Banner 1

quarta-feira, 25 de maio de 2016

Saúde pública na UTI em Goiás: Paciente é transferido de hospital em carroceria de caminhonete


Um vídeo mostra um paciente sendo transferido de hospital na carroceria de uma caminhonete, em Colinas do Sul, na região norte de Goiás. 

Segundo um enfermeiro que não quis se identificar, o homem sofreu politraumatismo em um acidente de trânsito, foi atendido no Hospital Municipal da cidade e, como não havia ambulância disponível, teve de ser levado para Alto Paraíso, a 65 km do município, de forma improvisada.

“Foi a primeira vez que vi isso na cidade. Realmente uma coisa muito estranha a gente ter de passar por isso. Eu que trabalho na área nunca tinha visto. 

O paciente tinha passado por um acidente sério, foi arremessado do carro e teve um politrauma. 

O hospital achou melhor transferi-lo para a cidade dele, que é Alto Paraíso, mas uma ambulância nossa estava estragada e a outra estava fora da cidade”, contou o enfermeiro.

A gravação foi enviada à TV Anhanguera e mostra o homem com colar cervical sendo transportado junto com um balão de oxigênio e tomando soro.

O enfermeiro que fez atendimento pediu a ajuda ao vereador Joélcio Braga (PDT), que estava com a mãe internada do hospital na hora que o paciente foi transferido, para que ele segurasse a bolsa de soro fisiológico durante o transporte. 

Assista ao Vídeo

Segundo o vereador, a carroceria estava cheia de esterco.

“A caminhonete estava com um mau cheiro horrível. Eu mesmo fui sentado em um monte de cocô de vaca para segurar o soro, durante mais ou menos uma hora. No trajeto, passamos mais de 20 km de estrada de chão, na poeira. Isso tudo porque não tinha uma ambulância adequada funcionando”, conta.

Segundo Braga, o veículo que foi usado no transporte é de propriedade do Consórcio Intermunicipal de Desenvolvimento Integrado Serra da Mesa (Cidisem), que fica à disposição do município de Colinas do Sul.

O G1 entrou em contato por telefone e email com a Prefeitura de Colinas do Sul e com a Secretaria Municipal de Saúde para saber o posicionamento sobre o caso, mas não obteve resposta até a publicação desta reportagem.

fonte: G1

TSE decide pela cassação da prefeita de São Domingos (GO) e determina eleições indiretas


O Plenário do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) decidiu, em julgamentos distintos, na sessão desta terça-feira (24), que sejam realizadas eleições indiretas para os prefeitos e vice-prefeitos dos municípios de Brusque (SC) e São Domingos (GO).

A eleição indireta para prefeito e vice é feita pela Câmara Municipal.

No caso de Brusque, Paulo Roberto Eccel e Evandro de Farias foram cassados por gastos desproporcionais com publicidade institucional no primeiro semestre de 2012 e abuso de poder de autoridade durante a campanha. Os dois pediam eleição direta para os cargos.

O relator, ministro Gilmar Mendes, votou no sentido de considerar inválido o argumento dos dois cassados. 

Eles defendiam que a regra da realização de eleição indireta quando houver cassação no segundo biênio do mandato não se aplica quando a dupla vacância ocorrer em razão de causais eleitorais, devendo a eleição ser realizada na modalidade direta.

De acordo com Gilmar Mendes, em caso de impeachment do chefe do Executivo municipal, a modalidade de eleição deverá respeitar as regras da lei orgânica municipal (direta ou indireta), inexistindo, portanto, fator juridicamente razoável que autorize interpretação constitucional diversa. 

Além disso, afirmou o relator, a proximidade das eleições municipais de outubro, não torna razoável a realização de eleição direta. No caso, a lei orgânica municipal estabelece eleição indireta quando a dupla vacância ocorrer no segundo biênio do mandato.

No mesmo julgamento, ao resolver questão de ordem, os ministros decidiram rejeitar recurso que pretendia modificar decisão tomada anteriormente pelo TSE que, além de cassar os mandatos do prefeito e do vice, impôs inelegibilidades e multas.

Em julgamento anterior, o ministro Dias Toffoli, ao votar, abriu divergência e propôs a manutenção da cassação, mas afastar a inelegibilidade de ambos. 

Na sessão desta terça-feira, a maioria resolveu seguir o voto do relator Gilmar Mendes, para manter inclusive a inelegibilidade do prefeito e do vice.

São Domingos (GO)

Ainda na sessão desta noite, os ministros mantiveram a decisão do Tribunal Regional Eleitoral de Goiás (TRE-GO) de realizar novas eleições para a Prefeitura de São Domingos, no nordeste do estado. 

Porém, segundo o entendimento do Plenário do TSE, a eleição também deverá ser feita na forma indireta, em virtude da proximidade das Eleições Municipais de 2016, ao contrário do que havia decidido o TRE goiano.

A decisão foi tomada na análise conjunta de um recurso e de uma ação cautelar apresentados por Etélia Vanja Moreira Gonçalves e Ruy de Oliveira Pinto, prefeita e vice-prefeito do município. 

Eles tiveram os mandatos cassados por abuso de poder econômico, compra de votos e arrecadação e gastos ilícitos de recursos de campanha.

Etélia Vanja e Ruy de Oliveira foram eleitos em pleito suplementar ocorrido em 2013, após a rejeição dos registros de candidatura do então prefeito e do vice, Oldemar de Almeida e Domingos Jacinto Oliveira, que haviam sido eleitos no pleito ordinário de 2012.

