providências para uma segurança mais efetiva nas escolas públicas estaduais localizadas no município.

Na recomendação, é proposto que os profissionais que atuam na segurança e na vigilância das unidades escolares recebam treinamento e cursos de capacitação e aperfeiçoamento. 

A intenção é garantir um controle mais eficiente de entrada e saída de pessoas das escolas, bem como que sejam adotadas outras medidas para a prevenção das práticas de violência física no interior dos estabelecimentos de ensino de Arraias.

A recomendação é uma iniciativa do promotor de Justiça João Neumann Marinho da Nóbrega, que tem enfatizado em Arraias a defesa da qualidade integral da educação, inclusive atuando em favor da implementação de programa de combate à intimidação sistemática (Bullying) e promovendo palestras nas escolas que incentivam os pais de alunos a participar mais ativamente da educação dos filhos e buscam evitar comportamentos violentos, desrespeitosos e ilícitos no ambiente escolar.

Fonte: MPF

Encerrado processo seletivo para assistente de juiz em Campos Belos (GO)


O juiz da comarca de Campos Belos, no nordeste goiano, Fernando Marney Oliveira de Carvalho, informa que o processo seletivo para o cargo de assistente de juiz foi concluído.

O magistrado agradece os envios dos currículos e a participação de todos os candidatos.

Fonte: TJGO

Em Campos Belos, vereadores rejeitam Projeto de Lei que reduziria seus próprios salários



Um projeto de Lei municipal, PL 001/2019, que pretendia reduzir o salário dos vereadores de Campos Belos, no nordeste goiano, e de autoria do vereador Adroaldo de Oliveira Ribeiro (Baiano), foi votado pela Câmara Legislativa.

A maioria dos vereadores votaram contra o projeto que reduziria seus próprios salários.

Atualmente o salário mensal de um vereador em Campos Belos é de R$6.200,00. Se o projeto do vereador Baiano tivesse sido aprovado, o salário cairia para R$2.455,35.

O projeto previa que os vereadores passariam a receber o mesmo valor do piso nacional dos professores, em regime vigente de 40 horas.

Foram 6 votos contra a aprovação do projeto, 3 votos a favor e 1 abstenção.

Votaram Contra o projeto: Jurandi José dos Santos (Juranda), Lucimar Brito de Oliveira (Lucinha), Karinna Costa, Gilberto Rodrigues (Gilbertinho), Ivani Araújo (Ivone) e Arione Luciano dos Santos.

Votaram a favor do projeto: Adroaldo de Oliveira Ribeiro (Baiano), Rodrigo Ferreira e Gilson da Costa.

Absteve-se o vereador Elcimar Berto (Nego da Patrol).


Com informações de Antônio Carlos 

Por iniciativa do Ministério Público, será criada a "Colônia Agrícola de Campos Belos" para presos do regime semiaberto


Presos do semiaberto poderão trabalhar e se qualificar 

Esta sexta-feira (15) foi um dia muito importante para a cidade de Campos Belos, no nordeste de Goiás, pois foi feita a reunião inaugural do projeto de implantação do regime semiaberto no município.

A ideia é construir uma "Colônia Agrícola" para presos. 


Para isso, será usada uma propriedade rural confiscada de um traficante por ocasião da operação Avalanche, ocorrida em Campos Belos. 

Engajamento de todos 

Segundo o promotor Bernardo Monteiro, de início, se criou uma comissão composta pelo Juiz da Execução Penal, Fernando Marney, que prontamente se disponibilizou e está muito engajado e animado com o projeto.

Também fazem parte do projeto Weliton Modesto, depositário da área e José Luís, presidente do Conselho de Segurança e Defesa Social de Campos Belos.

O próximo passo será realizar uma reunião com representantes dos municípios de Campos Belos e Monte Alegre e da agência prisional, além de elaborar uma apresentação para buscarmos ajuda popular, comerciantes e sociedade civil organizada da cidade.

A ideia é criar uma Colônia Agrícola no município, para que os presos do semiaberto trabalhem e estudem, a exemplo de cursos de qualificação e escola para quem não tem.

“É o que determina a Lei de Execução Penal, mas que não vem sendo observado sistematicamente no Brasil, por falta de locais adequados”, disse o promotor.

