Banner 1

Banner 1

quinta-feira, 18 de janeiro de 2018

Arraias (TO): Médicos sumiram do plantão, dizem pacientes


Os dois médicos escalados para dar plantão no Hospital Regional de Arraias (TO) não compareceram para trabalhar na noite desta quinta-feira (18). 

A informação foi repassada por pacientes que procuraram a emergência e retornaram sem atendimento.

O blog entrou em contato com o hospital e confirmou a informação da falta de médicos nesta noite. "Se chegar emergência aqui hoje, vai morrer no corredor", disse a paciente. 

Com a palavra, a direção do hospital. 

Ex-marido mandou matar Lorraine, diz polícia


No mesmo dia em que encontrou o corpo da cabeleireira Lorraine Fernandes, de 32 anos, que estava desaparecida desde o final do ano passado, a Polícia Civil prendeu, nesta terça-feira (16), em Inhumas, dois suspeitos de participação no assassinato. 

Ex-marido da vítima, o representante comercial Rogério Trindade do Couto, de 38 anos, segundo as investigações, foi quem contratou Dioy Belarmino dos Reis, de 18 anos, para executá la.

Lorraine Fernandes desapareceu no último dia 26 de dezembro logo após sair de uma agência bancária em Inhumas, cidade onde morava com o atual marido, e três filhos, de 17, 14, e 11 anos. 

Um dia após o desaparecimento, o carro dela foi encontrado em um matagal perto da cidade, com um disparo de arma de fogo, e porções de maconha em um dos bancos.

Logo após trabalhadores rurais que cortavam cana encontrarem o corpo de Lorraine no início da tarde de ontem, a Polícia Civil prendeu temporariamente Dioy Belarmino, que havia guardado o revólver usado no crime na chácara onde estava, e Rogério Trindade. 

Inicialmente, Dioy disse que pegou uma carona com Lorraine, e afirmou que resolveu matá-la para roubar o carro, mas posteriormente contou que havia sido contratado pelo representante comercial, que prometeu lhe dar R$ 5 mil, para matá-la.

“Nós descobrimos que além de possuir todo um histórico de agressão enquanto foi casado com a Lorraine, o Rogério, recentemente, havia enviado a ela uma carta mandando que tomasse cuidado com a violência. 

Pelo que apuramos até agora, o Rogério não se conformava com a separação, ocorrida em novembro, e nem com o fato da ex mulher já estar vivendo com outro homem, e não querer saber mais dele”, relatou o delegado Humberto Teófilo, titular da Delegacia de Trindade.

Rogério Trindade, que segundo o delegado nega o crime, mas demonstrou uma frieza impressionante desde o desaparecimento da cabeleireira, e Dioy Belarmino responderão pelos crimes de sequestro, feminicídio, ocultação de cadáver, e posse ilegal de arma de fogo.

Fonte: Mais Goiás 

"Tareco e Mariola", para aliviar a tensão do dia



Conhecimento: técnico da seleção de futebol de Campos Belos, Kássio Fernando, faz curso de gestão no Vila Nova






Nos últimos dias 08 a 12 de janeiro de 2018, o ex-jogador de futebol Kássio Fernando, que teve importantes passagens por diversos clubes do futebol brasileiro e internacional, como o Gêmio de Porto Alegre, Santo André – São Paulo, São Caetano – São Paulo, Vila Nova –Goiás, Goiás – GO, Puebla – México, Fênix – Uruguai, dentre outros, foi a Goiânia com uma nova missão. 

O jogador foi realizar estágio no Vila Nova Futebol Clube, buscando aprimorar os seus conhecimentos na parte de gestão e técnica de futebol profissional, dentro da filosofia de que conhecimento é tudo e está sempre se aprendendo. 

Destaca-se que, por meio da escolinha de futebol K10, em Campos Belos, ele tem feito um forte trabalho voltado à parte social no município. 

Neste projeto, o maior objetivo é ajudar os pais na educação de seus filhos, onde para se manter na escolinha é primordial o aluno estar devidamente matriculado em uma escola de ensino, possuindo notas acima da média, em conjunto com o respeito que estes devem agir com os pais.

Assim, o objetivo do estágio em Goiânia foi aprofundar ainda mais os conhecimentos e buscar a melhoria da parte profissional visando transmitir um excelente trabalho aos alunos do município e futuros craques brasileiros.

Além do trabalho realizado com a escolinha de futebol, Kássio Fernando está à frente, como técnico,  da Seleção de Futebol de Campos Belos. 

Nesse novo projeto que se inicia, ele avisa que vai realizar jogos importantes durante o ano, com o intuito de representar a população, buscando manter o mesmo sistema de uma forma ética e dedicada, sem abrir mão do profissionalismo.

"Aproveitando o espaço, quero parabenizar o Prefeito Eduardo Terra pela confiança, ética e profissionalismo em comum com os meus ideais e minha forma de trabalho. Este investimento terá um retorno à altura dos nossos jovens", agradece. 

Radialista é morto a tiros dentro de casa no interior de Goiás. Mais um profissional, um pai de família e jornalista morto por criticar políticos

 

Um radialista do município de Edealina, sul do estado de Goiás, foi morto a tiros na noite de ontem (17). 