O julgamento dos processos foi retomado na noite desta terça com o voto-vista do presidente do TSE, ministro Gilmar Mendes. 

Em seu voto, o ministro acompanhou o relator dos processos, ministro João Otávio de Noronha (que não compõe mais a Corte), manifestando-se pelo parcial provimento do recurso, afastando a condenação por captação ilícita de sufrágio, mas mantendo as sanções decorrentes do abuso de poder econômico e da arrecadação e gastos ilícitos de recursos na campanha eleitoral.

“As irregularidades no caso em tela maculam, sobremaneira, a irregularidade das contas e são suficientemente graves para comprometer a moralidade e a legitimidade das eleições, razão pela qual a sanção de cassação revela-se, a meu ver, proporcional”, destacou o presidente do TSE. 

Ele também acompanhou o relator para julgar improcedente a ação cautelar proposta, que pedia a concessão de liminar para suspender a resolução da corte goiana que tratava da realização de nova eleição em São Domingos.

Fonte: TSE

1º Arraiá Universitário da UFT ocorre no dia 11 de junho


Estudantes da Universidade Federal do Tocantins (UFT) estão prometendo um festão no 1º Arraiá Universitário, promovido por alunos, professores, técnicos, servidores e comunidade de Arraias (TO). 

A festança será no dia 11 de junho e terá tudo: casamento matuto, comidas típicas, concursos, apresentação de quadrilhas das comunidades e muita gente bonita.

Agende aí e não perca.

Mulher tem surto de cocaína e fere homem com golpe de faca, em Flores de Goiás


A Polícia Militar prendeu nesta terça-feira (24), em Flores de Goiás, uma mulher que, surtada, atentou contra a vida de um homem. 

Os militares foram acionados por volta do meio-dia, para comparecerem ao bairro Nova Flores, próximo à "barbearia do Domingos".

No local, a PM deparou-se com Nelson Baltazar de Souza ferido. 

Ele tinha sido golpeado na coxa esquerda por Silvana dos Santos Oliveira, 27 anos, natural de Cajazeiras (PB).

Outra mulher que presenciou a cena, disse que a autora do golpe é usuária de cocaína e toda vez que usa “surta” e fica transtornada. 

A testemunha também contou que ela fugiu logo após o ataque. 

A PM prosseguiu nas buscas e por volta das 17 horas, localizou a acusada, que estava na casa de um amigo, no setor Retirada. 

Inicialmente, ela negou que tivesse esfaqueado Nelson Baltazar, contudo ao pesquisar os antecedentes criminais, verificou-se que contra Silvana tinha uma mandado de prisão expedido pela justiça da comarca de Formosa (GO), pela prática de furto qualificado. 

Ela foi recolhida à prisão, onde está à disposição da justiça criminal. 

Polícia encontra carro tomado de assalto no roubo a banco em Divinópolis de Goiás


A Polícia Militar recuperou no fim da tarde desta terça-feira (24) o veículo Ford Fiesta, que foi roubado durante o roubo da agência do Banco do Brasilia, na madrugada de ontem, em Divinópolis de Goiás.

O veículo foi encontrado na zona rural do município de Cavalcante, no nordeste goiano, próximo à ponte do Rio Alma.

O carro foi abandonado no local com as chaves na ignição e os documentos da vítima espalhados pelo veículo.

Bandidos haviam invadido uma residência e tomado o carro de uma família na cidade de Divinópolis de Goiás, após uma tentativa frustrada de roubar o Banco do Brasil.

Apesar do veículo ter sido recuperado, ninguém foi preso até o momento.

A Polícia Civil segue investigando o caso.

Com informações de Antônio Carlos 

terça-feira, 24 de maio de 2016

Ausência de cidadania: "revoltadinho" queima ponte no Vão do Paranã (GO)



Este caso de vandalismo ocorreu na semana passada, mas as imagens só nos chegaram hoje à tarde.  

No Rio Ribeirão, Vale do Paranã, município de São João D'Aliança, existia uma ponte de madeira, semelhante àquelas do século passado. 

Era de péssima qualidade, é verdade. 

Não garantia segurança dos transeuntes, mas servia de passagem para muitas famílias e principalmente para o escoamento de produção. 

E não é que um "revoltadinho" inventou de resolver o problema ateando fogo na ponte?!

Agora o que era ruim, piorou. Prejuízo na certa. 

E do jeito que o governo é burocrático e lerdo para fazer suas intervenções, Deus sabe lá quando ela será reconstruída. 

A situação tornou calamitosa para centenas de moradores da região. 

Sempre é bom  lembrar que atear fogo em pontes pode ser enquadro como crime de dando ao patrimônio público. 

Agora resta à policia identificar e enquadrar o "revoltadinho" de plantão. 

Madrugada de terror em Divinópolis de Goiás: Cinco bandidos fazem família refém e tentam roubar agência do Banco do Brasil

 

A violência vem aumentando e de forma assustadora a cada dia na região nordeste de Goiás. 

Nem mesmo as pequenas cidades estão livres da ação dos criminosos.

Na madrugada desta terça-feira (24), cinco homens armados invadiram uma residência na cidade de Divinópolis de Goiás, nordeste do estado.

A residência fica ao lado do Banco do Brasil, no centro da cidade.

Numa ação criminosa ousada, digna de filme de terror, os bandidos rederam a família residente, amarram todas as pessoas, furaram um buraco na parede da casa que dá acesso ao banco e permaneceram no local até por volta das 04h30.

Na agência bancária, os criminosos cortaram o sistema de comunicação do banco e os cabos de telefonia móvel da cidade. 