O objetivo principal do projeto socioeducativo de reeducação no Campo é servir de oportunidades para a ressocialização de detentos, adolescentes e demais pessoas vulneráveis por meio do trabalho no campo. 

A Portaria que criou o projeto é do último dia 08 de fevereiro. 

Segundo o documento, o objetivo geral do Projeto Socioeducativo é propiciar a formação de um espaço especial para implementar o trabalho do reeducando com a terra, com a produção de alimentos, criação de animais para comercialização, além de promover a iniciativa desportiva. 

A meta é o desenvolvimento social e humanitário para a ressocialização de internos e egressos do sistema penitenciário de Campos Belos no intuito de garantir emprego, renda e dignidade.

“O trabalho externo será admissível para os presos em regime fechado somente em serviço ou obras públicas realizadas por órgãos da administração direta ou indireta, ou entidades privadas, desde que tomadas as cautelas contra a fuga e em favor da disciplina”.

Ainda segundo a Portaria, a “Colônia Agrícola, Industrial ou Similar destina-se ao cumprimento da pena em regime semiaberto”, conforme previsto no artigo 91 da Lei de Execução Penal.

Hoje a unidade prisional da cidade não dispõe de cela específica para que os reeducandos do regime semiaberto possam ficar recolhidos e os presos do semiaberto ocupam a sala de aula da unidade prisional local, sendo que os demais presos possuem acesso visual e auditivo à referida sala, possibilitando pedidos para a introdução de celulares, drogas e objetos proibidos na unidade.

Para ser ter ideia da gravidade da mistura entre os presos de regimes diferentes, recentemente um preso do semiaberto foi flagrado trazendo drogas na boca para o interior da unidade, assim como há registros de presos recolhendo-se embriagados, atrasados, e até mesmo deixam de cumprir as medidas fixadas.

Por isso é que se reputa como histórica e excepcionalmente positiva a criação da “Colônia Agrícola” de Campos Belos. 

Diferença de Regimes

O regime semiaberto destina-se para condenações entre quatro e oito anos, não sendo caso de reincidência do infrator. 

Já o regime fechado, é quando o réu recebe uma condenação de oito ou mais anos de reclusão, sendo obrigado a permanecer todos os dias na unidade prisional. 

Neste caso, são definidas quantas horas diárias de trabalho e de sol o detento poderá ter. 

Para progredir para o semiaberto, o condenado precisa cumprir um sexto de sua pena e ter bom comportamento atestado pelo diretor do presídio. 

Nesse tipo de cumprimento de pena, a pessoa tem o direito de trabalhar e fazer cursos fora da prisão durante o dia, mas deve retornar à unidade penitenciária à noite. Além disso, o detento tem o benefício de reduzir o tempo de pena através do trabalho: um dia é reduzido a cada três dias trabalhados.

quinta-feira, 14 de março de 2019

Proibição de casamento para menor de 16 anos é sancionada pelo governo federal


Foi sancionada pelo presidente Jair Bolsonaro a lei que proíbe o casamento de menores de 16 anos. A Lei 13.811, de 2019, foi publicada nesta quarta-feira (13) no Diário Oficial da União (DOU) e entra em vigor imediatamente.

Originada de projeto de autoria da ex-deputada Laura Carneiro (PLC 56/2018), a matéria foi aprovada pelo Senado em fevereiro. 

O Código Civil (Lei 10.406, de 2002) prevê a possibilidade na qual pais ou responsáveis de jovens com 16 e 17 anos podem autorizar a união. 

O novo texto estabelece que “não será permitido, em qualquer caso, o casamento de quem não atingiu a idade núbil”.

A legislação anterior admitia o casamento em caso de gravidez ou para evitar imposição ou cumprimento de pena criminal, já que ter relações sexuais com menores de 14 anos é crime com pena que vai de 8 a 15 anos de reclusão. 

Apesar de o Código Penal não prever mais a extinção da pena com o casamento, a menção a essa situação não havia sido revogada no Código Civil.

O Brasil é o quarto país em números absolutos com mais casamentos infantis no mundo. 

No país, 36% da população feminina se casa antes de completar os 18 anos. 

Levantamento do Banco Mundial, divulgado em 2015, aponta que o número de matrículas de meninas no ensino secundário (parte do ensino fundamental e todo o ensino médio) e o coeficiente de emprego das mulheres são mais altos onde a idade legal para elas se casarem é 18 anos ou mais. 