Segundo informações preliminares da Polícia Militar, o homem foi atingido por vários disparos de arma de fogo. 

A vítima trabalhava como radialista em uma rádio da região. Não há informações sobre a autoria e motivação do crime. 

De acordo com informações, o comunicador Jefferson Pureza, de 39 anos, estaria na área externa de sua casa, juntamente com uma mulher, quando dois suspeitos encapuzados chegaram em uma moto e dispararam várias vezes contra o locutor. 

A PM informou que Jefferson tinha um programa na rádio Beira Rio, onde falava sobre as autoridades da região. Segundo o delegado responsável, Queopes Barreto, o discurso do radialista não agradava os governantes locais.

Há cerca de três meses, a rádio onde Jefferson trabalhava foi incendiada durante a madrugada, mas até hoje não há informações sobre a autoria do crime. 

Os suspeitos pela por morte do radialista ainda não foram identificados. 

Fonte: O Popular

Comentário deste blogueiro

Está cada vez mais perigoso se fazer jornalismo neste país. 

Aqui se mata jornalista e profissionais de imprensa mais do que países em guerra. 

A grande maioria das execuções são ações comandadas, adivinhem, por políticos. 

Jefferson Pureza fazia duras críticas a políticos. "Segundo o delegado responsável, Queopes Barreto, o discurso do radialista não agradava os governantes locais". 

O fato é que em grande parte das cidades brasileiras, os políticos são as verdadeiras organizações criminosas, altamente perigosas, que mandam matar quem atravessa seu caminho, sem nenhuma piedade.

E esse "atravessar o caminho", na maioria das vezes, são as denúncias de malversação do dinheiro público. 

Seu dinheiro, meu dinheiro, nosso dinheiro, que deveria ser usado em benefício da comunidade, da saúde, da escola, do combate ao uso de drogas, mas são desviados por organizações criminosas que se apossaram do poder público e mandam até matar.   

A que ponto o nosso o país chegou! 

Será que é o jornalista tem que andar com segurança ou até mesmo armado para se proteger de "políticos"?

Depois dizem que a imprensa está criminalizando a política e os políticos. 

Não precisa, pelo que se apresenta. 

A polícia goiana tem o dever de apurar imediatamente e prender com urgência os assassinos e os mandantes da morte do radialista da cidade de Edealina, Jefferson Pureza. 




quarta-feira, 17 de janeiro de 2018

Leilão do BRB oferece apartamento de 90m², localizado em Brasília


O Banco de Brasília - BRB em conjunto com a leiloeira oficial Jussiara Santos, realizam leilão presencial e eletrônico nos dias 29 e 31 de janeiro de 2018, às 14:00 horas.

O evento ocorre no Auditório do BRB, Ed. Brasília, 15º andar, Qd. 01, Bloco E, St. Bancário Sul e pelo site www.jussiaraleiloes.com.br. 

No evento, será leiloado apartamento com 90m² localizado em Brasília. 

Interessados podem obter informações mais detalhadas pelo sitewww.jussiaraleiloes.com.br ou então pelo 0800-707-9272.

Batida entre caminhão e Gol deixa um morto e quatro feridos, na BR-020, a rodovia da morte



O Corpo de Bombeiro de Formosa (GO) registrou mais um gravíssimo acidente na BR-020, com uma pessoa morta e quatro feridos.

A batida ocorreu por volta das 3h da manhã desta quarta-feira (17), próximo ao trevo da cidade Cabeceiras (GO), e envolveu um caminhão, com placas de Gurupi (TO) e um Gol, preto, de placas de Brasília. 

No salvamento às vítimas, foram utilizados seis veículos, sendo dois resgates do Corpo de Bombeiros, duas ambulâncias, uma viatura da Polícia Rodoviária Federal e um carro do IML. 

Segundo testemunhas, houve uma freada brusca de um veículo e, aquele que vinha atrás desviou-se para a contramão, colidindo-se frontalmente com o terceiro, que seguia no sentido contrário.

No abalroamento, morreu na hora o condutor do VW Gol, um homem de 47 anos. 

Ficaram feriadas outras três pessoas, todos ocupantes do Gol: uma mulher, 38 anos, com fraturas graves e expostas nas duas pernas;  uma criança de 10 anos, que apresentava dores intensas no abdômen, com suspeita de hemorragia interna e  um adolescente de 14 anos, socorrido com dores intensa no abdômen com suspeita de hemorragia interna e fratura no braço direito.

O Condutor do caminhão não apresentava lesões que ensejassem hospitalização emergencial e foi atendido no local.

Segundos os militares, as vítimas foram desencarceradas das ferragens, imobilizadas, estabilizadas e receberam todos demais procedimentos de primeiros socorros adequados a cada caso.

Todos os feridos foram encaminhados ao Hospital Municipal Formosa e à Unidade de Pronto Atendimento Infantil de Formosa.


Vitória significativa: escola Kalunga ganha sua primeira turma do ensino médio, no Mimoso (TO)



A Secretaria de Estado da Educação do Tocantins autorizou a primeira série do Ensino Médio para a Comunidade Remanescente de Quilombola Kalunga Do Mimoso, no município de Arraias, sudeste do Tocantins. 