Até o início da noite, a cidade estava sem qualquer sinal de celular.

Não se sabe porque, mas os bandidos não conseguiram abrir o cofre e roubaram apenas duas armas pertencentes aos guardas do banco.

Da casa das vítimas, o bando levou joias, relógios, documentos pessoais e um veículo Ford fiesta.

As vítimas só conseguiram se desamarrar após as 06h da manhã e se dirigiram ao posto da Polícia Militar para comunicar o audacioso roubo, seguido de cárcere privado. 

A Polícia Civil está investigando o caso. Até o fechamento desta matéria, ninguém havia sido preso.

Com informações de Antônio Carlos 

A jovem "Kaká" está em um posto de Formosa (GO) e precisa de ajuda


Deuzangela Jesus fez esta foto em Formosa (GO) e flagrou uma camposbelense que precisa muito de ajuda.

"Gente essa moça é a Kaká, daí de Campos Belos, que andava com o Ivan Félix.

Está aqui no posto Divisão, em Formosa, há mais de uma semana. Conversei com ela e o desejo dela é ir embora. Avise a família dela por favor. Qualquer informação, pode ligar-me (062) 96277827", escreveu a conterrânea. 

Outra leitora também escreveu e disse que a mãe da moça já procurou a prefeitura, que tentou ajudar, mas ela fugiu em situação semelhante. 

"Nossa, pouco tempo atrás a mãe dela procurou a Secretária de Saúde e pediu ajuda. A mãe ficou sabendo que ela estava perto de um posto. Levou um número de telefone, ligamos, a moça que atendeu falou que ela estava lá. Um carro da prefeitura foi buscá-la, mas, infelizmente, ela fugiu", disse Elika Ribeiro. 

É hora da Secretaria de Ação Social agir novamente e resgatar essa moça para o seio e a segurança de sua família. 

Cidadania e Política - leitor é duro com os vereadores de Arraias (TO): "As sessões da câmara viraram piada"


"Vejo que o senhor publica cartas e desabafos da comunidade em geral.

Gostaria de saber como envio o meu, pois gostaria muito que colocasse na sua pagina.

Sempre acreditei que ser político era trabalhar em pró do bem coletivo, buscar melhorias para a sua comunidade e fazer- se útil diante de todas as necessidades de sua cidade, mas infelizmente este conceito de política não existe na cidade de Arraias, em especial na Câmara de Vereadores.

Tenho vergonha de ser arraiano quando me deparo com alguns políticos que nos representam, na verdade alguns vereadores...

Creio que não preciso citar nomes, pois falar do modo como eles trabalham já direciona a cada um. 

Tenho vergonha quando eles abrem a boca, pois dela só sai xingamentos e palavras de baixo calão.

Não vemos uma discussão sadia, onde quem ganha é o melhor argumento, a melhor solução, e sim o maior grito, a melhor ameaça.

As sessões da Câmara viraram piada. Muitos já me disseram que vão assistir apenas para rir, pois infelizmente estes que cito mal sabem ler um projeto, e como iriam interpreta-lo?! 

Como o conhecimento não existe, a vós é da agressão verbal, e os poucos que não concordam não perdem seu tempo tentando argumentar, se calam deixando o baixo calão conduzir toda a sessão, e o que era pra ser uma discussão em pró de algo bom para a comunidade se torna piada, balela...e lá se vai mais um projeto para as gavetas.

A maioria dos projetos que vemos anunciar é da prefeitura, e estes por brigas políticas são sempre vetados e quem perde é a comunidade, eles mal leem, e se leem não sabem interpretar. 

Talvez por essa deficiência, é tão pouco os processos que partem destes vereadores em especial.

Estamos praticamente às véspera de eleição e agora que o nível está baixo.

A última deles foi lançar nas ruas um carro de som denegrindo a imagem do prefeito e pedindo a comunidade que não paguem o seu IPTU, pois o mesmo teve um aumento significante.

Não tiro a razão dos vereadores tomarem partido quanto a esta mudança, afinal é de interesse de toda a comunidade, mas vamos ser éticos, afinal a função que vocês exercem exige isso no mínimo. 

O papel correto é denunciar, como fizeram, se tivessem uma boa relação, chamar o prefeito para conversar, saber como a prefeitura chegou naquele aumento, o ponto de partida para tal mudança, pois com certeza foi embasado na lei.

E se não for, que o prefeito responda judicialmente, mas anunciar em carro de som, denegrindo a imagem do prefeito, mais uma vez com palavras ofensas.

Isso é demais!

Se eu disser aqui que não tomo partido, vai parecer mentira, mas na verdade não tomo, só discuto o modo como trabalhar, a ética que os mesmos deveriam ter que é primordial em qualquer função... 

Na verdade, acho que estou pedindo demais.

Estes poucos já mostraram que são assim e isso infelizmente deveria ter vindo de berço, que é a educação.

Esta talvez não a tiveram, ou seja índole mesmo. Mas é fato que o modo como são mostram no seu dia a dia, no modo como agem e conduzem as sessões e tratam as pessoas. 

Opa, não vamos generalizar, pois quando eles tem interesse no nosso voto, nossa...são outras pessoas!

Mas eu queria desabafar e ao menos pedi às pessoas menos leiga que busquem saber a veracidade das informações antes de sair repetindo o que ouve ou ler, ou compartilhando inverdades.

São muitas as inverdades que leio nestes sites de noticias, e falo inverdades porque sempre busco saber a veracidade das informações, e na maioria das vezes é não é nada que foi divulgado.