“Níveis educacionais mais baixos devido ao casamento infantil também podem afetar a capacidade da mulher de conseguir emprego”, revela o relatório.

Fonte: Agência Senado

terça-feira, 12 de março de 2019

Câmpus de Arraias dispõe 40 vagas em dois cursos; inscrições até 14 de março


Até a próxima quinta-feira (14 de março) estarão abertas as inscrições para o Vestibular 2019/2 da Universidade Federal do Tocantins, com oferta total de 781 vagas distribuídas em 42 cursos.

No Câmpus de Arraias, na região Sul do Tocantins, há vagas para os cursos de Matemática e Pedagogia. São 40 vagas, 20 para cada curso. 

As inscrições custam R$ 120,00 e podem ser feitas por meio do site da Comissão Permanente de Seleção até às 23h59 do dia 14 de março de 2019.

De acordo com o cronograma, a relação preliminar das inscrições confirmadas será divulgada no dia 26 de março, com homologação prevista para o dia 9 de abril.

A prova desta edição do Vestibular ocorrerá no dia 19 de maio. Confira todo o cronograma no Edital de Abertura no site da Copese

Conheça os cursos ofertados

Matemática- Licenciatura 

Formar professores de Matemática para atuarem na Educação Básica, com conhecimentos técnico-científicos articulando a Ciência Matemática, a Educação e a Educação Matemática; com visão de seu papel social, comprometidos com a produção dos saberes matemáticos historicamente construídos pela humanidade e com o processo de ensino e aprendizagem; capazes de refletir sobre sua prática, de modo a desenvolverem estratégias de ensino que promovam a autonomia e a flexibilidade do pensamento matemático dos educandos.

Pedagogia- Licenciatura 

O Curso de Pedagogia (Licenciatura) destina-se a formação de professores para exercer funções de magistério na Educação Infantil e nos Anos Iniciais do Ensino Fundamental, nos Cursos de Formação de Professores em Nível Médio, na Educação Profissional na área de serviços e apoio escolar e em outras áreas nas quais sejam previstos conhecimentos pedagógicos. 

As atividades docentes também compreendem participação na organização e gestão de sistemas e instituições de ensino, englobando: 

- planejamento, execução, coordenação, acompanhamento e avaliação de tarefas próprias do setor da educação e de projetos e experiências educativas não-escolares; 

- produção e difusão do conhecimento científico e tecnológico do campo educacional em contextos escolares e não-escolares.
Saiba mais

A UFT tem 64 cursos de graduação, com 641 professores doutores e 345 professores mestres, distribuídos em sete Câmpus. 

As aulas da graduação presencial são ministradas, atualmente, para mais de 15 mil estudantes de todas as grandes áreas do conhecimento humano.

A Universidade tem Câmpus nas cidades de Araguaína, Arraias, Gurupi, Miracema, Palmas, Porto Nacional e Tocantinópolis. 

A oferta de vagas neste vestibular abrange seis dos sete Câmpus; apenas Tocantinópolis não terá vagas ofertadas neste processo seletivo.

Fonte: UFT

Detran do Vapt Vupt de Campos Belos (GO) está fechado






"Caro Dinomar, Como vai? 


Meu nome é Lívia Geralda Queiroz. 

Quero compartilhar a minha revolta e indignação com o posto do Detran do Vapt Vupt daqui de Campos Belos. 

Foi até lá hoje, 11/03, para pegar a minha CNH e para minha surpresa estava fechado e com um aviso (em anexo) de que estão aguardando nova nomeação de funcionários. 

Sem data prevista, sem qualquer outra explicação. Agora me pergunto, o que farei? Minha CNH já venceu e como vou provar que estou aguardando nomeação de funcionário para pegar a nova CNH? 

Como posso continuar dirigindo com uma carteira vencida? E se eu for abordada numa fiscalização, o que irá acontecer? Pagarei multa?... 

Eita, como é difícil ser um cidadão quando os órgãos públicos e a burocracia travam nossa vidas."


------------

"Boa tarde amigo.

Olha só o que vem acontecendo no DETRAN em Campos Belos, fui lá hoje pra buscar minha CNH que renovei e encontrei esses avisos, um só funcionário e este saiu de férias.

E os usuários ficam como?