A unidade escolar será uma extensão da Escola Estadual Agrícola David Aires França e funcionará inicialmente nas dependências da Escolas Municipal Eveny de Paula e as aulas começaram ainda neste semestre.

"Isto é um marco na história da educação no município de Arraias, pois será a primeira vez que jovens e adultos da CRQ Kalunga do Mimoso terão o Ensino Médio ofertado em seu Território," afirmou o educador Kaled Sulaiman, uma das pessoas envolvidas de corpo e alma no desenvolvimento educacional das comunidades quilombolas na região. 

"Parabéns à Secretaria de Estado da Educação do Tocantins e à Semed Arraias por juntarem forças e levarem formação em nível médio para mais uma parte dos Territórios do Povo Kalunga.

Parabéns a todos nós do GEPEC - UFT, Campus Sérgio Jacintho Leonor Arraias por fomentarem pesquisas e ações que puderam levar a esta conquista e mudança positiva da realidade. Seguimos vigilantes e apostos na luta por uma educação digna e de qualidade para todos os rincões do nosso Brasil."



Já Publicamos:

Comunidades Quilombolas: Projeto em busca de conquistas cidadãs em Arraias (TO)



Arraias (TO): Livro coletivo do Curso de Pedagogia aborda vivências na Comunidade do Mimoso


terça-feira, 16 de janeiro de 2018

“Lorraine está morta”, afirma Polícia Civil


A Polícia Civil confirmou, no início da noite da terça-feira (16) que a cabeleireira Lorraine Fernandes, 32, está morta. 

O delegado Humberto Teófilo, titular da cidade, informou através da assessoria de imprensa da corporação que o cadáver já foi localizado. Duas pessoas da cidade encontraram o corpo em decomposição às margens de uma represa da cidade.

Através de um comunicado, às  disse que neste momento está em campo para concluir a investigação de como tudo aconteceu e que só dará as declarações de como tudo aconteceu amanhã pela manhã, em entrevista coletiva, agendada às 9 horas na cidade.

Lorraine desapareceu após ser vista saindo de um banco da cidade, no último dia 26 de dezembro. 

O carro em que ela estava foi achado, depois, em uma estrada. No veículo, havia uma marca de tiro. O celular dela não foi encontrado.

A campanha “Onde está Lorraine?” foi compartilhada nas redes sociais da Delegacia de Polícia Civil de Inhumas. 

A mensagem fazia um apelo conseguir desvendar o mistério do sumiço da cabeleireira.

Fonte: Mais Goiás

Bombeiros realizam oficina de atendimento pré-hospitalar para guias turísticos do Parque Estadual de Terra Ronca


A Companhia Independente Bombeiro Militar de Posse (GO), realizou no último sábado (13) uma oficina de atendimento pré-hospitalar para guias turísticos do Parque Estadual Turístico Terra Ronca, localizado no povoado São João, em São Domingos.

Foram ministradas instruções teóricas e práticas de primeiros socorros, com exercícios de fixação relacionados ao cotidiano dos guias.

Os participantes aprenderam procedimentos aplicados em diversas situações como trauma, hemorragia, queimaduras, acidentes com animais peçonhentos, engasgamento e outros.

Com informações e fotos do Corpo de Bombeiros

Por falta de pagamento, Delegacia de Polícia de São Domingos (GO) tem a energia cortada

Imagem ilustrativa 
A Delegacia de Polícia de São Domingos (GO) teve o fornecimento de energia cortado na tarde de segunda-feira (15), por falta de pagamento.

A responsabilidade pelo pagamento da conta de energia é da prefeitura municipal.

Nos últimos meses, está é a segunda vez que a energia da delegacia é cortada pelo mesmo motivo. 

O atendimento na delegacia está suspenso até que a energia seja restabelecida.

Para fazer um Boletim de ocorrência, além de outros serviços a população deve procurar a Delegacia de Policia de Posse (GO), cidade distante mais de 100 quilômetros.

A prefeitura não explicou porque não pagou a conta à CELG. 

Com informações de Antônio Carlos 

Iaciara/GO: População reclama de água suja que sai das torneiras no Povoado de Água Quente



Os moradores do Povoado de Água Quente, em Iaciara, no nordeste goiano, queixam-se da qualidade da água que sai das torneiras da comunidade.

De acordo com a população, a comunidade sofre com esse problema.

“Essa água não tem condições para gente beber. Desde pequena aprendi que água não deve ter cor, gosto e nem cheiro. Ela não serve para nada”, disse uma moradora.

De acordo com informações obtidas pelo blog, a administração municipal vai buscar junto à Saneago soluções para melhorias na qualidade da água.

Com informações de Antônio Carlos 

Vereadores de Campos Belos pedem explicações ao prefeito sobre supostas irregularidades em contratação licitatória


Cinco vereadores de Campos Belos, no nordeste do estado, assinaram um ofício e requereram informações ao prefeito Eduardo Terra sobre possíveis e supostas ilicitudes no Portal Transparência ou na contratação de empresas em licitação. 

A denúncia partiu de uma notificação extra-judicial, feita por um cidadão do município, que identificou, no finalzinho de dezembro, "alterações nas datas de aditivos realizados em vários contratos".