Precisava expor minha opinião! Leiam e as interpretem como quiser! 

Agora sim, aliviado!"

Formosa (GO): Adolescente é encontrada em casa com sinais de espancamento. Pai e madrasta são suspeitos


Uma adolescente de 17 anos foi resgatada com ferimentos e diversas cicatrizes na casa em que vivia com a família, em Formosa, no Entorno do Distrito Federal. 

De acordo com a Polícia Militar, o pai e a madrasta da garota são suspeitos de espancá-la e a manter em cárcere privado. A Polícia Civil investiga o caso.

Ainda segundo a PM, a adolescente foi resgatada na última sexta-feira (20), após uma denúncia recebida pelo Conselho Tutelar. 

Segundo as informações, a garota não estudava, apanhava com frequência e era mantida presa dentro de casa.

“O órgão solicitou o apoio da PM e fomos até o local. Chegando lá, fomos recebidos pelo pai e pela madrasta, que negaram qualquer irregularidade. Eles chamaram a menina e de cara eu notei que tinha algo errado, pois, apesar do forte calor, ela usava um blusão. 

Aí, enquanto os conselheiros conversavam com os adultos, me aproximei dela e pude ver algumas lesões no rosto”, explicou a cabo Paula Rios.

Segundo a policial militar, a adolescente demonstrava medo e disse que os ferimentos foram causados por uma queda no banheiro. 

“Eu notei que, diferente das outras pessoas da casa, que pareciam saudáveis, ela era muito magra. Me aproximei ainda mais e percebi mais uma cicatriz abaixo do pescoço. 

Ela estava apreensiva, olhava para a madrasta, mas deixou que eu levantasse a sua blusa. Aí já vi as diversas marcas de agressões pelo corpo todo”, relatou.

A informação repassada pela adolescente é de que ela mora com o pai e a madrasta há cerca de 1 ano e que a mãe vive em São João D'Aliança, região norte de Goiás. 

Logo após notar as marcas de agressões pelo corpo da menina, a PM avisou aos conselheiros e todos foram levados para o Centro Integrado de Operações de Segurança (Ciops) da cidade.

“O pai e a madrasta negaram as agressões o tempo todo. Porém, já na delegacia, o homem disse que tinha exagerado em uma surra que deu na filha. Só que, o legista que viu a garota, que ficou até emocionado, me disse que ela apresentava algumas marcas de lesões muito antigas. 

Sendo assim, não me parece algo pontual e sim que essa menina era espancada há muito tempo”, ressaltou Paula Rios.

O Conselho Tutelar de Formosa confirmou que a adolescente foi resgatada e levada para um abrigo na cidade.

O delegado que registrou a ocorrência e ficará responsável pelas investigações é o Antônio Humberto. 

Como ele estava de plantão no domingo (22), não foi encontrado pela reportagem para explicar por quais crimes o pai e a madrasta da menina poderão responder e como foi o depoimento deles. 

No entanto, o delegado Jandson Bernardo, do 2º Distrito Policial de Formosa, informou que o caso está em investigação.

Fonte: G1

segunda-feira, 23 de maio de 2016

Presos fazem buraco em parede e tentam fugir do presídio de Campos Belos (GO). PMs e agentes prisionais barraram a fuga




Na madrugada desta segunda-feira (23), a Polícia Militar e agentes penitenciários de Campos Belos, no nordeste de Goiás, debelaram uma fuga de presos, tentada no início da manhã. 

Os presos tentaram fugir da unidade abrindo um buraco na parede de uma das celas. 

Mas antes que a fuga se consumasse, agentes penitenciários perceberam a ação e acionaram a Polícia Militar.  

De acordo com o capitão Carvalho, comandante da PM na cidade, a tentativa frustrada ocorreu por volta das 5h.  

Um agente percebeu a fuga quando um dos detentos já estava com as pernas para o lado de fora do buraco externo. 

Ele deu um tiro de alerta, mas a PM, que já tinha sido acionada, chegou a tempo e barrou a possível debandada. 

Após a ação da PM, os presos foram remanejados para outras celas. 


De acordo com as informações da polícia, 13 presos poderiam ter fugido, porque foi feito um buraco da cela "um" para a cela "três" e desta para o corredor externo. 

Na cela "um" tinha seis presos e na sela "três", havia sete presos. 

A unidade de Campos Belos possui hoje cerca 65 presos. 

O presídio enfrenta superlotação e problemas na estrutura da unidade, que é antiga, frágil e praticamente inapropriada para ser um presídio. 

Não é segredo para ninguém que essa unidade passa por graves problemas e o Poder Público estadual, responsável pela unidade, dá "ouvidos de mercador" e não faz nada. 

Parece que espera algo mais grave acontecer, para poder remediar. 

Passa da hora de se construir uma nova cadeia pública na cidade, de preferência longe do perímetro urbano, e que proporcione salubridade aos presos e principalmente, espaço para trabalho e estudo. 

Prefeito de Campos Belos (GO) tem bens seus bloqueados pela terceira vez. Agora a ripada soma mais de meio milhão de reais


Acatando pedido formulado pelo promotores de Justiça Douglas Chegury e Paula Mattos, o juiz Fernando de Oliveira decretou a indisponibilidade dos bens do prefeito de Campos Belos, Aurolino José dos Santos Ninha, no valor de R$ 340 mil.

Chegury ressalta que esta é a terceira decisão de bloqueio de bens acolhida pela Justiça contra o gestor. 

Na primeira delas, o bloqueio foi de R$ 150 mil e, na segunda, de R$ 165 mil, num total agora de R$ 655 mil.