Tenho que retirar a minha CNH pois dependo dele pra o meu trabalho e não vou poder pegar agora, só mês que vem, e já nem sei o que fazer, peço encarecidamente aos responsáveis que resolvam isso urgente, pois existem pessoas que dependem assim como eu.

Desde já agradeço."

Arraias (TO): Cinco casos de apreensões de maconha, cocaína e crack são registrados no fim de semana


Cinco apreensões de drogas realizadas nos últimos três dias no Tocantins pela Polícia Militar (PM) são parte de ações de intensificação de abordagens nos fins de semana. 

Das ocorrências, quatro são de tráfico e uma de posse de drogas.

As ações ocorreram em Porto Alegre do Tocantins, Conceição, Augustinópolis, Arraias, Miracema e Gurupi de sexta-feira, 8, até domingo, 10. 

 Os presos durante as ações policiais se apresentaram às delegacias responsáveis e ficarão à disposição da justiça.

Casos

Conforme a PM, entre as ocorrências está uma apreensão de crack após uma tentativa de homicídio. No sábado, 9, em Porto Alegre do Tocantins, os militares localizaram um suspeito e na abordagem foi encontrado com ele uma porção de uma substância análoga ao crack.

Após ser detido, ele confessou ser um traficante da região e em buscas na sua residência mais porções da mesma droga e de cocaína estavam escondidas. 

No local, a PM também encontrou uma arma de fogo diversas embalagens para embalar as drogas, balança de precisão, dois celulares e o valor de R$ 28,50.

Ainda no mesmo dia, em Augustinópolis, os policiais abordaram dois suspeitos de tráfico de entorpecentes. 

Um dos detidos tentou jogar as drogas fora. A PM ainda apreendeu R$ 470,00, um sachê de substância análoga à cocaína e quatro embalagens de substância análoga à maconha. A ação contou com a ajuda da Polícia Civil.

Já no domingo, 10, em Arraias e em Conceição do Tocantins, dois homens de 29 e 28 anos acabaram presos ao serem abordados com drogas. As detenções ocorreram após moradores acionarem a polícia. 

Nas buscas, a PM localizou 18 papelotes de substâncias análogas à maconha junto aos suspeitos.

Fonte e texto: Jornal do Tocantins 

Sebrae Goiás oferece assessorias e atendimentos para quem foi excluído em 2019


O prazo para que Micros e pequenos empresários regularizasse sua empresa, inserida no regime do Simples Nacional, terminou no último dia 31 de janeiro. 

Encerrado o prazo para quitação das dívidas e/ou regularização das pendências junto à Receita Federal, e este não tendo sendo cumprido, sua empresa é automaticamente excluída do Simples, passando a ser tributada pelo Lucro Presumido, ou Pelo Lucro Real. 

Este sistema é voltado para facilitar o recolhimento de impostos das Microempresas (MEs) – empresas que possuem receita bruta anual de até R$ 360 mil – e Empresas de Pequeno Porte (EPPs) – com receita bruta anual entre R$ 360 mil e R$ 4,8 milhões.

Em todo o país foram excluídas do Simples Nacional 521.018 micro e pequenas empresas, sendo 21.598 delas só no estado de Goiás.

A exclusão do Simples Nacional pode ocorrer por opção do contribuinte; por excesso de receita ou ultrapassar os limites; por apresentar uma situação impeditiva, ou; por uma penalidade, podendo ser de ofício. Mas o fator mais comum é a falta de algum pagamento obrigatório.

Se o empresário não pediu o parcelamento da dívida até o final de janeiro, junto ao site do Simples Nacional, sua empresa passará a apurar os impostos pelas regras normais de tributação, lucro real, ou presumido. Resumindo: é mais dinheiro saindo do seu bolso para o pagamento de impostos ao Governo Federal.

Com a saída do Simples Nacional, a empresa terá um aumento significativo em sua carga tributária, principalmente para aquelas que possuem uma folha de pagamento elevada. 

E, ainda, quem também pode sentir mais este aumento são as empresas de serviços, que geralmente possuem margem de lucro mais elevada do que as empresas comerciais e/ou industriais.

A consulta à situação fiscal da empresa pode ser feita por meio do Portal do Simples Nacional na internet. 