Assinaram a documentação os vereadores Gilberto Rodrigues, Arione Luciano, Ivani Araújo, Márcio Valente e Karinna Costa.

Uma das peças inclusas na denúncia feita junto à Câmara é sobre a contratação de um escritório de contabilidade. 

No dia da Sessão Pública de Licitação de recebimento e abertura das propostas, em 21 de dezembro de 2017, somente participou do certame público uma empresa, a DV Martins Assessoria Contábil LTDA. 

Após a abertura do pregão, sem a participação de qualquer outra empresa, a DV Martins Assessoria Contábil foi contratada, por doze meses, por um preço de R$ 20 mil por mês.

O resultado da licitação somente foi publicado no site no dia 2 de janeiro de 2018. 

A ata da sessão faz referência ao edital de chamamento público de participação em licitação nº 041/2017, de 12 de dezembro de 2017, que não está publicado no site e no Portal Transparência prefeitura.

Confira o edital de convocação da empresa

Veja a lista de documentos publicados no portal transparência  

O requerimento da Câmara de Vereadores não fala em prazo para o prefeito Eduardo Terra dar as explicações. 

Procurada, a prefeitura de Campos Belos, até a edição deste texto, não tinha respondido aos questionamentos do blog. 

Seria interessante também que o prefeito desse explicações aos leitores e aos cidadãos do município sobre o que ocorreu.





Servidores da Saúde de Monte Alegre podem entrar em Greve


Os servidores da Saúde do município de Monte Alegre de Goiás, nordeste do estado, estão sem receber os salários referentes ao último mês de dezembro.

Em razão disso, o Sindicato da categoria, o SindSaude, enviou, nesta terça-feria (16), um oficio ao prefeito Juvenal Fernandes dando um prazo de 24 horas para que ele regularize a situação do pagamento dos servidores.

Caso contrário, segundo o documento que foi assinado pela presidente do SindSaude, Flaviana Alves, a categoria vai entrar em aviso de greve e paralisar o atendimento aos usuários da saúde municipal.

O prazo termina na manhã desta quarta-feira (17). 

Corpo de homem é encontrado crivado de balas, em Novo Alegre (TO)


O corpo de um homem foi encontrado, na manhã desta terça-feira (16), nas proximidades da cidade de Novo Alegre (TO), sudeste do Tocantins, crivado de balas. 

Segundo uma testemunha, o corpo estava às margens da estrada vicinal da fazenda Cachoeira, zona rural do município. 

A testemunha, que primeiro avistou a cena criminal, acionou a polícia, que compareceu pouco tempo depois ao local. 

Logo após, o IML de Natividade foi acionado para recolher o corpo e iniciar as primeiras perícias e exames cadavéricos.  

Informações não oficiais apontam que o rapaz assassinadomorador de Combinado (TO), era conhecido apenas como Matheus e cumpria pena no presídio de Novo Alegre, no regime semi-aberto.  

Testemunhas também sustentam que ele estava esperando carona na saída da cidade, quando um carro, não identificado, ofereceu a viagem e logo em seguida o rapaz apareceu morto.  

A polícia civil do Tocantins abriu inquérito e está investigado o homicídio. 

segunda-feira, 15 de janeiro de 2018

Imagem do Dia: Pitomba de Goiás


Imagem: Sonia Marya

De Campos Belos: Ronaldo Rosa continua desaparecido


"Pessoal, volto a Compartilhar,

Este é o Ronaldo (Rona) hoje mora em Betim MG é filho da D. Fátima e do Seu Lourenço aqui de Campos Belos.

Ele está desaparecido desde Dezembro, sua mãe esperava para passar o Natal com a família e simplesmente desapareceu sem notícias até hoje.

A mãe está de cortar o Coração com a falta de notícias.
Quem puder compartilhar e ajudar a encontrá-lo, agradecemos de coração."

Mônica Reges 

Já é carnaval em Arraias (TO)


Promessa, Vitão ajuda Aparecidense (GO) a ganhar copa em Itumbiara (GO)




Promessa no futebol, o jovem Vitor Vinicius Lemos Vieira, o Vitão, de apenas 15 anos, natural de Lavandeira (TO), passou pelo seu primeiro grande teste no futebol brasileiro.

Ele, que pertence ao Aparecidense e joga como zagueirão, ajudou o time a conquistar a Segunda Copa Nacional Zé Antônio (Infantil).

A copa ocorreu entre os dias 7 a 13 de Janeiro e foi realizada na cidade de Itumbiara (GO), com a participação de cerca de 2 mil jovens, com idades entre 9 a 19 anos.

Foram mais de 100 equipes de 13 estados do Brasil.

Vitão já é destaque no time da categoria sub-16 do Aparecidense e cada vez mais tem conquistado admiradores, o que pode abrir muitas portas no futebol profissional. 

A façanha não foi apenas ganhar a competição e ser campeão da Copa. Zagueiro que é zagueiro tem que ser o menos vazado.

E foi isso que ocorreu. A zaga do Aparecidense foi eleita a menos vazada da competição. 

A grande final, em Itumbiara (GO), foi contra o time do Grêmio (DF), vencido por 2x0. 

Muito bom, Vitão!