De acordo com a ação, o prefeito nomeou, de forma ilegal e ímproba, servidores públicos para cargos comissionados de fachada e em desvio de função. 

Apuração do Ministério Público constatou que Ninha, depois de eleito em 2012, aprovou uma lei, criando 130 cargos comissionados para o Executivo.

Para o MP, a maior parte dos cargos significou uma válvula de escape aos princípios constitucionais da obrigatoriedade do concurso público e da estabilidade. 

“Cargos e funções comissionadas somente podem ser criados se possuírem natureza de direção, chefia e assessoramento, conforme preconiza a Constituição Federal”, esclarecem os promotores.

Os promotores afirmam que, entre os cargos criados irregularmente estão o de chefe de seção de esquadrias, de divisão de pré-moldados, de alimentação, de seção de biblioteca, de seção telefônica, de parques e jardins, entre outros, que, na realidade, são cargos técnicos e que exigem a realização de concurso para provimento. 

Para eles, ficou evidente a fraude ao dever de realizar concurso público, tendo a medida como objetivo atender pedidos de emprego de apoiadores políticos do prefeito.

Recurso

Os promotores explicam que, em relação à condenação na primeira ação, com o bloqueio de R$ 150 mil, o prefeito recorreu da decisão. 

Decisão monocrática da desembargadora Beatriz Franco, do Tribunal de Justiça, manteve a decisão de primeiro grau.

Sobre o caso, ela ponderou que não se recomenda a modificação da decisão agravada se ausente evidência de ilegalidade, nulidade ou abuso de poder.

Fonte: MPGO

Há seis anos: "Padre de Campos Belos é assassinado"


Há seis anos publicamos que uma triste e lamentável notícia abatera de morte a cidade de Campos Belos, nordeste de Goiás, na manhã de sexta-feira, 21 de maio de 2010. 

O pároco da cidade tinha sido brutalmente assassinado, por um homem armado de pistola e com um disparo a queima-roupa. 

Uma discussão em torno do aluguel de um salão paroquial acabou na morte do padre Rubens de Almeida Gonçalves, de 35 anos. 

Relembre o caso 

Alerta geral: com seca, incêndios em Campos Belos começam a "dar as caras"

Imagem de arquivo
Este ano de 2016 promete ser o mais quente da história, informa a Nasa, a Agência Espacial Americana. 

Não por nada, a região do nordeste de Goiás e sudeste do Tocantins, quente e seco por natureza, deve sofrer terrivelmente nos próximos meses. 

Se não bastasse as consequências do aquecimento global, provocado pelo homem, e que afeta o planeta  de forma integral, os micro climas também são afetados com ações corriqueira das pessoas. 

Semana passada, o ativista social e blogueiro Jefferson Victor nos relatou que um incêndio consumia a serra do boqueirão de Arraias, nas proximidades da torre de celular, em pleno mês de maio. 

Choveu pouco na região,  a estiagem é severa e parece que só deve voltar a precipitar para valer em setembro ou outubro. 

A questão é grave e merece ações do governo e da sociedade. 

Mais que isso. Cada um deve fazer a sua parte. Jefferson Victor disse que possivelmente o fogo na serra foi colocado por alguém, de forma dolosa ou não.

O certo é que muita gente limpa quintais e tem a cultura de "tacar fogo no cisco",  o que pode virar um incêndio incontrolável, principalmente próximo ao pé do morro.  

É hora de todos reagirem, que o futuro, nos parece, não vai ser nada fácil.   

Novo Alegre (TO) lembra o Dia Nacional de Combate a Exploração e Violência Sexual de Crianças e Adolescentes






A prefeitura Municipal de Novo Alegre do Tocantins (TO), através da Secretaria de Assistência Social e do Centro de Referência de Assistência Social (CRAS), promoveram, na tarde do último dia 18 de maio, uma mobilização alusiva ao Dia Nacional de Combate a Exploração e Violência Sexual de Crianças e Adolescentes. 

As datas foram lembradas nesta sexta-feira dia 20 de maio, em todo o país.

Dezenas de pessoas da comunidade, entre elas muitas crianças e adolescentes da rede municipal de ensino, foram às ruas, em passeata, para lembrar a data e apoiar a luta, que é de toda a sociedade brasileira. 

O Dia Nacional é instituído pela Lei Federal 9.970/00 e é uma conquista que demarca a luta pelos Direitos Humanos de Crianças e Adolescentes em todo território brasileiro. 

A data foi criada para lembrar o “Caso Araceli”, ocorrido em Vitória, no Estado do Espírito Santo. 

A menina Araceli Cabrera Sanches, então com oito anos, foi sequestrada em 18 de maio de 1973, drogada, espancada, estuprada e morta por membros de uma tradicional família capixaba, e mesmo com muita gente acompanhando o andamento do caso, desde o momento em que a criança entrou no carro dos assassinos até o aparecimento do seu corpo, desfigurada pelo ácido, em uma movimentada rua da cidade de Vitória, todos se calaram, decretando a impunidade dos criminosos.

Entretanto o Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes vem manter viva a memória nacional, reafirmando a responsabilidade da sociedade brasileira em garantir os direitos de todas as suas Aracelis.

De acordo com a prefeitura de Novo Alegre, os trabalhos do CRAS vão desde a averiguação das denúncias, até o acompanhamento de toda família em que a criança ou adolescente tenha sofrido abuso ou violência sexual. 

O município conta com uma rede de atendimento especializado, composta pelo CRAS, Secretaria Municipal de Assistência Social.