(http://www8.receita.fazenda.gov.br/simplesnacional)

O Simples Nacional é um regime simplificado de pagamentos de tributos federais, estaduais e municipais que traz diversos benefícios às micro e pequenas empresas, entre eles estão a fiscalização orientadora; preferência nas licitações; redução das obrigações trabalhistas; representação na Justiça do Trabalho; estímulo ao crédito; capitalização e inovação; apoio à certificação; acesso ao mercado externo e inscrição e baixa das microempresas e empresas de pequeno porte.

O Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae Goiás) está com sua equipe de consultores preparada para o atendimento aos clientes que foram excluídos do Simples Nacional e que se interessam em retornar ao sistema no próximo ano. 

“A instituição está com uma programação de cursos, consultorias e orientações para melhorar a gestão da empresa e obter as vantagens deste regime tributário diferenciado para o segmento dos pequenos negócios.” informa o diretor-superintendente do Sebrae Goiás, Leonardo Guedes.

“O Sebrae está ofertando na Capital e no interior, nos 12 Escritórios Regionais e nas quase 40 Agências Sebrae em Goiás, atendimento (presencial ou a distância), orientações, consultorias e capacitações adequadas para auxiliar os empresários que foram excluídos do regime, durante todo o ano de 2019, para que eles façam os ajustes em suas empresas e, assim, retomem o enquadramento a partir 2020. 

Enfatizamos que os empresários podem contar com os serviços do Sebrae, que está sempre ao lado dos empreendedores para apoiá-los nesta caminhada de reenquadramento de suas empresas”, frissa o superintendente do Sebrae Goiás, Leonardo Guedes.

De acordo com o presidente do Conselho Deliberativo do Sebrae Goiás, empresário e presidente da Federação das Associações Comerciais e Industrias do Estado de Goiás (Facieg), Ubiratan da Silva Lopes,o mais importante a fazer é aproveitar o prazo de até dia 31/01 de cada ano, para que o empresário regularize suas pendências junto ao Simples Nacional.

“Embora o prazo possa parecer curto, vale lembrar que o pagamento pode ser feito também com parcelamento em até 120 vezes”, ressalta Lopes.

O procedimento é feito por meio do contador da empresa, pois ele acompanha as alterações na legislação e tem a dinâmica da rotina que envolve os acertos fiscais.

Os empresários que perderam o prazo em 2019 têm que aguardar janeiro de 2020 para dar entrada com a documentação de solicitação de alteração de regime tributário. 

“Entretanto”, reforça Lopes, “durante este período pode contar com toda orientação do Sebrae Goiás que está disponibilizando uma série de ações para os empresários”.

Sebrae Regional Nordeste Goiano

As empresas instaladas nos vinte e um municípios da região nordeste de Goiás que tiverem dúvidas sobre sua situação junto ao Simples Nacional poderão entrar em contato com o escritório do Sebrae em Posse, através do telefone (62) 3481-9300, WhatsApp (62) 9.9275-4113, ou e-mail regionalnordeste@sebraego.com.br, ou ainda pelo Call Center 0800 570 0800 ou site www.sebraego.com.br, onde o empreendedor tem a sua disposição a ferramenta Fale com o Sebrae, permitindo um atendimento via chat com consultor especialista.

Entrando em contato com o escritório do Sebrae em Posse, o empreendedor poderá também agendar uma possível visita do Sebrae a sua empresa, obter informações ou orientações gerais sobre pequenos negócios e gestão empresarial, além de ter mais informações ou solicitar uma consultoria empresarial, parcialmente subsidiada pelo Sebrae, nas áreas de Marketing, Finanças, Vendas, Atendimento ao Cliente, Gestão de Pessoas, Compras e Estoque ou Planejamento.

O empreendedor tem também a sua disposição as consultorias SEBRAEtec, com foco em inovação para os pequenos negócios, abordando as seguintes áreas: 

Design, Produtividade, Propriedade Intelectual, Qualidade, Inovação, Sustentabilidade e Serviços Digitais, sendo que nesta modalidade o Sebrae assumirá 70% do custo do projeto para o empreendedor.

Capacitações já agendadas:




Para tirar dúvidas sobre sua situação junto ao Simples Nacional entre em contato com o escritório do Sebrae em Posse:

Telefone (62) 3481-9300 – WhatsApp (62) 9.9275-4113 ou pelo Call Center 0800 570 0800