Casal executado em Goiânia pode ter sido morto por engano




Executados com 29 tiros no final da noite de sábado (13), logo após saírem de uma festa que acontecia em uma casa no Setor Amin Camargo, em Goiânia, o comerciante de veículos Patrik Rabelo Sousa, de 31 anos, e a esposa dele Amanda Hoehn Corrello, de 21 anos, podem ter sido mortos por engano. 

A informação foi apurada com exclusividade pela equipe do Mais Goiás.

O casal, que não possui qualquer passagem criminal, e segundo amigos mantinha um relacionamento estável há dois anos, estava em uma festa realizada na casa de uma amiga deles, na Rua Cândido de Oliveira, foi baleado pouco antes da meia noite, logo após entrarem em uma BMW. 

Como o carro foi encontrado ainda com o motor ligado, e batido em um muro, a suspeita é que Patrik, que estava no volante, tenha tentado fugir dos atiradores.

Câmeras de segurança registraram o momento em que, segundos antes de Patrik e Amanda saírem da festa, uma Saveiro de cor prata passa devagar pela porta da residência.

Segundo o relato de testemunhas, os ocupantes da Saveiro foram quem atiraram no casal, e fugiram rapidamente, sem serem identificados. 

Na rua onde ocorreu o crime, que é sem saída, e onde não existem câmeras de segurança, a perícia encontrou cápsulas de pistolas calibre Ponto 40 e 380.

Fonte e texto: Mais Goiás

Na despedida de Isanulfo, Marconi afirma que Goiás perde um mestre da gestão e do jornalismo


O governador Marconi Perillo compareceu ao velório e acompanhou o sepultamento do jornalista campos-belense Isanulfo Cordeiro na tarde deste domingo (14) no Cemitério Memorial Parque. 

Isanulfo, que morreu na noite de sábado em decorrência de complicações geradas pelo câncer, exercia o cargo de chefe do Gabinete de Gestão de Assuntos Internacionais do Governo do Estado. 

Antes, fora chefe do Gabinete de Gestão de Imprensa do Governador, durante o terceiro mandato, e Assessor de Imprensa do senador Marconi.

Ao chegar ao cemitério, em entrevista coletiva, o governador reiterou que perdia “um amigo queridíssimo” dele e toda sua família, ao mesmo tempo em que Goiás e o Brasil “perdem um grande profissional da comunicação” e que o Estado de Goiás “perdeu um mestre da gestão”. No início da tarde o governador decretou luto oficial de três dias no Estado.

O governador reafirmou que Isanulfo Cordeiro, além de ter sido um competente secretário de comunicação, também desempenhou com brilhantismo a função de interlocutor internacional do governo do Estado. 

“Liderou inúmeras missões ao exterior, estreitou o nosso relacionamento com os embaixadores e chefes de Estado de outros países, o que foi imprescindível para a ampliação dos negócios do governo de Goiás com outros governos, principalmente na atração de investimentos e exportação dos nossos produtos. Ele foi um excelente profissional que tivemos em nossa equipe”, declarou.

O vice-governador José Eliton e esposa Fabrina Müller também compareceram ao velório e acompanharam a cerimônia de sepultamento. 

Jornalistas, secretários e assessores do governo do Estado, familiares, artistas e dezenas de amigos também estiveram no Cemitério Memorial Parque para se despedirem de Isanulfo.

Mais cedo, o governador Marconi Perillo expressou-se sobre o falecimento de Isanulfo Cordeiro por intermédio de nota divulgada pela Gabinete de Imprensa. 

Nela, dividindo os sentimentos pela perda “do nosso amigo e companheiro de administração” com a primeira-dama Valéria e as filhas Isabella e Ana Luisa, considerou que o jornalismo de Goiás e do Brasil “perdeu um de seus maiores mestres”.

Na nota, considerou que “Isanulfo foi um dos jornalistas mais vibrantes, cultos e atuantes de sua geração, modelo para quem estudou e trabalhou ao seu lado e referência para todos os profissionais da comunicação do Estado que vieram depois dele”.

“Isanulfo – prossegue a nota – foi um dos homens mais educados, gentis e inteligentes que tivemos a oportunidade de conhecer. 

Amava o jornalismo, a leitura, os idiomas, as artes e a cultura, que absorvia e praticava com o entusiasmo da primeira descoberta; admirava seu país, seu Estado e seu povo, a quem conhecia como poucos; cultivou grandes e eternos amigos, para os quais nunca faltavam tempo e palavras carinhosas; construiu uma linda família, sobre a qual sempre falava com orgulho e emoção”.

Ao lamentar que o jornalista tenha partido ainda jovem, com apenas 66 anos, “com muito ainda a partilhar conosco”, o governador ponderou que “seu exemplo de vida transcende a existência material e continuará nos guiando”. 

Ao final da nota, deixa as condolências a Beatriz, aos filhos Pedro Ivo, Lorena e Alexandre e aos netos João Pedro, Larissa, Ana Lis, Júlia e Heitor, aos demais familiares, amigos, colegas de profissão e trabalho. 

“Nos juntamos a todos na corrente de orações pela memória deste grande brasileiro chamado Isanulfo Cordeiro”, finaliza.