Denúncias 

Autoridades do município informam que é importante lembrar que abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes é crime, e você pode ajudar denunciando no CREAS, através do telefone 75-3437-3580 ou Conselho Tutelar, através dos telefones 3437-2465. 

Disque 100 – serviço gratuito que funciona 24h nos sete dias da semana para receber denúncias de violência contra crianças e adolescentes. A denúncia é anônima.

Polícia prende suspeito de estuprar enteada de 10 anos no Tocantins


Na tarde da ultima quarta-feira (18), uma ação conjunta realizada por policiais civis das delegacias de Figueirópolis e Cariri do Tocantins, resultou na prisão de José Ananias Tavares de Lira, de 51 anos de idade.

Ele é suspeito de abusar sexualmente de sua enteada de 10 anos.  

José Ananias foi capturado mediante o cumprimento de mandado de prisão preventiva, quando se encontrava em sua residência, em Cariri.

Conforme as investigações da Polícia Civil, os estupros ocorriam desde o ano de 2011, sendo que o autor ameaçava a criança de morte a fim de garantir a impunidade do crime. 

Após algumas semanas de investigações, os policiais civis conseguiram reunir elementos que indicavam que os crimes estavam sendo praticados pelo suspeito.

Com base nessas informações, o delegado Vando Rodrigues de Morais, representou, junto ao Poder Judiciário, pela prisão de José Ananias, a qual foi deferida pelo Juízo Criminal da Comarca de Figueirópolis, sendo o mandado cumprido na tarde desta quarta-feira.

Após os procedimentos cabíveis, José Ananias foi encaminhado à Casa de Prisão Provisória de Gurupi, onde permanecerá à disposição do Poder Judiciário.


Outro caso grave de estupro de crianças no Tocantins

Um homem de 49 anos foi preso nesta terça-feira (17) em Araguaína, norte do Tocantins, após ser condenado por estuprar as duas próprias filhas adolescentes. 

Segundo informações da Polícia Civil, uma delas foi abusada durante oito anos e chegou a ficar grávida do homem.

Paulo Marques dos Santos deve cumprir 29 anos de prisão pelos abusos. Ele foi preso na casa dele no setor Céu Azul, por volta das 6h, em cumprimento a um mandado de prisão expedido pela Justiça. Os abusos foram confirmados por exames de conjunção.

A denúncia dos crimes foi feita pela mãe das meninas em 2011, quando os crimes começaram a ser investigados.

Segundo o delegado Rerisson Macedo, responsável pela prisão, a filha mais velha tem 25 anos atualmente. 

Os abusos ocorreram quando a menina tinha entre 8 e 16 anos, entre 1999 e 2007. Ela ficou grávida, mas sofreu um aborto, que também teria sido provocado pelo pai, conforme a polícia. O ano do aborto não foi informado.

A outra menina, que atualmente tem 20 anos, teria sido violentada em 2010. As investigações realizadas pela Delegacia da Infância de Araguaína apontaram que o homem utilizava facas para ameaçar a filha mais velha e cometer os abusos.

Com a outra adolescente, conforme o delegado, ele teria colocado medicamentos em sucos e leites para fazê-la dormir. O homem foi condenado na última sexta-feira (13). Ele está preso na Casa de Prisão Provisória de Araguaína.

Fonte: Portal do Tocantins

domingo, 22 de maio de 2016

Macaco-prego é resgatado após ficar quatro anos acorrentado em cativeiro




Diversos animais silvestres foram resgatados neste mês pelo Instituto Natureza do Tocantins (Naturatins) após denúncias anônimas de maus-tratos e entregas voluntárias. 

Entre os animais há um macaco-prego que estava preso por correntes, em um cativeiro, há cerca de 4 anos.

O animal foi encontrado pelo Batalhão Ambiental da Polícia Militar em uma casa de Tocantínia, a 75 km de Palmas, após uma denúncia anônima.

Conforme o Naturatins, esse tipo de animal costuma ser inquieto e chama a atenção por demonstrar comportamentos semelhantes à inteligência humana.

O macaco apresentava mudanças de comportamento e no hábito alimentar por causa da domesticação.

"Agora será submetido a exames no período de reabilitação para diagnosticarmos e ministrarmos tratamento de possíveis doenças. 

Tão logo esteja recuperado fará parte de um grupo para soltura branda e integração à natureza", afirmou o Naturatins.

Deixar animais acorrentados permanentemente é considerado maus-tratos, conforme a legislação ambiental. Após ser resgatado, o macaco foi levado para o Centro de Triagem de Animais Silvestres (Cetas), em Araguaína.

Apreensões

Até a última quinta-feira (19), o Naturatins recebeu 31 animais silvestres. Desses, 27 foram encaminhados para o Cetas e outras instituições parceiras. Quatro animais estavam debilitados e morreram.

Entre as espécies resgatadas estão: macaco-prego, raposa, veado, tamanduá mirim, corujas do mato, frango d´água azul, papagaios, tucanos, curiós, periquitos de encontro amarelo, quero-quero, rolinha, gaviões, araras canindé, bacurau e jabutis.

Entrega voluntária

Para denunciar a existência de um animal silvestre em cativeiro ou entregar voluntariamente basta ligar no telefone 3218-2677 ou na Linha Verde, no 0800 63 1155. 

Conforme o Instituto, não há qualquer sansão ou pena ao voluntário.
Em caso de denúncias ou insatisfação de quem está com o animal é necessário lavrar o auto de infração. 

Nesses casos, além do recolhimento do bicho e a multa aplicada ao infrator, há a divulgação dos dados.

Fonte:G1

Vôlei profissional: Minas anuncia a contratação da ponteira Domingas, de Campos Belos (GO)



O Minas anunciou nesta sexta-feira a contratação da central Fran, 23, e da ponteira Domingas, 21, como novos reforços para a temporada de 2016/2017.

Francynne Aparecida Jacintho é natural de Maringá, no Paraná. 

Ela já defendeu o Minas na temporada de 2010/11 e neste ano estava no Rio do Sul-Equibrasil.

Domingas Soares de Araújo nasceu em Campos Belos, nordeste de Goiás. 

A ponteiro chega ao Minas depois de defender o Terracap-Brasília na última Superliga.

Até o momento, o Minas acertou a permanência da levantadora Naiane, da oposta Rosamaria, das centrais Mara Leão e Carol Gattaz, da líbero Léia e da ponteira Karol Tormena e contratou a ponteira Pri Daroit.

Fran e Domingas têm marcado presença constante nas seleções de base e são promessas do vôlei brasileiro. 

Elas conquistaram o Campeonato Brasileiro de Seleções Infantojuvenil e Campeonato Paulista Infantojuvenil.

A luta e a história de Domingas, do Brasília Vôlei

Quem vê Domingas Soares em quadra soltando o braço em ataques precisos, não consegue ver que a luta da atacante do time Brasília Vôlei é bem maior do que uma partida de Superliga. 

No ultimo confronto contra o atual campeão Rexona, Dodô, como é chamada pelos amigos e fãs, saiu do banco de reservas para levar o jogo ao tie-break. 

A torcida candanga gritou e cantou seu nome durante os últimos sets e a atacante jogava pela vitória e por algo mais. 

De família humilde, a jogadora de apenas 21 anos, foi criada na zona rural de Tocantins, sua mãe ainda permanece lá, de onde apenas por recortes de jornais, consegue acompanhar o inicio de uma carreira brilhante de sua filha. 

Ainda nas categorias de base, em um Campeonato Brasileiro de Seleções, Dodô , que defendia Tocantins, conversou com o técnico Fernando, de São Caetano, que além de dar oportunidade para a jogadora, ainda fez mais, virou seu tutor. 

Até se tornar uma jogadora adulta Domingas ajudou como pode toda sua família, mas com salários de base não conseguia fazer muito. Essa temporada 2015/2016, coroou a ponteira que já defendeu e conquistou títulos pela Seleção Brasileira de Base. 

Foi seu primeiro contrato profissional e a jogadora tinha tudo pra comemorar a chance que o supervisor Sérgio Negrão, do Brasília Vôlei, deu a ela. 

Mas no final de janeiro de 2016, uma tragédia aconteceu na zona rural de Paranã (TO), onde fica o pequeno sítio da família de Dodô. 

Sua casa foi levada pela chuva, sua mãe e seu padrasto ficaram ilhados num depósito sem qualquer estrutura.

Os amigos e fãs de Dodô sabem que sua carreira ainda está só começando e que vai longe. E são muitos os que acompanham essa jogadora que encanta a todos pela humildade e por sua história onde quer que ela passe. 

Neste momento, a família de Domingas precisa de ajuda e a jogadora lançou uma campanha para reconstruir a casa da mãe. 

Em março, o site Melhor do Vôlei chegou a fazer uma campanha e pediu ajuda para que internautas participassem dos leilões de camisas e material esportivo de vários jogadores e técnicos.

Banco Santander
Domingas Soares de Araujo
Agência 3555
Conta Corrente 01087853-4
CPF: 040.045.911-63







"Chão Preto" entre Divinópolis de Goiás e GO-118 começa a tomar forma






A GO-447, que liga Divinópolis de Goiás, passando pelo Distrito de Vazante, até o entroncamento da GO-118, no município de Monte Alegre de Goiás, está ganhando forma e já é possível ver o "chão preto" em alguns trechos da rodovia.

Moradores da região esperam há mais de 30 anos por essa pavimentação da da GO-447. 

O progresso está a caminho.

Já tem até político apostando que nas eleições, no comício do Distrito de Vazante, já vão trafegar pela nova pista.

As obras não tem prazo definido para ser entregue. Enquanto isso o povo segue contando os dias para a conclusão da GO-447.

O trecho, que integra o programa Rodovida Construção, tem 61 quilômetros de extensão e custo de R$ 70 milhões.

A obra beneficiará toda a população de municípios como Divinópolis, Monte Alegre de Goiás, Campos Belos, São Domingos e demais cidades da região.

Com informações e fotos de Antônio Carlos

Brasília: MPB com Beto Sampaio e amigos


Para quem gosta de Música Popular Brasileira (MPB), em Brasília, a boa pedia acontece no dia 27 de maio (sexta-feira), no Bar do Kareca. 

Os shows começam às 22h30, com Beto Sampaio, Claudio Leola Ratinho, Roberto Betão, Marlos Reis, mais participação especial de Jacyara e Flávio Vieira, apresentando pérolas de Chico Buarque de Hollanda. 

Não Percam! 

Endereço: CNF 2, LJ. 4/5 - Pça da CNF - Taguatinga Norte/DF- fone 8489-1539. 

Falar direto com o Kareka (84891539) - reserva de mesas.

Arraias (TO): Acadêmicos avaliam perfil do público na Festa do Divino Espírito Santo em Natividade (TO)




Com o objetivo de conhecer e avaliar o perfil do público participante da Festa do Divino do Espírito Santo em Natividade-TO, acadêmicos do primeiro período do curso de Turismo Patrimonial e Socioambiental, do Câmpus de Arraias da Universidade Federal do Tocantins (UFT), participaram de uma aula de campo no município. 