Fonte: Mais Goiás

Lavandeira (TO) recebe, no próximo sábado (20), jogo festivo com comunicadores da região





A cidade de Lavandeira, sudeste do Tocantins, recebe, no próximo sábado (20), um jogo de futebol festivo com os comunicadores de rádio e profissionais da imprensa com influência no sudeste do Tocantins e nordeste Goiás. 

A partida entre os "Amigos do Prefeito Roberto Cesar" x "Amigos da Comunicação" acontece às 8h (para mim isso, é de madrugada), no estádio municipal professor Leyvalmir Rodrigues. 

O evento tem apoio da prefeitura da cidade e promete reunir comunicadores, prefeitos, vereadores, autoridades e integrantes das comunidades das várias cidades, a exemplo de Taguatinga (TO), Alto Paraíso (GO), Combinado (TO), Campos Belos (GO), Arraias (TO), Monte Alegre (GO), Divinópolis (GO), São Domingos (GO), Brasília (DF), Aurora do Tocantins e Paranã (TO).

Além do jogo festivo, o evento visa aproximar e integrar mais ainda os atores políticos e midiático que trabalham em prol do desenvolvimento e do bem comum das regiões co-irmãs de Goias e Tocantins. 

O prefeito de Lavandeira (TO), Roberto Cesar, anfitrião do evento, falou hoje na Rádio Atlântica FM, sobre o que representa o jogo festivo para a sua cidade e região. Ouça;

Quatro mortos em batida na BR-020, em Cabeceiras (GO)




Um gravíssimo acidente na BR-020, a rodovia da morte, voltou a chocar pela violência e as consequentes perdas humanas. 

Quatro pessoas morreram na hora.

O acidente ocorreu por volta das 6h da manhã desta segunda-feira (15), no trevo de Cabeceiras, ocasionado por uma colisão frontal entre uma Toyota Hilux preta, placa de Brasília, com dois ocupantes, que seguia no sentido Bezerra e o Corsa prata, placa de São Paulo, quatro ocupantes, seguia no sentido Formosa.

O corpo de Bombeiros de Formosa foi acionado imediatamente e no local os militares se depararam com mais um desastre e a triste realidade nacional de graves acidentes. 

Testemunhas relataram que os veículos seguiam em sentidos opostos, quando um deles teria tentado uma ultrapassagem, entrando na pista do outro e colidindo-se frontalmente.

No socorro, os militares estabeleceram a segurança do local, a estabilização do cenário, socorreu às vítimas e fizeram o desencarceramento dos corpos presos às ferragens.

Morreram todos os ocupantes do Corsa prata, com placas de São Paulo: um homem, condutor, 34 anos; um jovem de 22 anos; uma mulher de 41 anos e uma segunda mulher de 31 anos. 

Os feridos foram dois idosos ocupantes da Hilux. Um homem com 68 anos e um outro idoso de 62 anos. 

Ambos foram socorridos e imobilizados, estabilizados e levados ao Hospital Municipal de Formosa.



Em entrevista à 730 AM, Cileide Alves conta quem foi Isanulfo Cordeiro: "Era um escritor oral"



Quem não teve a oportunidade de conhecer o campos-belense Isanulfo Cordeiro, deveria trocar mais ideias com a também goiana e jornalista Cileide Alves.

Nesta entrevista exclusiva ao diretor de Jornalismo da Rádio 730, Petras de Souza, concedida no final da manhã deste domingo (14), Cileide Alves conta quem foi Isanulfo Cordeiro, que acabou falecendo na noite deste sábado (13), aos 66 anos, em Goiânia.

“Uma pessoa com tantas facetas. Temos dificuldade de encontrar pessoas como o Isanulfo. Ele tem uma formação intelectual muito sólida, fez Jornalismo e Direito. Mas não é só essa formação. 

Foi um grande leitor, leu todos os filósofos, lia todo tipo de ciência. Gostava muito de literatura, de ficção. Aprendeu a falar várias línguas, falava alemão, espanhol, inglês”, relata.

Cileide Alves trabalhou ao lado de Isanulfo Cordeiro no “O Popular”. Ela, repórter de política, entrou no jornal em 1989. Ele, já era editor desde 1984, e foi editor-chefe de 1999 a 2007.

“Ele sempre acreditou muito no Jornalismo, na função social do jornalista. Quando comecei a trabalhar com ele no “O Popular”, eu era recém-formada. 

Eu digo que ele é o meu professor de Jornalismo. Se eu sou jornalista do jeito que sou, é porque o Isanulfo me ensinou a ser assim”, afirma.

Nascido no interior, Isanulfo conhecia não só a culturalmente o local onde passou a maior parte da vida trabalhando, a capital, mas também o goiano e a cultura do estado. 

Cileide Alves relembra que as histórias e ‘causos’ contados pelo jornalista eram literatura pura, e que ele possuía o dom de escrever falando.

“Ele, como ninguém, conhecia muito bem o goiano, a cultura, a linguagem e a culinária popular. Conhecia o jeito do goiano de ser. Ele mesclava esses conhecimentos dele e produzia narrativas geniais. 