A pesquisa foi realizada nos dias 14 e 15 de maio por meio de entrevistas diretas, aplicação de questionários, fotografias e observação dos participantes, e contou com o acompanhamento das professoras Noeci Carvalho Messias e Ana Cláudia Sampaio, das disciplinas de Cultura e Arte Popular e Mapeamento Turístico em Comunidades Tradicionais, respectivamente.

De acordo com a professora Ana Cláudia Sampaio, a pesquisa permitirá gerar indicadores que possam traduzir a relação entre demanda turística e destino receptor, relativos ao período da Festa do Divino de 2016. 

“O estudo da demanda e do mercado turístico pode ser de grande utilidade para o desenvolvimento de políticas públicas do setor e para a criação, atração e fixação de empreendimentos privados voltados para o turismo, setor esse que pode movimentar mais de 50 setores na sua cadeia produtiva. 

Como resultado espera-se que os dados coletados e as informações geradas neste estudo podem servir de base para o aperfeiçoamento da gestão do turismo municipal e regional, contribuindo para a organização do Festejo do Divino Espírito Santo de Natividade nos próximos anos”, comentou Ana Cláudia.

Já a professora Noeci Carvalho, ressalta que: “considero de fundamental importância possibilitar aos estudantes do curso de Turismo o acesso ao conhecimento dessas manifestações culturais a fim de que possam valorizar e respeitar a diversidade cultural do Estado do Tocantins”. 

Fonte: UFT

Vídeo II: tropa de choque da PM chega em São João da Aliança, após invasão de terra



Vídeo: após de ferimento integrante, grupo de Sem Terra desocupa fazenda em São João da Aliança



Tensão Rural: Sem Terra é ferido em tentativa de invasão de propriedade rural em São João da Aliança (GO)





Integrantes do Movimento Social de Lutas (MSL) invadiram, na madrugada deste sábado (21), uma fazenda pertencente ao ex-diretor da Assembleia Legislativa do Paraná, Abib Miguel, no município de São João da Aliança, nordeste de Goiás. 

Acusado de comandar um esquema milionário de desvio de recursos no Legislativo – revelado pela série Diários Secretos, da Gazeta do Povo e da RPC – o ex-diretor responde a diversos processos civis e criminais. 

A fazenda de reflorestamento de eucaliptos fica a 200 quilômetros de Brasília.

Segundo informações obtidas,150 famílias invadiram a fazenda Chaves (Janguito) durante a madrugada. 

No sábado pela manhã, teria havido trocas de tiros com funcionários do local e confronto com policiais.

De acordo com o coordenador nacional do MSL, Hugo Zaidan, uma integrante do grupo foi baleada pela segurança da propriedade durante a ocupação. 

Segundo o líder, houve reação de pistoleiros contratados para vigiar a fazenda. Veridiana Vieira Barbosa foi atingida por um disparo. 

A sem-terra foi levada para o hospital de São João da Aliança e não corria risco de morte.

A Polícia Militar goiana enviou um contingente para a área, mas o atirador ainda não tinha sido identificado. 

Conforme Zaidan, os integrantes do MSL mantiveram a ocupação da fazenda e o clima é tenso na região. 

Além de reivindicar a propriedade para a reforma agrária, o movimento se opõe ao afastamento de Dilma Rousseff (PT) da presidência da República.

No ano passado, uma outra fazenda de Abib, também sob bloqueio judicial, já havia sido invadida por integrantes da Frente Nacional de Luta Campo e Cidade (FNL). A invasão, no entanto, foi desfeita poucos dias depois. 

Abib possui quatro propriedades na região; um acampamento na fazenda Cerrado continua ativo.

Condenação

Abib Miguel, o “Bibinho”, foi condenado a 37 anos de prisão devido ao seu envolvimento escândalo dos Diários Secretos, que revelou um esquema de desvio recursos públicos do Legislativo do Paraná. 

Ele foi condenado por desvio de dinheiro público, formação de quadrilha e lavagem de dinheiro. 

A condenação, no entanto, foi anulada pelo Tribunal de Justiça paranaense em março de 2015 sob a argumentação de que Abib não teve amplo direito de defesa.

Fonte: Gazeta do Povo

Nas margens da GO-118

Já o site UOL diz que a fazenda pertence Edvan Bataglin - Segundo Zaidan, ele seria laranja do Abib-  foi invadida por cerca de 180 pessoas ligadas ao Movimento Social de Luta (MSL) 

A fazenda fica às margens da GO 118, próximo à praça da balança.

Ainda de acordo com o líder do MSL, os eles foram rechaçados com disparos de arma de fogo contra o grupo. 

Um homem, de nome Veridiano Barbosa Vieira, foi atingido na cabeça e após ser socorrido do hospital Municipal de São João D’Aliança foi removido para a rede hospitalar pública do DF. 

Segundo fonte ligada ao MSL, vários veículos de pessoas ligadas ao grupo foram destruídos com disparos de escopeta calibre 12, que estavam de posse dos seguranças da fazenda. 

Em represália os integrantes do Movimento Social de Luta interditaram a rodovia GO 118 nos dois sentidos, queimando pneus. 

A Polícia Militar, sob o comando do Major Carlos Eduardo Belelli, que acionou a tropa de choque e o Comando do Policiamento Tático do 16º BPM, promoveu a liberação da rodovia. 

Três ocorrências policiais foram registradas na base operacional da PM na cidade.