Ele é um escritor oral. Não escreveu, mas as histórias que ele contava eram literatura pura. Se eu contasse uma história para ele em um minuto, ele a recontaria em 15. Com ele, os personagens ganhavam descrição, as histórias ganhavam cenários fabulosos, ele enriquecia tudo com detalhes”, conta.

Não apenas o conhecimento da cultura, mas um pouco de tudo. 

“Eu achava que ele era um “Google”. Tudo eu perguntava para ele. De filosofia, de ciências, de matemática, de língua portuguesa, de física. Antes do "Google", ele era a minha referência para saber das coisas. Ele era uma referência na minha vida pessoal e profissional”, reitera.

Segundo Cileide Alves, outra característica que podia descrever Isanulfo Cordeiro era o humor, e dos bons. 

“Muito bem humorado. Ele tinha aquele humor inteligente, que fazia a gente pensar. Não era apenas para fazer rir. Era de um humor único e um homem muito fino, extremamente elegante”, descreve.Percepção do outro

Outra qualidade destaque do experiente Isanulfo Cordeiro era a diplomacia. Desde 2011, ele trabalhou como assessor no governo estadual. 

De acordo com Cileide Alves, ele sabia falar e ouvir, fatores elementares de um diplomata que primava pelo diálogo.

“Foi o cargo mais adequado ao Isanulfo, depois do Jornalismo, claro. Ele não é uma pessoa de enfrentamentos, mas sim de diálogo. Por pior que fosse o momento, a situação, ele sabia perceber o outro, as pessoas. 

Por isso ele conhecia tanto da cultura popular goiana, ele olhava para as pessoas, para o ser humano. Essa é uma característica de quem consegue ser diplomata”, pondera.

Uma geração órfã

No período em que esteve como editor-chefe, Cileide Alves relata o aprendizado teórico e prático com Isanulfo Cordeiro. Ela frisa que muitos dos jornalistas de hoje deveriam ter aprendido com ele.

“Minha geração está (órfã), e o Jornalismo também. O Isanulfo foi o formador de uma vasta geração de jornalistas, da qual eu me incluo. 

Quando a gente estava no jornal “O Popular”, a pessoa que mais nos conduziu teoricamente, para fazer o Jornalismo que nós fizemos, tem a mão do Isanulfo”, pontua.

Sem tempo ruim

Isanulfo Cordeiro estava internado no Hospital do Coração, em Goiânia, onde lutava contra um câncer na bexiga. Apesar disso, falava da própria enfermidade como um jornalista literário. 

Embora não tenha passado pelo rádio como profissional, o jornalista deveria tê-lo feito, para ter suas histórias eternizadas, segundo Cileide Alves.

“Mesmo agora, doente, tive a oportunidade de ouvi-lo narrar a própria doença de uma forma que acho que nenhum outro doente fez. Com ironia, sem autopiedade. 

Ele falava, claramente, do que ele estava sofrendo, das dores dele. Mas falava isso como se ele estivesse contando um ‘causo’ de uma pessoa distante, que não tivesse relação com ele. E sabia tudo sobre a doença dele, com os nomes técnicos, dos remédios, das substâncias que ele tomava. Era um escritor oral nato. Podíamos ter gravado as histórias dele. 

O Isanulfo não trabalhou em rádio, mas se tivesse passado pelo rádio teríamos as histórias dele, porque elas estariam gravadas. O rádio teria dado vida às histórias dele”, conclui.

O corpo de Isanulfo Cordeiro foi enterrado no domingo (14), às 17h30, no cemitério Parque Memorial, em Goiânia.

Ouça a entrevista 

Fonte e texto: Portal 730 

Polícia Civil prende suspeito de dar prejuízo de quase meio milhão de reais para empresários em Niquelândia (GO)


A Polícia Civil de Niquelândia deu cumprimento, na manhã de hoje (15), ao mandado de prisão preventiva de um homem , investigado pela prática dos crimes de apropriação indébita e furto qualificado pelo abuso de confiança contra um conhecido empresário das cidades de Niquelândia e Uruaçu.

Segundo apurado, além de se apropriar e subtrair os maquinários, o investigado também passou a vendê-los a terceiros de boa-fé, ampliando o rol de suas vítimas e gerando ainda mais prejuízos, os quais já somam quase meio milhão de reais, conforme investigado até o momento.

No decorrer das investigações, foi recuperado um veículo VW Gol e uma retroescavadeira. 

Com a prisão do investigado, a Polícia Civil espera recuperar o restante do maquinário e evitar que sejam feitas ainda mais vítimas.

O Inquérito Policial deve ser concluído nos próximos dias e será remetido ao Poder Judiciário e em seguida ao Ministério Público, titular da Ação Penal, para as demais providências em âmbito judicial.

Polícia identifica autor de furto e recupera objetos em Campos Belos


A Polícia Civil identificou, no dia 12 de janeiro, o autor de um furto ocorrido no dia 26 de dezembro de 2017 em Campos Belos e conseguiu recuperar todos os objetos furtados.

Os policiais iniciaram as diligências para elucidar o fato logo após o registro do furto e conseguiram esclarecer o crime na semana passada.

Na mesma ação policial, foi realizada a prisão de um homem por receptação. 

Ele possui diversas passagens pela polícia pela pratica de crimes como violência doméstica contra mulher, receptação, entre outros. 

Ainda foram indiciados mais 5 pessoas por receptação culposa.

Participaram da investigação os agentes de polícia Dávson Fonseca, Areosvaldo Ferreira e Edson Diniz e a escrivã Caroline Marinho.

Fonte: PC Goiás

Brasilzão: Pé de maconha é encontrado em calçada no DF



No meio de uma calçada em Ceilândia, no Distrito Federal, policiais militares encontraram um pé de maconha com cerca de 1,5 metros. 

A planta estava misturada a outras folhagens e flores em um pequeno canteiro na QNN 7.

Segundo os militares, o pé de maconha – cujo plantio, consumo e venda são proibidos no Brasil – foi achado após uma denúncia anônima. 

O autor do plantio não foi identificado e a maconha foi levada à 23ª DP, que fica na região.

Fonte: g1

Governo de Goiás decreta luto de três dias pelo falecimento do jornalista campos-belense Isanulfo Cordeiro





O governador Marconi Perillo decretou luto oficial de três pelo falecimento do secretário-chefe do Gabinete de Assuntos Internacionais do Governo de Goiás, jornalista Isanulfo Cordeiro. 

Isanulfo faleceu no final da noite deste sábado (13/1) e foi velado no velado no Cemitério Parque Memorial, onde foi sepultado às 17 horas deste domingo (14).

Em nota e em suas redes sociais, o governador lamentou o falecimento de Isanulfo.

“O jornalismo de Goiás e do Brasil perdeu um de seus maiores mestres no final da noite deste sábado. Valéria, Isabella, Ana Luisa e eu estamos profundamente tristes com o passamento do nosso amigo e companheiro de administração Isanulfo Cordeiro”, disse o governador, em nota, na manhã deste domingo.

Na nota (leia a íntegra abaixo), Marconi afirma que “Isanulfo foi um dos jornalistas mais vibrantes, cultos e atuantes de sua geração, modelo para quem estudou e trabalhou ao seu lado e referência para todos os profissionais da comunicação do Estado que vieram depois dele”. 

Em suas redes sociais, o governador disse que Isanulfo “foi um grande profissional do jornalismo goiano, se tornando referência para várias gerações”.

“Além da conhecida competência profissional, Isanulfo se destacava pela gentileza e educação. Tratava todos da mesma forma e estava sempre disposto a ajudar”, disse Marconi. 

“Goiás perde um intelectual de incontáveis contribuições ao Estado. Minha família e eu perdemos um amigo leal, que estará sempre em nossa memória. Toda nossa solidariedade à família e aos amigos do mestre Isanulfo Cordeiro”, disse.

Leia, abaixo, a íntegra da nota de pesar do governador Marconi Perillo, Valéria, Isabella e Ana Luisa:

“O jornalismo de Goiás e do Brasil perdeu um de seus maiores mestres no final da noite deste sábado. 

Valéria, Isabella, Ana Luisa e eu estamos profundamente tristes com o passamento do nosso amigo e companheiro de administração Isanulfo Cordeiro. 

Isanulfo foi um dos jornalistas mais vibrantes, cultos e atuantes de sua geração, modelo para quem estudou e trabalhou ao seu lado e referência para todos os profissionais da comunicação do Estado que vieram depois dele.

Natural de Campos Belos, Isanulfo nunca se esquecia de sua cidade natal, mesmo tendo vindo para Goiânia com apenas 4 anos de idade. Na capital, se formou em Direito e em Jornalismo, e sua vocação para a comunicação prevaleceu. 

Sua irretocável formação, marcada por sua obstinação em permanecer sempre aprendendo, e sua competência o conduziram aos postos mais importantes do jornalismo goiano, com destaque para a Editoria-Chefe do jornal O Popular, que ocupou entre 1999 e 2007. 

No Governo de Goiás, tivemos a honra de partilhar do brilhantismo e da competência de Isanulfo à frente do Gabinete de Gestão de Imprensa do Governador (2011-2014) e do Gabinete de Gestão de Assuntos Internacionais, posto que ele comandou até agora.

Isanulfo foi um dos homens mais educados, gentis e inteligentes que tivemos a oportunidade de conhecer. 

Amava o jornalismo, a leitura, os idiomas, as artes e a cultura, que absorvia e praticava com o entusiasmo da primeira descoberta; admirava seu país, seu Estado e seu povo, a quem conhecia como poucos; cultivou grandes e eternos amigos, para os quais nunca faltavam tempo e palavras carinhosas; construiu uma linda família, sobre a qual sempre falava com orgulho e emoção.

Isanulfo partiu jovem, com apenas 66 anos, com muito ainda a partilhar conosco, mas seu exemplo de vida transcende a existência material e continuará nos guiando. 

Lembraremos dele com saudade, carinho e gratidão. Nossas condolências a Beatriz, aos filhos Pedro Ivo, Lorena e Alexandre e aos netos João Pedro, Larissa, Ana Lis, Júlia e Heitor, aos demais familiares, amigos, colegas de profissão e trabalho. 

Nos juntamos a todos na corrente de orações pela memória deste grande brasileiro chamado Isanulfo Cordeiro.”

MARCONI PERILLO
Governador de Goiás

Com informações do Opção